PREVALÊNCIA DA TUBERCULOSE EM IDOSOS NO AMBIENTE
URBANO
ARAUJO, Perla sonaly Bispo1
SOARES, Maria Cidney da Silva2
BARROS,...
de encerramento da doença no período do estudo. O tipo da pesquisa utilizada é
a documental-descritiva com abordagem quant...
Descritores: tuberculose, ambiente urbano, idoso.
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware...
of 3

Prevalência da tuberculose em idosos no ambiente urbano

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Prevalência da tuberculose em idosos no ambiente urbano

  • 1. PREVALÊNCIA DA TUBERCULOSE EM IDOSOS NO AMBIENTE URBANO ARAUJO, Perla sonaly Bispo1 SOARES, Maria Cidney da Silva2 BARROS, Olga Danielly Vitorino3 CUNHA, Ana Rita Ribeiro4 COSTA, Alekssandra Pereira5 RESUMO A tuberculose trata-se de um problema mundial de saúde pública que está relacionado às condições precárias de vida (desnutrição, superpopulação, moradia inadequada) e ao cuidado impróprio com a saúde, que tem como conseqüência o aumento da morbimortalidade. A maioria das infecções é adquirida pela transmissão pessoa a pessoa, onde o ar carrega gotículas que contém bactérias e o indivíduo suscetível a adquire através da exposição a um hospedeiro ativo. Há uma alta taxa de letalidade nos idosos de hoje pelo fato de terem vivido em épocas em que a transmissão de doença era muito alta, sendo que existem outros fatores que contribuem para essa letalidade: a possibilidade de uma reinfecção, o atraso no diagnóstico e início do tratamento, o risco aumentado deles desenvolverem a doença, em decorrência da imunodeficiência característica da idade e acontece também maior probabilidade de apresentações atípicas de tuberculose nessa faixa etária e de associações com outras patologias. A pesquisa teve como objetivo geral investigar a incidência dos casos de tuberculose em idosos no município de Campina Grande no período de 2003 a 2007, e como objetivos específicos tem-se os seguintes: caracterizar os aspectos sócio-econômicos dos participantes da análise, verificar o número de casos de tuberculose em idosos de acordo com suas formas clínicas e identificar a forma 1 Discente do curso de enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande.e-mail: perlasonaly@hotmail.com 2 Docente do curso de enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande. especialista em Saúde Pública. E-mail. profcidneysoares@hotmail.com 3 Graduada em Enfermagem pela Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande – 2009. 4 Especialista em Programa Saúde da Família. Docente do curso de Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas de campina Grande 5 Especialista em Programa Saúde da Família. Docente do curso de Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas de campina Grande Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. 320 Trabalho 1667 - 1/3
  • 2. de encerramento da doença no período do estudo. O tipo da pesquisa utilizada é a documental-descritiva com abordagem quantitativa. A pesquisa foi realizada na Secretária Municipal de Saúde de Campina Grande – PB, no mês de Abril de 2009. A cidade situa-se na região oriental do Planalto da Borborema, distante 130 km da capital João Pessoa e tem uma área de 620.63 km². Para responder aos objetivos do estudo, foi utilizado um roteiro de estudo, e o procedimento para coleta de dados foi baseado nas fichas do SINAN, o qual permitiu que a coleta de dados fosse realizada e assim viabilizasse respostas aos objetivos propostos. A coleta dos dados foi realizada por meio de levantamento quantitativo dos casos de tuberculoses no idoso, fazendo uso da consulta às notificações do SINAN, ocorrida no referido período a pesquisa. A partir dos dados que foram coletados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) no município de Campina Grande – PB, referente ao período de 2003 a 2007 sobre os casos de tuberculose em idosos, 95,18% % residiam na zona urbana. Conforme foi revelado no estudo, que a maioria dos infectados pela doença, na cidade de Campina Grande, residem na Zona Urbana, essa informação não contraria a literatura, porque Brasil (2008), afirma que propagação da doença está associada às condições de vida da população, ela se prolifera mais rapidamente em área de grande concentração de pessoas, com serviços de infra-estrutura precários, como saneamento e habitação, onde existem miséria e fome, daí a explicação para sua incidência ser maior nas grandes cidades, especificamente nas periferias. A pesquisa nos revela que a tuberculose é uma doença de grandes proporções, um problema de saúde pública em todo o mundo, pois apresenta um grande número de morbi-mortalidade. Diante dos dados obtidos, viu-se que o envelhecimento populacional, tem relação direta com o acometimento dos idosos pela tuberculose, pois é nessa faixa etária onde há um maior crescimento da doença, pois são pessoas vulneráveis ao adoecimento por terem suas defesas orgânicas reduzidas e pelo fato de terem vivido em épocas de grandes epidemias do agravo. É esperado que essa análise venha contribuir para que se tenha um olhar diferenciado, por parte dos governantes, profissionais e familiares, para uma realidade nova, que é a tuberculose no idoso e a sua alta incidência relacionada com o ambiente urbano. Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. 321 Trabalho 1667 - 2/3
  • 3. Descritores: tuberculose, ambiente urbano, idoso. Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. 322 Trabalho 1667 - 3/3

Related Documents