“Caso a humanidade encarnada decida seguir o infeliz caminhoda III Guerra Mundial, uma guerra nuclear de consequênciasimpr...
E ainda: “Nosso Brasil como o conhecemos hoje será entãodesfigurado e dividido em quatro nações distintas. Somente umaquar...
Quando lemos estas linhas, ficamos muito apreensivos,pois identificamos um elevado grau de correlação entre oseu enunciado...
Para isto, progressivamente, vão promovendo campanhas comfarta utilização de seus vastos recursos financeiros, comprandoco...
Para facilitar a consecução de seus nefastos objetivospromovem o enfraquecimento das Forças Armadas, bem comoo desarmament...
Somente a China atualmente possui algum poderiomilitar, mas insuficiente para equiparar-se à potênciahegemônica. E pensar ...
R E S U M O D O C U R R I C U L U M V I TA E : P R O F. M A R C O S C O I M B R AI - Atividades Anteriores:1 – Bacharel em...
Previsões de Chico Xavier
Previsões de Chico Xavier
of 9

Previsões de Chico Xavier

Importante mensagem que versa sobre matéria publicada no exemplar nº 439, de maio de 2011, do jornal Folha Espírita, relatando revelação, feita em 1986, pelo médium Francisco Cândido Xavier ao Sr. Geraldo Lemos Neto, fundador da Casa de Chico Xavier de Pedro Leopoldo (MG) e da Vinha de Luz Editora (BH-MG), sobre o futuro reservado ao planeta Terra e a todos os seus habitantes nos próximos anos. Nela, alguns trechos para reflexão dos leitores, independentemente da religião professada, devido à sua relevância e oportunidade.
Published on: Mar 4, 2016
Published in: Spiritual      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Previsões de Chico Xavier

  • 1. “Caso a humanidade encarnada decida seguir o infeliz caminhoda III Guerra Mundial, uma guerra nuclear de consequênciasimprevisíveis e desastrosas, aí então a própria mãe Terra, sob osauspícios da Vida Maior, reagirá com violência imprevista pelosnossos homens de ciência. O homem começaria a III Guerra,mas quem iria terminá-la seriam as forças telúricas danatureza, da própria Terra cansada dos desmandos humanos, eseríamos defrontados então com terremotos gigantescos;maremotos e ondas (tsunamis) consequentes; veríamos aexplosão de vulcões há muito tempo extintos; enfrentaríamosdegelos arrasadores que avassalariam os pólos do globo comtrágicos resultados para as zonas costeiras, devido à elevaçãodos mares; e, neste caso, as cinzas vulcânicas associadas àsirradiações nucleares nefastas acabariam por tornar totalmenteinabitável todo o Hemisfério Norte de nosso globo terrestre.”
  • 2. E ainda: “Nosso Brasil como o conhecemos hoje será entãodesfigurado e dividido em quatro nações distintas. Somente umaquarta parte de nosso território permanecerá conosco e aosbrasileiros restarão apenas os Estados do Sudeste somados a Goiáse ao Distrito Federal. Os norte-americanos, canadenses emexicanos ocuparão os Estados da Região Norte do País, emsintonia com a Colômbia e a Venezuela. Os europeus virão ocuparos Estados da Região Sul do Brasil unindo-os ao Uruguai, àArgentina e ao Chile. Os asiáticos, notadamente chineses,japoneses e coreanos, virão ocupar o nosso Centro-Oeste, emconexão com o Paraguai, a Bolívia e o Peru. E, por fim, os Estadosdo Nordeste brasileiro serão ocupados pelos russos e povos eslavos.Nós não podemos nos esquecer de que todo esseintrincado processo tem a sua ascendência espiritual e somosforçados a reconhecer que temos muito que aprender com os povosinvasores”.
  • 3. Quando lemos estas linhas, ficamos muito apreensivos,pois identificamos um elevado grau de correlação entre oseu enunciado e aquilo que está a ocorrer em nosso mundo.Para muitos especialistas na área, a 3ª guerra mundial jácomeçou em várias expressões do Poder Nacional, restandoapenas a sua fase final, a militar, de forma maisabrangente. É fato notório que as nações mais desenvolvidas nãopossuem recursos naturais, sequer água, para manter seupadrão de desenvolvimento. Algumas das menosdesenvolvidas (por exemplo, o Brasil) os possuem emabundância, porém além de não aproveitá-los de modosatisfatório, ainda despertam a cobiça dos “donos domundo”, interessados em sua posse e usufruto.
  • 4. Para isto, progressivamente, vão promovendo campanhas comfarta utilização de seus vastos recursos financeiros, comprandoconsciências corruptas, criando ONGs internacionais e outrasditas nacionais, com o claro objetivo de estabelecer a cizâniaentre os brasileiros. Jogam Irmãos contra Irmãos sobrediversos pretextos. Ora etnias contra etnias, sexo contra sexo,religião contra religião. Até a recomendação do Clube deRoma de controle do crescimento demográfico através doincentivo à propagação do homossexualismo está sendoimplantada com sucesso no mundo, em especial no Brasil. Ademarcação de “terras indígenas” abriu o caminho sem voltade perda da Soberania Nacional e da Integridade doPatrimônio Nacional.
  • 5. Para facilitar a consecução de seus nefastos objetivospromovem o enfraquecimento das Forças Armadas, bem comoo desarmamento dos cidadãos, com a cooperação deverdadeiros traidores da Pátria. O partido de Silvério dosReis(PT) cresce assustadoramente. O recado dado com ainvasão do Iraque, do Afeganistão, o ataque à Líbia e outrosepisódios é muito claro. Ou deixam-se explorar ou serãodominados “manu militari” os países ricos em recursosnaturais. E a diferença entre os países, considerando-se aexpressão militar do Poder Nacional é assustadora. Os EUApossuem uma hegemonia avassaladora e impedem que naçõescom potencial de tornarem-se perturbadoras da nova ordemmundial sejam dominem a tecnologia nuclear e sequerconsigam autonomia convencional.
  • 6. Somente a China atualmente possui algum poderiomilitar, mas insuficiente para equiparar-se à potênciahegemônica. E pensar que há quarenta anos, o Brasil erasuperior à China em importantes indicadores de todaordem. Daí que é assustadora a previsão de Chico Xavier.De fato, a Iugoslávia e outros países, outrora prósperos, sãooutras demonstrações óbvias. Eram países ricos, capazesde fazer sombra aos mais ricos, esfacelados em pequenasnações, criadas de fora para dentro, com conflitospermanentes entre eles, por intermédio de sangrentasguerras sem fim. Se pelas razões expostas no texto de ChicoXavier ou outras quaisquer, aqueles povos de fatoresolverem fazer o descrito, quem conseguirá impedir? Aadministração brasileira irá se queixar a quem estácomandando a invasão sob qualquer pretexto?
  • 7. R E S U M O D O C U R R I C U L U M V I TA E : P R O F. M A R C O S C O I M B R AI - Atividades Anteriores:1 – Bacharel em Ciências Econômicas – Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – 1969;2 - Pós-Graduação – Administração Educacional – Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) –1979;3 - Superior de Guerra – Escola Superior de Guerra (ESG) – 1981;4 - Altos Estudos de Política e Estratégia (CAEPE) – 1986;5 - Diretor do Curso de Economia do Centro Universitário Bennett – 1979 a 1983;6 - Membro do Corpo Permanente, de 1982 a 1994, Chefe da Divisão de Assuntos Econômicos, de 1986a 1994 e Perito Econômico da ESG;7 - Chefe do Departamento de Teoria Econômica (Bennett), em 1983 e Chefe do Departamento deAnálise Quantitativa (UERJ), de 1993 a 1995;8 - Professor de Economia junto a : SESAT, Universidade Gama Filho, Universidade Estácio de Sá,Faculdades Morais Júnior, Banco do Brasil, ECEMAR, IME, PETROBRAS,ESG, ADESG e outras;9- Professor de Economia na UERJ, desde 1977, aposentado em 09/2002;10- Professor Titular de Economia na Universidade Candido Mendes, de ago/71 até fev/2006;11- Consultor Especial para Assuntos Parlamentares – Assembléia Legislativa do Estado do Rio deJaneiro (ALERJ), de 1995 até 02/2003;12- Editor de Economia e articulista no jornal "Esquadro" de 1994 até 2002;13- Editor de Economia no Jornal “Ombro a Ombro” de 1988 até 2005;14- Conselheiro Federal do Grande Oriente do Brasil, de 1994 até 06.2003;15- Professor de Economia Empresarial no MBA da FUNCEFET – 2002/2003;16- Membro do Conselho Deliberativo da AACM (Associação dos Alunos dos Colégios Militares), de1998 até 2000;17 - Assessor Chefe de Gabinete da Liderança do PRONA na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, deJan/2005 a Jan/2007;18- Conselheiro da ESG, de 1994 a 2004;19- Membro Suplente do Conselho Fiscal da CVRD (Companhia Vale do Rio Doce), de Mai/2006 aAbr/2009;20- Secretário Parlamentar na Câmara dos Deputados – BR-DF de Fev/2007 a Out/ 2010.

Related Documents