De: Adriana Rocha Bruno
Maio de 2014
POMAR:
PERCURSOS ONLINE
MÚLTIPLOS ABERTOS E
RIZOMÁTICOS
POMA
R
PERCURSOS ONLINE
MÚLTIPLOS ABERTOS E
RIZOMÁTICOS
Autoria: Adriana Rocha Bruno
O Que é, afinal, POMAR?
• Percursos online, múltiplos, abertos e rizomáticos
surge da necessidade de criar:
• espaços onli...
POMAR NÃO É CURSO!
É PERCURSO!
Convergente com os pressupostos da Educação Aberta e
com a concepção de REA, os POMAR:
• nã...
OS POMAR…
• Não oferecem certificação. Como não se trata de um curso, os
POMAR não estão necessariamente vinculados a uma
...
E MAIS, OS POMAR…
• Buscam processos interativos rizomáticos, por meio de
redes rizomáticas (BRUNO, 2010, 2012). Isso sign...
OS POMAR E OS REAS
• Os percursos online, múltiplos, abertos e rizomáticos, por
sua concepção de abertura, são criados a p...
Os POMAR e a
Braconagem
Palavra aportuguesada
do francês braconnage,
é trazida por Michel de
Certeau (HAREL, 2005)
em refe...
Espionar, ser clandestino….
http://sergionativo.blogspot.com.br/2012/09/estou-ate-com-medo-de-espiar.html
Ser nômade…
desapegar…
Caçar…
http://nepo.com.br/2009/04/15/da-para-ser-consultor/
Criar caminhos onde não existem…
Adentrar espaços, invadir, reterritorializar…
mhnjb.ufmg.br
Docente/discente/aprendiz
Braconnier/braconeiro
Ser aprendiz braconier
(ou braconeiro) é criar
redes rizomáticas.
Redes ...
Primeiro POMAR…
CRIADO PELO GRUPAR – GRUPO DE PESQUISA APRENDIZAGEM EM
REDE – UFJF-MINAS GERAIS – BRASIL
ABRIL DE 2014
FIN...
Criar, habitar, recriar os POMAR significa ousar,
desapegar, ser transgressor e se permitir ser
braconeiro… questionar o s...
Assumimos a docência e a discência, os
processos de aprendizagem, como
apropriações, e cocriação de
informações, estejam e...
Mudar…
Não adianta querer mudar o professor, o
gestor, o estudante, o sistema…
Não se muda o profissional… O que pode
muda...
REA, POMAR,
BRACONAGEM…
Mais do que nomes, recursos, espaços, as
mudanças se dão nos sujeitos…
São as ideias que os REA, o...
Insanidade é fazer as
coisas sempre do
mesmo jeito e esperar
resultados diferentes –
A. Einstein
Profª.Drª.AdrianaRochaBru...
19
http://fractales.free.fr/plan.html
20
MUITO GRATA!
ADRIANA.BRUNO@UFJF.EDU.BR
https://sites.google.com/site/arbruno
of 20

POMAR - ADRIANA BRUNO agosto2014

POMAR - PERCURSOS ONLINE MÚLTIPLOS ABERTOS E RIZOMÁTICOS
Published on: Mar 4, 2016
Published in: Education      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - POMAR - ADRIANA BRUNO agosto2014

  • 1. De: Adriana Rocha Bruno Maio de 2014 POMAR: PERCURSOS ONLINE MÚLTIPLOS ABERTOS E RIZOMÁTICOS
  • 2. POMA R PERCURSOS ONLINE MÚLTIPLOS ABERTOS E RIZOMÁTICOS Autoria: Adriana Rocha Bruno
  • 3. O Que é, afinal, POMAR? • Percursos online, múltiplos, abertos e rizomáticos surge da necessidade de criar: • espaços online, formativos, – digitais e em rede; • abertos para qualquer pessoa que tenha interesse nos temas disponíveis; • massivos, no sentido de possibilitar níveis diversos de intensidade e aprofundamento das temáticas/conteúdos tratados; • Percursos, com o propósito de que os interessados criem seus trajetos, seus caminhos, suas rotas, suas travessias, da forma que desejarem;
  • 4. POMAR NÃO É CURSO! É PERCURSO! Convergente com os pressupostos da Educação Aberta e com a concepção de REA, os POMAR: • não possuem começo, meio e fim – cada um pode acessar o que quiser, como quiser. Ou seja, é possivel acessar, explorar, apenas um determinado tema; •Se retroalimentam da própria rede. Os usuários acessam o que foi disponibilizado por outros usuários e podem, se assim desejarem, contribuir com conhecimentos e produções outras. Do mesmo modo, todos podem criar outras temáticas, outros materiais etc.;
  • 5. OS POMAR… • Não oferecem certificação. Como não se trata de um curso, os POMAR não estão necessariamente vinculados a uma instituição e se destinam a pessoas que desejam ter acesso aos conhecimentos socializados por outros, em rede e não na obtenção de um atestado, certificado ou comprovante de qualquer natureza que não o próprio conhecimento; • Possuem como proposta a abertura total, irrestrita e, portanto, podem ser criados, compartilhados, ampliados, atualizados por todos os usuários que dele participem; • Trabalham com a mediação partilhada (BRUNO, 2007), ou seja, todos os participantes são mediadores, se assim desejarem, pois podem assumir a mediação a partir das emergências (regências emergentes) advindas da própria rede.
  • 6. E MAIS, OS POMAR… • Buscam processos interativos rizomáticos, por meio de redes rizomáticas (BRUNO, 2010, 2012). Isso significa que tais percursos são dinâmicos, flexíveis, plásticos e não possuem um padrão, um modelo. Cada POMAR será diferente um do outro pois se cria na rede, em rede, por pessoas diferentes, com multiplas possibilidades… • São plásticos – plasticidade social e cultural (BRUNO, 2010), pois não se fixam, não se delimitam, mas se transmutam, transgridem, em devir.
  • 7. OS POMAR E OS REAS • Os percursos online, múltiplos, abertos e rizomáticos, por sua concepção de abertura, são criados a partir de recursos, materiais, produções, recursos disponíveis na Web. • Os recursos educacionais abertos convergem com a concepção dos POMAR e, portanto, simbolizam a potência dos POMAR. • A ideia de abertura dos REA, materializada nos seus principios (reuso, revisão, remix, redistribuição), não apenas ratificam os pressupostos dos POMAR, mas sinalizam as atuais relações com o conhecimento, com a aprendizagem, com o ensino dos sujeitos contemporâneos  autônomo, colaborativo, interativo, aberto…
  • 8. Os POMAR e a Braconagem Palavra aportuguesada do francês braconnage, é trazida por Michel de Certeau (HAREL, 2005) em referência à caça ou pesca ilícita, em tempos ou lugares proibidos.  É adentrar (ou invadir) espaços-lugares do outro, ou que estão com o outro.  É questionar a apropriação e a ideia de propriedade e, portanto, os processos hegemônicos que concentram territórios nas mãos de uns e não de outros ou ainda de todos. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  • 9. Espionar, ser clandestino…. http://sergionativo.blogspot.com.br/2012/09/estou-ate-com-medo-de-espiar.html
  • 10. Ser nômade… desapegar… Caçar… http://nepo.com.br/2009/04/15/da-para-ser-consultor/
  • 11. Criar caminhos onde não existem… Adentrar espaços, invadir, reterritorializar… mhnjb.ufmg.br
  • 12. Docente/discente/aprendiz Braconnier/braconeiro Ser aprendiz braconier (ou braconeiro) é criar redes rizomáticas. Redes que não se criam de forma estruturada e fechada e, nesta direção, não se permitem aprisionar, não se deixam territorializar.  instigados à prática da caça.  Somos caçadores e produtores de inovações.  Farejamos pistas que nos levem a lugares desconhecidos ou mesmo proibidos.  Tendemos a não aceitar não como resposta. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  • 13. Primeiro POMAR… CRIADO PELO GRUPAR – GRUPO DE PESQUISA APRENDIZAGEM EM REDE – UFJF-MINAS GERAIS – BRASIL ABRIL DE 2014 FINANCIAMENTO: FAPEMIG E PROPESq http://gruparufjf.wix.com/pomardocencias
  • 14. Criar, habitar, recriar os POMAR significa ousar, desapegar, ser transgressor e se permitir ser braconeiro… questionar o sentido da aprendizagem ditado pelas instituições e se perceber como corresponsável e principalmente, o principal responsével, pela sua própria aprendizagem… Aprender com o outro…mas não depender do outro para sua aprendizagem…
  • 15. Assumimos a docência e a discência, os processos de aprendizagem, como apropriações, e cocriação de informações, estejam elas onde estiverem.
  • 16. Mudar… Não adianta querer mudar o professor, o gestor, o estudante, o sistema… Não se muda o profissional… O que pode mudar são as pessoas… O ser humano!
  • 17. REA, POMAR, BRACONAGEM… Mais do que nomes, recursos, espaços, as mudanças se dão nos sujeitos… São as ideias que os REA, os POMAR, a Braconagem trazem é que podem nos fazer refletir que…
  • 18. Insanidade é fazer as coisas sempre do mesmo jeito e esperar resultados diferentes – A. Einstein Profª.Drª.AdrianaRochaBruno Por isso tudo…
  • 19. 19 http://fractales.free.fr/plan.html
  • 20. 20 MUITO GRATA! ADRIANA.BRUNO@UFJF.EDU.BR https://sites.google.com/site/arbruno