Teleconferência
Resultados do 1T08
16 de maio de 2008
1
Visão Geral
A OHL Brasil, é a maior empresa no setor de concessões rodoviárias no País em
quilômetros administrad...
Novo Portfólio
As 5 rodovias arrematadas pela OHL Brasil no último leilão promovido pela ANTT
adicionou 2.078 km ...
Evolução do Tráfego
Evolução do Tráfego (em Mil Veíc. Equiv.) Evolução do Tráfego (em Mil Veíc...
Evolução da Tarifa
Tarifa Média (R$) Tarifa Média (R$) – “Ajuste Autovias”
...
Evolução da Receita
Receita Líquida (R$ mil) Receita Líquida por Concessionária...
EBITDA Ajustado e Margem
EBITDA Ajustado (R$ mil)
16,5%
...
Resultado Financeiro
Var %...
Lucro Líquido
Evolução dos Resultados (R$ mil)
18.346 -2....
Endividamento
Endividamento Bruto (R$ milhões) Grau de Alavancagem e Dívida L...
Investimentos / CapEx
CapEx Real 1T08 CapEx Previsto - ESTADUAIS (R$ mil)
...
Desempenho da Ação
Até 12/05/2008
...
Novos Negócios
A OHL Brasil mantém sua meta de crescer e desenvolver o mercado brasileiro de
concessões de infr...
Aviso Legal
Esta apresentação poderá conter considerações referentes as perspectivas futuras do
negócio, estima...
of 14

Por.Apres Call 1 T08

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Por.Apres Call 1 T08

  • 1. Teleconferência Resultados do 1T08 16 de maio de 2008 1
  • 2. Visão Geral A OHL Brasil, é a maior empresa no setor de concessões rodoviárias no País em quilômetros administrados, com 3.226 km em operação. A OHL Brasil opera rodovias que representam 25% do total de quilômetros das rodovias atualmente sob concessão no País. Controlador Experiente. Destacada experiência do Acionista Controlador – OHL Concesiones; Geração de caixa consistente e solidez financeira. Forte crescimento do EBITDA e baixo índice de endividamento; Potencial de Crescimento. Alto potencial de expansão através de Licitações Públicas e Aquisições no Mercado Secundário; NOVO MERCADO. Melhores práticas de governança corporativa (Novo Mercado da Bovespa – OHLB3, com free float de 40%). 2
  • 3. Novo Portfólio As 5 rodovias arrematadas pela OHL Brasil no último leilão promovido pela ANTT adicionou 2.078 km a carteira de rodovias administradas pela Companhia, que passou a ser de 3.226 km. Elevado Market-Share. Após a vitória no último Leilão de Rodovias Federais, aumentamos nossa participação de mercado de 9% para 25%, por km administrado; Localização Privilegiada. A OHL Brasil consolidou sua participação nos principais eixos econômicos do país; Grande População. Incrementamos nossa participação numa região com elevada densidade demográfica, 77 hab./km² contra 22 hab./km² da média nacional. São aproximadamente 35 milhões de pessoas próximas as nossas rodovias. Se consideramos os estados onde atuamos, são 90 milhões de habitantes ou 50% da população brasileira; Frota de Veículos. Os estados onde atuamos, detém mais de 2/3 da frota de veículos brasileira, segundo a Anfavea; Extensão de Prazo da Carteira. O prazo médio de nosso Portifólio administrado passou de 14 anos para 20 anos. 3
  • 4. Evolução do Tráfego Evolução do Tráfego (em Mil Veíc. Equiv.) Evolução do Tráfego (em Mil Veíc. Equiv.) – “Ajuste Autovias” 17,2% 6,9% - 6,8% - 6,8% 34.724 32.359 31.667 27.617 29.520 7.064 27.617 6.639 7.064 6.257 6.639 6.257 12.833 11.759 12.833 11.759 11.384 11.384 5.553 5.238 4.940 5.553 5.238 4.940 9.273 8.723 5.036 5.036 6.216 5.884 1T07 4T07 1T08 1T07 4T07 1T08 Vianorte Intervias Centrovias Autovias Ajuste Autovias: Média do Tráfego das praças de São Simão e Santa Rita no 4T07 e 1T08 4
  • 5. Evolução da Tarifa Tarifa Média (R$) Tarifa Média (R$) – “Ajuste Autovias” - 3,8% 5,9% 0,4% 0,3% 5,70 5,72 5,40 5,40 5,20 5,22 1T07 4T07 1T08 1T07 4T07 1T08 Ajuste Autovias: Média do Tráfego das praças de São Simão e Santa Rita no 4T07 e 1T08 5
  • 6. Evolução da Receita Receita Líquida (R$ mil) Receita Líquida por Concessionária 13,3% 23% - 6,4% 25% 29% 166.680 156.012 23% 137.666 37.983 35.553 31.831 48.312 44.364 Pedágio Eletrônico (% receita de pedágio) 41.156 46,5% 47,1% 38.289 36.326 44,2% 32.714 45,4% 45,1% 42.096 39.769 41,4% 31.964 46,7% 45,6% 1T07 4T07 1T08 44,2% 49,1% 49,7% Vianorte 46,3% Intervias Centrovias 44,6% 46,4% 46,9% Autovias 1T07 4T07 1T08 6
  • 7. EBITDA Ajustado e Margem EBITDA Ajustado (R$ mil) 16,5% - 10,9% 104.367 93.027 79.847 62,6% 59,6% 58,0% 1T07 4T07 1T08 7
  • 8. Resultado Financeiro Var % Var % Resultado Financeiro (R$ mil) 1T07 4T07 1T08 1T08/4T07 1T08/1T07 Receitas Financeiras 5.030 2.209 2.190 (0,9%) (56,5%) Despesas Financeiras (24.360) (33.851) (32.652) (3,5%) 34,0% BNDES/CEF (8.700) (7.933) (7.587) (4,4%) (12,8%) Outras Despesas Financeiras (9.991) (8.891) (13.217) 48,7% 32,3% Atualização Monetária do Ônus Fixo (5.669) (17.027) (11.848) (30,4%) 109,0% Variação Cambial Líquida 26 (119) (21) (82,4%) (180,8%) Resultado Financeiro Líquido (19.304) (31.761) (30.483) (4,0%) 57,9% % Receita Líquida 14,0% 19,1% 19,5% Composição das Despesas Financeiras (% no total das despesas finc.) 50,3% IGP-M Trimestral (FGV) 40,5% Outras Despesas Financeiras 3,54% 30,6% 26,3% 36,3% Atualização Monetária do Õnus Fixo 2,38% 26,6% 23,2% BNDES/CEF 23,4% 1,11% 17,4% 1T07 4T07 1T08 1T07 4T07 1T08 8
  • 9. Lucro Líquido Evolução dos Resultados (R$ mil) 18.346 -2.763 -3.798 -11.179 9.152 -56 -824 8.878 Lucro Rec. Custos Desp. Result. Result.. IR/CS Lucro Líquido Líquida G&A Financ. Não Líquido 1T07 Oper. 1T08 - 3,0% 9
  • 10. Endividamento Endividamento Bruto (R$ milhões) Grau de Alavancagem e Dívida Líquida (R$ milhões) 1,5x 1,4x 1,5x 1,3x 691 1,1x 1,1x 590 585 0,8x 0,8x 537 517 511 0,4x 375 327 335 291 266 274 262 407 394 467 456 52 429 420 429 416 75 76 263 250 246 316 215 199 186 110 116 200 204 103 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 2T07 3T07 4T07 1T08 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 2T07 3T07 4T07 1T08 Curto Prazo Longo Prazo Dívida L íquida Dív. Líq / EBITDA Ajust (últ. 12 meses) Composição do custo da dívida Cronograma de Amortizações (R$ milhões) 316 56,5% 59,6% CDI 260 53,5% 45,1% 42,4% 39,6% TJLP 71 1,4% 1,1% 0,7% Outros 24 14 6 1T07 4T07 1T08 abr/08 a abr/09 a 2010 2011 2012 2013 mar/09 dez/09 10
  • 11. Investimentos / CapEx CapEx Real 1T08 CapEx Previsto - ESTADUAIS (R$ mil) R$ 49,6 milhões 250 210 188 Outros 118 11% 2% 23% 70 50 47 2006 2007 2008/E 2009/E 2010/E 2011/E 2012/E 16% 15% 33% CapEx Previsto* - FEDERAIS (R$ mil) Federais 1.196 986 776 831 Trabalhos iniciais para 368 recuperação das rodovias ANO 1 ANO 2 ANO 3 ANO 4 ANO 5 * Investimentos previstos em nossas propostas (valores de julho/2007). 11
  • 12. Desempenho da Ação Até 12/05/2008 Desempenho da Ação em 2008 120 116,3 OHLB3 Ibovespa 110,2 Data Base 28/12/07 = 100 110 100 90 80 70 17/01/08 06/02/08 26/02/08 17/03/08 06/04/08 26/04/08 12/05/08 Desempenho da Ação desde IPO Volume Financeiro x Ações Negociadas OHLB3 Volume Financeiro Médio Diário 70 Volume Financeiro MM 90 pregões 700 Ibovespa Data base 15/07/05 = 100 300 Quant. De ações negociadas MM 90 pregões R$ milhões 272,3 Mil ações 250 50 500 200 30 300 150 145,3 100 10 100 0 oct-05 jan-06 apr-06 jul-06 oct-06 jan-07 apr-07 jul-07 oct-07 jan-08 apr-08 oct-05 jan-06 apr-06 jul-06 oct-06 jan-07 apr-07 jul-07 oct-07 jan-08 apr-08 12
  • 13. Novos Negócios A OHL Brasil mantém sua meta de crescer e desenvolver o mercado brasileiro de concessões de infra-estrutura. Para isso, segue analisando novas oportunidades no setor. 2ª Fase de Concessões no Estado de São Paulo. 5 lotes com 1.500 km no total. Ayrton Senna/Carvalho Pinto, Dom Pedro I, Raposo Tavares, Marechal Rondon (Leste e Oeste). Esperado para ocorrer ainda em 2008; Estado de Minas Gerais. 16 lotes com 7 mil km. Expectativas de Concessões via menor tarifa ou através de PPPs. Previsão para o 1º semestre de 2009; Concessão Federal no Estado da Bahia. 637 km. Expectativa para o 2º semestre 2008; 3ª Fase de Concessões Federais. Aproximadamente 4 mil km de rodovias, com previsão de ocorrer ainda em 2008; Mercado Secundário. 13
  • 14. Aviso Legal Esta apresentação poderá conter considerações referentes as perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e as perspectivas de crescimento da OHL Brasil, baseando-se exclusivamente nas expectativas da Administração da OHL Brasil em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de negócios da Companhia. Tais considerações futuras podem ser afetadas por mudanças nas condições de mercado, regras governamentais, desempenho do setor, programa de privatização de novas rodovias, e economia brasileira, entre outros fatores, além dos riscos apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela OHL Brasil e estão, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio. 14

Related Documents