Porque estou na família
que estou?
• Qual seria, para a sociedade, o
resultado do relaxamento dos laços de
família? (Q. 775)
• Um agravamento do egoísmo.
O que é a família terrena?
• A família terrena permite o reajuste através da
reencarnação, dissolvendo as mágoas e
liquida...
O que é a família terrena?
• A família consangüínea, entre os homens,
pode ser apreciada como o centro essencial de
nossos...
• “No espaço, os Espíritos formam
grupos ou famílias entrelaçados pela
afeição, pela simpatia e pela
semelhança das inclin...
Qual é o papel da família?
• Alexandre diz a André Luiz:
• ‘Você não pode esquecer que grandes ensinamentos do
próprio Mes...
Reencarnação
• As famílias são aglomerados de Espíritos
afins que estabelecem, nas encarnações
sucessivas, a linha da here...
• “Os laços de família não sofrem
destruição alguma com a
reencarnação, como o pensam
certas pessoas. Ao contrário,
tornam...
Missão da Família
• Simpatias terrenas
•Antipatias terrenas
Simpatias Terrenas
• A união e a afeição que existem entre pessoas parentes
são um índice da simpatia anterior que as apro...
Antipatias Terrenas
• Deus permite que, nas famílias, ocorram essas
encarnações de Espíritos antipáticos ou estranhos, com...
Antipatias Terrenas
• Adversários reaparecem como membros da família
para receber amor, no entanto, na batalha das
afinida...
Amparo Mútuo no núcleo familiar
• Dois seres, em se unindo no casamento, não estão
unicamente chamados ao rendimento possí...
Lembrete
• O mundo, por mais áspero, representará para o
nosso Espírito a escola de perfeição, cujos
instrumentos corretiv...
“Tudo aquilo, portanto, que quereis que os
homens vos façam, fazei-o vós a eles, pois
esta é a Lei e os Profetas.” Jesus. ...
Quem não auxilia a alguns, não se acha
habilitado ao socorro de muitos (Família -
Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel)
...
• Escolha um dia e uma hora
da semana em que seja
possível a presença de
todos os membros da
família ou da maior parte
del...
Palestra montada por:
Carolina von Scharten; Spiritist Society of
London – Inglaterra; Reino Unido
of 18

Porque estou na_familia_que_estou

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Porque estou na_familia_que_estou

  • 1. Porque estou na família que estou?
  • 2. • Qual seria, para a sociedade, o resultado do relaxamento dos laços de família? (Q. 775) • Um agravamento do egoísmo.
  • 3. O que é a família terrena? • A família terrena permite o reajuste através da reencarnação, dissolvendo as mágoas e liquidando as contas. (Na Era dos Espíritos – Chico Xavier e Herculano Pires; Espírito Irmão Saulo) • A família é a escola de aprendizagem e redenção futura (S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis)
  • 4. O que é a família terrena? • A família consangüínea, entre os homens, pode ser apreciada como o centro essencial de nossos reflexos. Reflexos agradáveis ou desagradáveis que o pretérito nos devolve. (Pensamento e Vida – Chico Xavier pelo Espírito Emmanuel)
  • 5. • “No espaço, os Espíritos formam grupos ou famílias entrelaçados pela afeição, pela simpatia e pela semelhança das inclinações.”
  • 6. Qual é o papel da família? • Alexandre diz a André Luiz: • ‘Você não pode esquecer que grandes ensinamentos do próprio Mestre foram ministrados no seio da família. A primeira instituição visível do Cristianismo foi o lar pobre de Simão Pedro, em Cafarnaum. Uma das primeiras manifestações de Nosso Senhor, diante do povo, foi à multiplicação das alegrias familiares, numa festa de núpcias em pleno aconchego do lar. Muitas vezes visitou Jesus as casas residenciais de pecadores confessos, acendendo novas luzes nos corações. A última reunião com os discípulos verificou-se no cenáculo doméstico’. (Missionários da Luz – André Luiz via Francisco Cândido Xavier)
  • 7. Reencarnação • As famílias são aglomerados de Espíritos afins que estabelecem, nas encarnações sucessivas, a linha da hereditariedade biológica. (Na Era dos Espíritos - Francisco C. Xavier e Herculano Pires; Espírito Irmão Saulo) • Atados por compromissos anteriores, retornam, ao lar, não somente aqueles seres a quem se ama, senão aqueloutros a quem se deve ou que estão com dívidas.... (S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis)
  • 8. • “Os laços de família não sofrem destruição alguma com a reencarnação, como o pensam certas pessoas. Ao contrário, tornam-se mais fortalecidos e apertados. O princípio oposto, sim, os destrói.”
  • 9. Missão da Família • Simpatias terrenas •Antipatias terrenas
  • 10. Simpatias Terrenas • A união e a afeição que existem entre pessoas parentes são um índice da simpatia anterior que as aproximou. (O Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec) • Após cada existência, todos têm avançado um passo na senda do aperfeiçoamento. (O Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec) • As heranças e parecenças físicas são decorrências dos gametas, no entanto, o caráter, a inteligência e o sentimento procedem do Espírito que se corporifica pela reencarnação, sem maior dependência dos vínculos genéticos com os progenitores. (S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis)
  • 11. Antipatias Terrenas • Deus permite que, nas famílias, ocorram essas encarnações de Espíritos antipáticos ou estranhos, com o duplo objetivo de servir de prova para uns e, para outros, de meio de progresso. (O Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec) • O caráter deles se abranda, seus costumes se apuram, as antipatizas se esvaem. É desse modo que se opera a fusão das diferentes categorias de Espíritos, como se dá na Terra com as raças e os povos. (O Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec)
  • 12. Antipatias Terrenas • Adversários reaparecem como membros da família para receber amor, no entanto, na batalha das afinidades padecem campanhas de perseguição inconsciente, experimentando o pesado ônus da antipatia e da animosidade. (S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis) • A tara familiar, por esse motivo, é a resultante da conjunção de débitos, situando-nos no plano genético enfermiço que merecemos, à face dos nossos compromissos com o mundo e com a vida. (Pensamento e Vida – Chico Xavier pelo Espírito Emmanuel)
  • 13. Amparo Mútuo no núcleo familiar • Dois seres, em se unindo no casamento, não estão unicamente chamados ao rendimento possível da família humana e ao progresso das boas obras a que se dediquem, mas também e principalmente - e muito principalmente - ao amparo mútuo. (Na Era dos Espíritos - Francisco C. Xavier e Herculano Pires; Espírito Emmanuel) • A Terra é a venerável instituição onde encontramos os recursos indispensáveis para atender ao nosso próprio burilamento. (Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel)
  • 14. Lembrete • O mundo, por mais áspero, representará para o nosso Espírito a escola de perfeição, cujos instrumentos corretivos bendiremos, um dia. (Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel) • Os companheiros de jornada que o habitam, conosco, por mais ingratos e impassíveis, são as nossas oportunidades de materialização do bem, recursos de nossa melhoria e de nossa redenção, e que, bem aproveitados por nosso esforço, podem transformar-nos em heróis. (Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel)
  • 15. “Tudo aquilo, portanto, que quereis que os homens vos façam, fazei-o vós a eles, pois esta é a Lei e os Profetas.” Jesus. (Mateus, 7:12) A Terra é o nosso temporário domicílio. A Humanidade é a nossa família real. Todos estamos destinados por Deus a gloriosa destinação. (Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel) Lembrete
  • 16. Quem não auxilia a alguns, não se acha habilitado ao socorro de muitos (Família - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel) Lembrete
  • 17. • Escolha um dia e uma hora da semana em que seja possível a presença de todos os membros da família ou da maior parte deles. • Prece simples e espontânea • Fazer a leitura de um trecho de "O Evangelho Segundo o Espiritsmo“ • Fazer comentários breves, • Pode-se fazer outras leituras afins • Duração de até 30 minutos, • Prece de encerramento, em que se agradecerá a assitência espiritual, lembrando a próxima reunião
  • 18. Palestra montada por: Carolina von Scharten; Spiritist Society of London – Inglaterra; Reino Unido

Related Documents