APIMEC
Resultados 3T07
Novembro de 2007
1
Aviso
Eventuais declarações sobre eventos futuros que possam ser feitas durante essa
apresentação, relativas às perspe...
Agenda
Perfil Corporativo
Resultados 3T07
Licitação de Rod.
...
Perfil Corporativo
4
Estrutura Organizacional
Grupo OH...
OHL Concesiones
A operação no Brasil é estratégica para o processo de crescimento da OHL Concesiones.
Portfolio da OHL ...
Localização
... a noroeste da cidade de São Paulo...
O Estado de São Paulo representa aproximadamente 22% da população b...
Governança Corporativa
Novo Mercado – Bovespa
Apoio e comprometimento estratégico do Grupo OHL.
Transparência e...
Resultados 3T07
9
Destaques 3T07
Considerando a aquisição da Vianorte desde janeiro de 2006 e a
média do volume de tráfego na praça d...
Tráfego
Evolução do Tráfego (em Mil Veíc. Equiv.) -...
Tráfego Consolidado vs. PIB
Comparação com o mesmo período do ano anterior:
...
Receita Líquida
Evolução da Receita Líquida (em R$ Mil) Evolução da Receita Líquida (em R...
EBITDA Ajustado
...
Resultado Financeiro
Var % ...
Endividamento
Endividamento Bruto (R$ MM) ...
Lucro Líquido (R$ Milhões)
Ano 2006
...
Investimentos (R$ Milhões)
CAPEX (Real e Estimativa) Distribu...
Licitação de Rodovias Federais
19
Resumo do Leilão
...
Posição da OHL Brasil
ANTES DO LEILÃO ...
Perspectivas
22
2ª Fase - Concessões Estaduais
...
Outras Informações
24
Volume (R$ Milhões)
0,0
2,0
4,0
6,0
8,0
10,0
...
Responsabilidade Social
Resumo quantitativo dos projetos até setembro de 2007
...
Relações com Investidores
Contatos OHL Brasil S.A.: Endereço:
...
of 27

Por.Apimec 3 T07 Final

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Por.Apimec 3 T07 Final

  • 1. APIMEC Resultados 3T07 Novembro de 2007 1
  • 2. Aviso Eventuais declarações sobre eventos futuros que possam ser feitas durante essa apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e financeiras, têm como base crenças e suposições de nossa Administração, bem como informações atualmente disponíveis para a Companhia. As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de desempenho, envolvem riscos, incertezas e suposições, pois se referem a eventos futuros e portanto dependem de circunstancias que podem ou não ocorrer. Os resultados futuros e a criação de valor para os acionistas poderão diferir de maneira significativa daqueles expressos ou sugeridos pelas declarações com relação ao futuro. Muitos dos fatores que irão determinar estes resultados e valores estão além da capacidade de controle ou previsão da OHL Brasil. 2
  • 3. Agenda Perfil Corporativo Resultados 3T07 Licitação de Rod. Federais Perspectivas Outras Informações 3
  • 4. Perfil Corporativo 4
  • 5. Estrutura Organizacional Grupo OHL Grupo internacional de construção, concessões e serviços; Fundado há mais de 90 ANOS, com presença em 16 países; Receita Líquida 2006: € 3,3bn; 100,0% e EBITDA 2006: € 489,2mm; CAGR Receita Líq. 1995-2006 de 32,2%; OHL Concesiones 100,0% Um dos “core business” do Grupo OHL (57% do OHLB3 EBITDA total do grupo no 1º semestre de 2007; Partícipes en Presença estratégica na América Latina: Brasil, Brasil S.L. México e Chile; 52,1% 40,0% Operador Global de infra-estruturas: rodovias, portos, aeroportos e ferrovias; Atuação no Brasil através da OHL Brasil; Forte experiência internacional no 7,9% desenvolvimento de estruturas eficientes de capital para projetos. 100,0% 100,0% 100,0% 4,68% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% Paulista Latina FEDERAIS STP SPR Infra-estrutura Manutenção • Fernão Dias 100,0% • Régis Bittercourt • Curitiba – Div. SC/RS • Curitiba – Florianópolis • Div.ES/RJ – P. Rio Niterói 5
  • 6. OHL Concesiones A operação no Brasil é estratégica para o processo de crescimento da OHL Concesiones. Portfolio da OHL Concesiones Principais Números Rodovias Extensão (km) Part. (€ mm) 2006 2005 Var % Autovia M-45 8,3 100% Vendas 333,4 249,7 33,5% Autopista Aeropuerto Barajas 8,2 100% Espanha Autovia de 1 Generación Madrid-R2 * 56,1 45% EBITDA 66,7% 253,5 152,1 Intervias 371,2 60% Carteira 23.856,3 16.744,1 42,5% Autovias 316,5 60% Centrovias 219,5 60% Vianorte 236,6 60% Distribuição Geográfica da Carteira 2006 Fernão Dias * 562,1 60% Régis Bittercourt ** 3% 401,6 60% 23% 22% * BR-116/PR/SC * 412,7 60% Brasil Espanha BR-101/RJ ** 320,1 60% México BR-116/376/PR BR-101/SC** 382,3 60% México Chile Autopista del Sol 132,0 75% Argentina Autopista Los Libertadores 119,0 75% 22% 30% Camino Internacional Ruta 60 92,4 100% Sistema Carretero del Oriente 97,0 87% Brasil Evolução das Receitas (€ mm) Autopista Amozoc Perote 123,0 67% 333,4 Autopista Ezeiza-Cañuelas 60,1 70% 249,7 Chile CAGR 01-06 = 31,4% Total 3.918,7 166,4 Portos Puerto de Alicante 50% 17 127,1 Argentina 14 13 Aeroportos 85,1 8 79,2 Aeropuerto Internacional de México 50% 5 Aeropuerto Internacional de Toluca 33% 4 Ferrovias/Metrovias 2006 2005 2001 2002 2003 2004 Metro Boadilla a Pozuelo (Madrid) 51% Receita Líquida # de Concessões (*) Concessões arrematadas em outubro de Tren de Navalcarnero a Mostoles * 80% 2007 pendentes de assinatura de contrato 6
  • 7. Localização ... a noroeste da cidade de São Paulo... O Estado de São Paulo representa aproximadamente 22% da população brasileira e 35% do PIB do país. Área de Atuação: Mapa: • População de 4 mm de pessoas • Um dos principais pólos de agronegócio do Brasil • Responsável por 32% do álcool combustível e 70% do suco de laranja exportado As rodovias administradas pela OHL Brasil são o principal veiculo de acesso das regiões produtoras, para: São Paulo: principal centro consumidor Porto de Santos: maior corredor de exportação nacional ... possibilita à OHL Brasil capturar os efeitos da expansão de negócios vinculados a atividades industriais e de agronegócio. 7
  • 8. Governança Corporativa Novo Mercado – Bovespa Apoio e comprometimento estratégico do Grupo OHL. Transparência e Proteção ao interesse dos acionistas minoritários. Tag-Along de 100% das ações. Estrutura do capital com 100% em ações ordinárias (igualdade de direito dos acionistas minoritários). Capital com 40% de Free Float. Conselho de Administração composto por 7 membros, sendo 1 independente. 8
  • 9. Resultados 3T07 9
  • 10. Destaques 3T07 Considerando a aquisição da Vianorte desde janeiro de 2006 e a média do volume de tráfego na praça de Santa Rita e São Simão no 3T07, o tráfego consolidado evoluiu 10,5% comparando o 3T07 ao 3T06. Receita líquida de serviços cresceu 19,1% em termos pro forma, comparando 3T07 ao 3T06. EBITDA Ajustado R$111,4 milhões e margem de 65,8% da receita líquida no 3T07. Lucro Líquido de R$27,1 milhões no 3T07. 10
  • 11. Tráfego Evolução do Tráfego (em Mil Veíc. Equiv.) - Pro forma Evolução do Tráfego (em Mil Veíc. Equiv.) Vianorte 58,4% 4% Intervias 21, Vianorte 2% % Centrovias 3, Intervias ,2 2 23 Autovias Centrovias 7.311 7.311 Autovias 6.812 6.568 6.568 13.214 13.214 12.580 12.278 12.580 12.278 5.420 5.420 4.811 4.986 4.811 4.986 9.519 9.519 5.139 4.830 5.139 4.830 3T06 2T07 3T07 3T06 2T07 3T07 Tráfego Consolidado OHL Brasil Distribuição do Tráfego – 3T07 (em Milhões Veíc. Equiv.) 9% 10, ral: 35,5 est rim 28,8 oT édi 27,6 c. M es 24,8 Cr 22,4 21,8 21,1 21,1 21,0 19,6 20,6 21% 19,5 27% 17,5 15% 37% 8,7 8,3 1T04 2T04 3T04 4T04 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 2T07 3T07 11
  • 12. Tráfego Consolidado vs. PIB Comparação com o mesmo período do ano anterior: 10,5%** Tráfego OHL* PIB 8,4% 6,6% 6,2% 5,4% 5,7% 5,0%¹ 5,6% 5,4% 4,8% 4,5% 4,4% 4,1% 3,9% 3,7% 3,1% 3,1% 3,0% 3,0% 2,9% 2,8% 2,8% 2,2% 1,8% 1,5% 1,2% 1,0% 3T07 2T07 2004 2005 2006 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 -1,4% 0,44 0,98 1,00 0,59 1,39 2,21 0,38 0,32 -0,93 2,10¹ 1,22 0,64 1,13 1,95 Elasticidade do Período * Pro forma, inclui o crescimento de tráfego consolidado das 4 concessionárias do grupo OHL Brasil. ** Para efeito de comparação, no 3T07 considera-se a média do volume de tráfego das praças de São Simão e Santa Rita. ¹ Projeção da OHL Brasil 12
  • 13. Receita Líquida Evolução da Receita Líquida (em R$ Mil) Evolução da Receita Líquida (em R$ Mil) - Pro forma Vianorte 54,7% Intervias Vianorte 19,1% ,1% Centrovias ,1% Intervias 19 19 Autovias Centrovias 39.212 39.212 Autovias 33.649 32.689 33.649 49.852 49.852 45.550 44.331 45.550 44.331 37.393 37.393 31.412 32.986 31.412 32.986 42.853 42.853 32.765 30.881 32.765 30.881 3T06 2T07 3T07 3T06 2T07 3T07 Receita Líquida OHL Brasil Distribuição da Receita Líquida – 3T07 9,9% 169,3 (em R$ Milhões) a l: estr Trim 142,2 d io . Mé c Cres 137,7 122,2 109,4 105,5 103,8 97,1 101,6 94,0 93,3 23% 25% 86,5 82,0 45,3 47,0 22% 29% 1T04 2T04 3T04 4T04 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 2T07 3T07 A cobrança eletrônica de pedágio representou 47,6% do faturamento no 3T07 13
  • 14. EBITDA Ajustado Var % Var % Var % EBITDA Ajustado (R$ mil) 3T07 2T07 3T06 9M07 9M06 3T07/2T07 3T07/3T06 9M07/9M06 Receita Líquida de Serviços 169.308 142.157 109.418 19,1% 54,7% 449.133 308.129 45,8% Custos dos Serviços Prestados (79.577) (78.186) (51.634) 1,8% 54,1% (237.894) (153.499) 55,0% Amortização e Depreciação 49.852 49.530 31.741 0,7% 57,1% 149.643 87.542 70,9% Outras Receitas - 84 - - - 84 168 (50,0%) Despesas Gerais e Administrativas* (15.262) (14.969) (11.503) 2,0% 32,7% (45.957) (27.467) 67,3% Despesas Tributárias (1.199) (936) (758) 28,1% 58,2% (3.095) (2.144) 44,4% EBITDA 123.122 97.680 77.264 26,0% 59,4% 311.914 212.729 46,6% Ônus Fixo pago (11.765) (11.265) (4.066) 4,4% 189,4% (34.296) (12.224) 180,6% EBITDA Ajustado 111.357 86.415 73.198 28,9% 52,1% 277.618 200.505 38,5% % EBITDA Ajustado S/ Rec. Líquida 65,8% 60,8% 66,9% 61,8% 65,1% * Inclui remuneração da Diretoria e Administração EBITDA Ajustado Margem EBITDA Ajustado (%) (R$ Milhões) % 0,7 111,4 :1 ral t es rim 86,4 T io 66,9 66,6 éd .M 79,8 65,8 c 65,5 77,0 res 73,2 C 64,4 64,3 63,9 69,1 66,8 62,4 64,9 63,0 62,9 58,4 58,7 62,1 54,6 52,2 60,9 60,8 60,4 59,1 58,0 26,8 28,6 1T04 2T04 3T04 4T04 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 2T07 3T07 1T04 2T04 3T04 4T04 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 2T07 3T07 14
  • 15. Resultado Financeiro Var % Var % Var % Resultado Financeiro (R$ mil) 3T07 2T07 3T06 9M07 9M06 3T07/2T07 3T07/3T06 9M07/9M06 (11,7%) 2,3% (28,3%) Receitas Financeiras 2.184 2.472 2.134 9.686 13.516 68,5% 196,0% 125,0% Despesas Financeiras (31.971) (18.971) (10.802) (75.302) (33.474) (4,3%) 10,1% 12,7% BNDES/CEF (8.175) (8.540) (7.428) (25.412) (22.556) 33,9% 547,7% 359,5% Outras Despesas Financeiras (11.762) (8.787) (1.816) (30.538) (6.646) 632,3% 672,7% 353,0% Atualização Monetária do Ônus Fixo (12.039) (1.644) (1.558) (19.352) (4.272) (50,0%) - 96,3% Variação Cambial Líquida 9 18 - 53 27 80,7% 243,5% 228,9% Resultado Financeiro Líquido (29.778) (16.481) (8.668) (65.563) (19.931) % Receita Líquida 17,6% 11,6% 7,9% 14,6% 6,5% Distribuição das despesas financeiras (% do total) Evolução IGP-M (%) 2,6 2T07 3T06 3T07 9% 14% 0,8 26% 38% 17% 45% 69% 46% 0,3 37% 3T07 3T06 2T07 Atualiz. Ônus Outros Fin. BNDES/CEF 15
  • 16. Endividamento Endividamento Bruto (R$ MM) Endividamento Líquido (R$ MM) 466,8 589,7 585,0 455,6 537,4 429,1 517,1 416,3 262,6 249,6 246,0 236,6 303,7 290,0 407,1 283,4 276,3 266,3 204,4 273,7 261,9 1,5x 207,6 1,5x 200,3 1,4x 1,2x 118,2 1,3x 236,0 103,0 0,9x 91,7 224,0 216,0 225,3 214,7 199,2 186,2 0,8x 327,1 335,4 291,4 291,4 0,8x 291,4 0,5x 110,0 0,4x 0,4x 74,5 75,7 67,7 67,4 66,0 51,0 51,6 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 2T07 1T06 3T07 4T05 2T06 3T07 1T05 2T05 3T05 1T07 2T07 3T06 4T06 Dív. Líq. / EBITDA Ajustado (Ult. 12 meses) Dívida CP Dívida LP Encargos (Setembro de 2007) Cronograma de Amortização (R$ MM) 257,0 TJLP 1,2% CDI Outros 41,4% 57,5% 110,0 90,3 22,0 20,5 11,1 6,3 Out/07 a 2008 (a 2009 2010 2011 2012 2013 Set/08 partir de Out) 16
  • 17. Lucro Líquido (R$ Milhões) Ano 2006 R$ 99,4 milhões 40,8 9M07 Ano 2005 R$ 54,0 milhões R$ 76,8 milhões 27,1 24,0 23,6 22,6 Ano 2004 R$ 25,2 milhões 18,4 17,8 17,6 17,5 14,0 11,7 9,2 5,6 3,3 2,3 1T04 2T04 3T04 4T04 1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 2T07 3T07 17
  • 18. Investimentos (R$ Milhões) CAPEX (Real e Estimativa) Distribuição do CAPEX – 3T07 220,0* 191,8 196,4 Valor Total no período 188,1 23% 2008 a 2010 24% 169,1 292,0* 25% 29% 140,0 9M07 80,0 Programação 72,0 Autovias, Intervias e Vianorte terminaram suas “Ampliações Principais” e desenvolvem trabalhos de recuperação de pavimentos e melhorias em determinados dispositivos nas rodovias. 2004 2005 2006 2007E 2008E 2009E 2010E Centrovias continua duplicando a SP- 225, que tem previsão para terminar em *Previsão de Investimentos nas concessionárias Autovias, Centrovias, Intervias e 2007. Vianorte 18
  • 19. Licitação de Rodovias Federais 19
  • 20. Resumo do Leilão LEILÃO A OHL Brasil arrematou 2.078,8 km • Leilão por MENOR TARIFA; do total de 2.600,8 km licitados • Prazo de concessão de 25 ANOS; • Reajustes anuais de tarifa com base no Lote 5 Fernão Dias IPCA (Tarifa base jul/2007); Rodovia BR-381 • Manutenção do equilíbrio econômico- Trecho Belo Horizonte-São Paulo financeiro pela TIR da proposta; Extensão 562,1 km / 8 Praças MG • Risco de tráfego da Concessionária. Lote 1 BR-153/SP Belo Horizonte A OHL Brasil não participou do leilão ES Lote 3 BR-393/RJ Vitória A OHL Brasil não participou do leilão SP Lote 2 Lote 4 RJ Rodovia BR-116 Rodovia BR-101 Rio de Janeiro PR Trecho Curitiba-Divisa SC/RS Trecho Divisa ES/RJ - Ponte Rio Niterói São Paulo Curitiba Extensão 412,7 km / 5 Praças Extensão 320,1 km / 5 Praças Lote 6 Régis Bittercourt SC RESUMO DAS PROPOSTAS Rodovia BR-116 Trecho São Paulo-Curitiba TIR Projeto Florianópoli Lote Rodovia Tarifa R$ Extensão 401,6 km / 6 Praças s (real desalav.) RS 2 BR-116/PR/SC 2,540 8,64% Porto Alegre Lote 7 4 BR-101/RJ 2,258 8,01% Rodovia BR-116/376/101 Trecho Curitiba-Florianópolis 5 BR-381/MG/SP 0,997 8,55% Extensão 382,3 km / 5 Praças 6 BR-116/SP/PR 1,364 8,68% 7 BR-116/376/PR BR-101/SC 1,028 8,00% Malha Atual OHL Brasil Fonte: ANTT e OHL Brasil 20
  • 21. Posição da OHL Brasil ANTES DO LEILÃO APÓS O LEILÃO 4 de 37 9 de 44 Concessionárias 1.147 km / 23 Praças 3.226 km / 52 Praças Extensão e Praças de pedágio 9% 25% Participação de Mercado Brasil (por km) Faturamento (pró-forma 20061) R$ 589 milhões R$ 1,1 bilhão1 Nordeste de São Paulo Regiões Sudeste e Sul do Brasil Área geográfica 303,5 mil 1.248,1 mil Veículos equivalentes diários GRÁF. 8 - PARTICIPAÇÃO DE MERCADO NO BRASIL (Já considerando o último Leilão de Rodovias Federais) KM FATURAMENTO Bertin CCR Equipav 2 CCR Ecorodovias 12% 36% 13% 8% Triunfo OHL Brasil Ecorodovias 5% 18% 9% OHL Brasil Bertin Equipav 2 25% Outros 7% Triunfo Outros 37% 4% 26% (1) Números do resultado de 2006 que incluem receita esperada para 2008 (12 meses) e deflacionada para 2006 dos 5 lotes de rodovias federais recém leiloados e arrematados pela OHL Brasil (2) Inclui a MG-050 Fonte: ABCR, ANTT e OHL Brasil 21
  • 22. Perspectivas 22
  • 23. 2ª Fase - Concessões Estaduais Lotes Estaduais (SP) 05 Lotes Estaduais (SP): Malha atual da OHL Brasil Continuação do projeto de aprimoramento da malha + Federais no estado de 4 SP viária do Estado de São Paulo. Trecho Extensão 5 2 1 SP. 070 – Rod. Ayrton Senna/Carvalho Pinto 133 Km 3 SP. 065 – Rod. Dom Pedro I 297 Km 2 SP. 300 – Rod. Marechal Rondon (Trecho Leste) 361 Km 3 1 SP. 270 – Rod. Marechal Rondon (Trecho Oeste) 431 Km 4 SP. 270 – Rod. Rap. Tavares 389 Km 5 1.611 Km Rodoanel Rodoanel: 02 É uma via perimetral anelar com objetivo de melhorar a plataforma logística rodoviária da Região Metropolitana de São Paulo 1 Trecho Extensão Trecho Oeste 32,0 Km 1 Trecho Sul (a ser construído e depois concedido a iniciativa privada) 57,0 Km 2 2 87,0 Km 23
  • 24. Outras Informações 24
  • 25. Volume (R$ Milhões) 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 14,0 16,0 18,0 20,0 143% 43% 93% 193% jul-05 jul/05 ago-05 ago/05 set-05 set-05 set/05 out-05 out/05 nov-05 nov/05 nov-05 OHL dez-05 dez/05 jan-06 BOVESPA jan/06 fev-06 fev/06 fev-06 mar-06 mar/06 abr-06 abr/06 mai-06 mai/06 mai-06 jun-06 jun/06 jul-06 jul/06 jul-06 ago-06 ago/06 set-06 25 set/06 out-06 Cotação out/06 out-06 nov-06 nov/06 Performance da Ação até 07 de Nov. 2007 dez-06 (Desde 13 de Julho de 2005) dez/06 jan-07 jan/07 jan-07 fev-07 fev/07 mar-07 mar/07 abr-07 abr-07 abr/07 Média diária de titulos negociados x Volume médio diário negociado mai-07 mai/07 jun-07 jun/07 jul-07 Início Formador de Mercado jul-07 jul/07 ago-07 ago/07 set-07 set/07 set-07 out-07 out/07 0 44,44% 145,60% 100.000 200.000 300.000 400.000 500.000 600.000 700.000 Quantidade Títulos
  • 26. Responsabilidade Social Resumo quantitativo dos projetos até setembro de 2007 Professores Concessionária Escolas Atendidas Alunos Beneficiados Acompanhados Autovias 94 102.330 1.231 Educação Centrovias 117 38.336 1.177 Intervias 254 182.549 7.600 Vianorte 457 177.121 899 Total 922 500.336 10.907 Concessionária Nome do Projeto Campanhas Atendimentos Autovias Saúde na Estrada 19 12.070 Centrovias Mais Saúde na Estrada 17 5.165 Intervias Saúde na Boléia 23 44.077 Saúde Intervias Posto do Caminhoneiro Posto Fixo 16.252 Vianorte Pit Stop Vianorte 12 24.342 Total 71 101.906 Plantio a efetuar Plantio Efetuado (qte. Mudas) Concessionária (qte. Mudas) Autovias 34.000 272.035 Centrovias 24.143 254.978 Meio ambiente Intervias 0 186.000 Vianorte 7.000 88.170 Total 65.143 801.183 Revista Nº de Edições Peridiocidade Tiragem Porta-luvas 6 trimestral 990.000 Cultura (OHL Brasil) Música Investimento R$ 922.100,00 Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto 26
  • 27. Relações com Investidores Contatos OHL Brasil S.A.: Endereço: Rua Joaquim Floriano, 913 – 6º andar Francisco Leonardo Moura da Costa Itaim Bibi – São Paulo – SP Diretor Financeiro e de Relações com Investidores CEP 04534-013 francisco.leonardo@ohlbrasil.com.br Tel.: (5511) 3074-2404 Alessandro Scotoni Levy Gerente de Relações com Investidores www.ohlbrasil.com.br alessandro@ohlbrasil.com.br OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. 27

Related Documents