ALESSANDRA
PARA CONSELHEIRA TUTELAR
ELEIÇÃO DIA 17 DE MARÇO DAS 8:30 ÀS 17H
PARTICIPE DANDO SEU VOTO!
SE VOCÊ ACREDITA NAS...
Por que quero ser CONSELHEIRA TUTELAR?
Sou mãe, sou esposa, sou jornalista, sou professora, sou protetora incansável das
c...
of 2

POR QUE QUERO SER CONSELHEIRA TUTELAR?

Na última eleição que aconteceu em Chapada dos Guimarães fiz esta cartilha, entretanto não foi publicado em razão das regras da campanha eleitoral para o cargo de conselheiro tutelar. Novamente estou de volta para pedir sua atenção na escolha dos cinco conselheiros. Este é um cargo de grande responsabilidade social e precisa ser levado com seriedade pelos eleitores. Este ano de 2015 a eleição de CONSELHEIRO TUTELAR será unificada, ou seja, acontecerá em todo território brasileiro no dia 04 de outubro. Fique de bem com as crianças e os adolescentes, faça sua escolha baseado em história dos candidatos no anseio de proteger e lutar pelos direitos de todas elas!
Published on: Mar 4, 2016
Published in: Education      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - POR QUE QUERO SER CONSELHEIRA TUTELAR?

  • 1. ALESSANDRA PARA CONSELHEIRA TUTELAR ELEIÇÃO DIA 17 DE MARÇO DAS 8:30 ÀS 17H PARTICIPE DANDO SEU VOTO! SE VOCÊ ACREDITA NAS CRIANÇAS VOTE NA ALESSANDRA Para zelar pelos direitos das crianças e dos adolescentes! QUEM TIVER MAIS DE 16 ANOS, POSSUIR TÍTULO DE ELEITOR E RESIDIR NO MUNICÍPIO PODE VOTAR.
  • 2. Por que quero ser CONSELHEIRA TUTELAR? Sou mãe, sou esposa, sou jornalista, sou professora, sou protetora incansável das crianças e dos adolescentes, juntando tudo, vejo que estou preparada para ocupar o cargo de conselheira tutelar de Chapada dos Guimarães, quero estender meu amor para outras famílias, quero aproximar mais ainda delas, e assistir de pertinho outras crianças. Quero estar atenta no trato do dia a dia aos cuidadores delas (pais, professores, irmãos mais velho, tios, avós, etc.), acredito muito na minha sensibilidade como mãe para perceber quando não existe carinho no lar. O amor é à base de tudo, principalmente para combater a violência contra crianças e formar futuros cidadãos. ECA - Art. 131 - “O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, não-jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, definidos nesta Lei”. Quais as atribuições do CONSELHO TULETAR? Atender reclamações, reivindicações e solicitações feitas por crianças, adolescentes, famílias, cidadãos e comunidades. Exerce a função de escutar, orientar, aconselhar, encaminhar a denúncia ao Ministério Público e acompanhar os casos. Aplicar as medidas de proteção pertinentes a cada caso. Fazer requisições de serviços necessários à efetivação do atendimento adequado de cada caso. Contribui para o planejamento e a formulação de políticas e planos municipais de atendimento à criança, ao adolescente e às suas famílias. ECA - Art. 98 - “As medidas de proteção à criança e ao adolescente são aplicáveis sempre que os direitos reconhecidos nesta Lei forem ameaçados ou violados: I - Por ação ou omissão da sociedade ou do Estado; II - Por falta, omissão ou abuso dos pais ou responsável; III - Em razão de sua conduta” As medidas de proteção aplicadas pelo Conselho Tutelar são para que outros (Poder Público, famílias, sociedade) as executem. O Conselho Tutelar começa a agir sempre que os direitos das crianças e dos adolescentes forem ameaçados ou violados pela própria sociedade, pelo Estado, pelos pais, responsável ou em razão de sua própria conduta. Por isso tudo que EU, ALESSANDRA KURCHINSKI sou candidata a CONSELHEIRA TUTELAR.