BELÉM DO PARÁ Turma: 3º ano/9
Ver-o-Peso <ul><li>O Ver-o-Peso é um mercado situado na cidade brasileira de Belém , no estado do Pará , as ma...
Feira do Açaí <ul><li>Embora o açaí também seja encontrado no Amazonas, Maranhão, Amapá, Mato Grosso e Tocantins, o estado...
Praça da República <ul><li>No início era o Largo da Campina, um imenso terreno descampado que ficava entre o bairro da Cam...
Parque da Residência <ul><li>O Parque da Residência localiza-se na cidade de Belém , no estado do Pará , no Brasil . ...
Catedral da Sé <ul><li>A primeira igreja de Belém foi construída provisoriamente dentro do Forte do Presépio e já era dedi...
Igreja de Santo Alexandre <ul><li>Construída no século XVII, a Igreja de Santo Alexandre já fez parte de um convento jesuí...
Theatro da paz O Theatro da Paz foi fundado em 15 de fevereiro de 1878, durante o período áureo do Ciclo da Borracha, quan...
Bosque Rodrigues Alves <ul><li>O bosque um lugar da natureza para passear, brincar e se divertir tem canoas, castelos e al...
Forte do Castelo <ul><li>O Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém localiza-se na baía do Guajar...
Mangal das Garças. <ul><li>O Parque Ambiental Mangal das Garças é um complexo turístico aliado a um zoológico e a quatro e...
Estação das Docas <ul><li>A Estação das Docas é um complexo gastronômico e cultural localizada em Belém do Pará q...
Praça Batista Campos <ul><li>Tombada pela capital paraense em 1983, a Praça Batista Campos faz uma homenagem a um person...
of 13

Pontos Turisticos De BeléM 3 Ano A

Trabalho dos Alunos 3º Ano/9
Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Pontos Turisticos De BeléM 3 Ano A

  • 1. BELÉM DO PARÁ Turma: 3º ano/9
  • 2. Ver-o-Peso <ul><li>O Ver-o-Peso é um mercado situado na cidade brasileira de Belém , no estado do Pará , as margens da baía do Guarajá . Construído em 1625 , seu nome faz jus às chamadas Casas do Ver-o-Peso, projetadas no Brasil, em 1614 , para conferir o peso exato das mercadorias e cobrar os respectivos impostos para a coroa portuguesa . </li></ul>O Ver-o-Peso é um mercado situado na cidade brasileira de Belém , no estado do Pará , as margens da baía do Guarajá . Construído em 1625 , seu nome faz jus às chamadas Casas do Ver-o-Peso, projetadas no Brasil, em 1614 , para conferir o peso exato das mercadorias e cobrar os respectivos impostos para a coroa portuguesa .
  • 3. Feira do Açaí <ul><li>Embora o açaí também seja encontrado no Amazonas, Maranhão, Amapá, Mato Grosso e Tocantins, o estado do Pará é seu maior produtor nacional, respondendo, ainda, por mais de 90% do que é consumido no país. Belém, a capital paraense, é o local que mais consome açaí no Brasil, com cerca de 3 mil pontos-de-venda onde o suco é oferecido. Diariamente são disponibilizados 440 mil litros, processados com frutos provenientes das ilhas que cercam a cidade. Às primeiras horas da manhã, as canoas atracam no cais do mercado do Ver-o-Peso – o mais tradicional e conhecido ponto turístico de Belém – e desembarcam seus paneiros (cestas artesanais), alimentando um comércio livre que não muda há dezenas de anos. Segundo dados da prefeitura de Belém, a Feira do Açaí, o principal centro de comercialização do produto, localizada no complexo Ver-o-Peso, responde por mais de 70% do produto comercializado na cidade. Em 2005 passaram por ali 31,1 mil toneladas do fruto . </li></ul>
  • 4. Praça da República <ul><li>No início era o Largo da Campina, um imenso terreno descampado que ficava entre o bairro da Campina e a estrada que levava à ermida de Nossa Senhora de Nazaré . Depois, no século XVIII , lá foi construído um imenso armazém para se guardar pólvora , traçando-lhe o nome para Largo da Pólvora. Uma forca foi erguida, mas não há registro de nenhum enforcamento. O que se sabe é que o espaço era usado para sepultar, em cova rasa, escravos e pobres. </li></ul>
  • 5. Parque da Residência <ul><li>O Parque da Residência localiza-se na cidade de Belém , no estado do Pará , no Brasil . </li></ul><ul><li>Residência oficial dos governadores do estado a partir de 1934 , teve como primeiro morador Magalhães Barata . Mas o prédio já havia sido lar dos governadores Enéas Martins (1913-1917) e Lauro Sodré (1917-1921). O lugar que presenciou grandes decisões administrativas agora é a sede da Secretaria Executiva de Cultura (SECULT)do estado do Pará. </li></ul>
  • 6. Catedral da Sé <ul><li>A primeira igreja de Belém foi construída provisoriamente dentro do Forte do Presépio e já era dedicada a Nossa Senhora das Graças. </li></ul>
  • 7. Igreja de Santo Alexandre <ul><li>Construída no século XVII, a Igreja de Santo Alexandre já fez parte de um convento jesuíta, e atualmente abriga o Museu de Arte Sacra do Pará, cujo acervo é formado por cerca de 300 peças barrocas. Integra o complexo Feliz Lusitânia, um conjunto de construções históricas que fazem parte do marco da fundação de Belém. </li></ul>
  • 8. Theatro da paz O Theatro da Paz foi fundado em 15 de fevereiro de 1878, durante o período áureo do Ciclo da Borracha, quando ocorreu um grande crescimento econômico na região. Belém viveu um significativo processo de transformação sócio-econômico nesse período, chegando a ser chamada de “A Capital da Borracha”. Mas, apesar desse progresso a cidade ainda não possuía um teatro de grande porte, capaz de receber espetáculos do gênero lírico. Buscando satisfazer o anseio da sociedade da época, o governo da província contrata o engenheiro militar José Tiburcio de Magalhães que dá inicio ao projeto arquitetônico inspirado no Teatro Scalla de Milão (Itália). Em julho de 1869 começa a sua construção, sendo destacada a arquitetura Neoclássica. Inaugurado como Nossa Senhora da Paz, alusão ao final da guerra do Paraguai, teve seu nome reduzido para Teatro da Paz dois dias depois da inauguração. Decorado de forma simples foi aos poucos sendo embelezado com novos elementos de decoração e pintura destacando os italianos Domenico D’Angelis e Capranezi. Em 1905 passa por uma significativa reforma chegando a sua forma definitiva.
  • 9. Bosque Rodrigues Alves <ul><li>O bosque um lugar da natureza para passear, brincar e se divertir tem canoas, castelos e alimentar os peixes. </li></ul>
  • 10. Forte do Castelo <ul><li>O Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém localiza-se na baía do Guajará , na ponta de Maúri , à margem direita da foz do rio Guamá , dominando a entrada do porto e o canal de navegação que costeia a ilha das Onças , atual cidade de Belém , no estado do Pará , no Brasil </li></ul>
  • 11. Mangal das Garças. <ul><li>O Parque Ambiental Mangal das Garças é um complexo turístico aliado a um zoológico e a quatro espaços de visita monitorada que lhe permitem uma aproximação maior com a natureza. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>É um pedaço não somente da fauna e flora amazônicas, como de toda a diversidade ecológica do Brasil. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Aqui você encontra animais raros e em ameaça de extinção, plantas exóticas e delícias da culinária paraense. </li></ul>
  • 12. Estação das Docas <ul><li>A Estação das Docas é um complexo gastronômico e cultural localizada em Belém do Pará que foi inaugurada em 13 de maio de 2000 . </li></ul><ul><li>O espaço dos Boulevares é resultado de um cuidadoso trabalho de restauração dos armazéns de produtos do porto da capital. Os quatro galpões de ferro inglês são um exemplo da arquitetura característica da segunda metade do século XIX . Hoje, eles são revestidos de vidro, proporcionando ao visitante uma agradável iluminação natural e revelando um espetacular cenário amazônico </li></ul>
  • 13. Praça Batista Campos <ul><li>Tombada pela capital paraense em 1983, a Praça Batista Campos faz uma homenagem a um personagem que teve destaque na Cabanagem (revolta em que índios e mestiços ficaram contra a elite política e tomaram o Pará): Cônego Batista Campos, que morreu em 1834. Antes a praça possuía 14 entradas, com o plano de jardim sem grades. Alguns anos depois, foi construído o coreto, cursos d`água com pontes e árvores nativas foram plantadas. Em 1986, o local foi reformado, restaurando os estilos do início do século XX. </li></ul>

Related Documents