Teleconferência
sobre os
Resultados
do 3T07
1
Visão Geral
A OHL Brasil, é uma das maiores empresas no setor de concessões
rodoviárias no País em receita bruta de servi...
Destaques 3T07
Considerando a aquisição da Vianorte desde janeiro de 2006 e a
média do volume de tráfego na praça de Sa...
Evolução do Tráfego
Evolução do Tráfego (em Mil Veíc. Equiv.) Evolução do Tráfego (em Mil Veí...
Evolução da Receita Líquida
Evolução da Receita Líquida (em R$ Mil) Evolução da Receita Líquida (em R$ ...
Evolução do EBITDA Ajustado e Margem
...
Resultado Financeiro Líquido
Var % ...
Lucro Líquido
- 33,4% Em R$ Mil
Crédito do impo...
Dívida Líquida
Em R$ Milhões
466,8
Nossa dívida é 100% ...
Investimentos
CAPEX Real e Estimado (R$ Milhões) Distribuição do CAPEX (%) – 3T0...
Volume (R$ Milhões)
0,0
2,0
4,0
6,0
8,0
10,0
...
Aviso
Esta apresentação contém considerações referentes as perspectivas futuras do
negócio, estimativas de resultados op...
of 12

Por.Apresentacao Teleconferencia 3 T07

Published on: Mar 4, 2016
Published in: Travel      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Por.Apresentacao Teleconferencia 3 T07

  • 1. Teleconferência sobre os Resultados do 3T07 1
  • 2. Visão Geral A OHL Brasil, é uma das maiores empresas no setor de concessões rodoviárias no País em receita bruta de serviços e em quilômetros administrados, com 1.147 km em operação. A OHL Brasil opera rodovias que representam 11,6% do total de quilômetros das rodovias atualmente sob concessão no País. Geração de caixa consistente e solidez financeira: forte crescimento do EBITDA Ajustado e baixo índice de endividamento; Localização em região privilegiada: Autovias, Centrovias, Intervias e Vianorte são interligadas e localizam-se em um dos principais pólos de agronegócios do Brasil; Alto potencial de crescimento: capitalizada para participar do novo programa de privatização de rodovias; Destacada experiência do Acionista Controlador – OHL Concesiones; Melhores práticas de governança corporativa (Novo Mercado da Bovespa – OHLB3, com free float de 40%). 2
  • 3. Destaques 3T07 Considerando a aquisição da Vianorte desde janeiro de 2006 e a média do volume de tráfego na praça de Santa Rita e São Simão no 3T07, o tráfego consolidado evoluiu 10,5% comparando o 3T07 ao 3T06. Receita líquida de serviços cresceu 19,1% em termos pro forma, comparando 3T07 ao 3T06. EBITDA Ajustado R$111,4 milhões e margem de 65,8% da receita líquida no 3T07. Lucro Líquido de R$27,1 milhões no 3T07. 3
  • 4. Evolução do Tráfego Evolução do Tráfego (em Mil Veíc. Equiv.) Evolução do Tráfego (em Mil Veíc. Equiv.)- Pro forma 58,4% 4% 21, 2% % Vianorte Vianorte 3, ,2 2 23 Intervias Intervias 7.311 7.311 Centrovias Centrovias Autovias Autovias 6.812 6.568 6.568 13.214 13.214 12.580 12.278 12.580 12.278 5.420 5.420 4.986 4.811 4.986 4.811 9.519 9.519 4.830 5.139 4.830 5.139 3T06 2T07 3T07 3T06 2T07 3T07 Distribuição do Tráfego – 3T07 Tarifa Média Tarifa Média Var % Var % 3T07 2T07 3T06 (em R$ / veic. Equiv.) 3T07/2T07 3T07/3T06 21% 27% Autovias 4,90 6,92 6,94 (29,2%) (29,4%) Centrovias 7,48 7,16 7,17 4,4% 4,3% Intervias 4,07 3,90 3,91 4,5% 4,2% 15% Vianorte 5,82 5,54 - 5,1% - 37% Total: 5,18 5,36 5,29 (3,4%) (2,1%) Total pro forma *: 5,18 5,36 5,27 (3,4%) (1,9%) * Pro forma : Considera a aquisição da Vianorte em 01/01/2006 4
  • 5. Evolução da Receita Líquida Evolução da Receita Líquida (em R$ Mil) Evolução da Receita Líquida (em R$ Mil)- Pro forma 54,7% Vianorte 19,1% Vianorte Intervias ,1% ,1% 19 Intervias 19 Centrovias Centrovias 39.212 Autovias 39.212 Autovias 33.649 32.689 33.649 49.852 49.852 45.550 44.331 45.550 44.331 37.393 37.393 32.986 31.412 32.986 31.412 42.853 32.765 42.853 30.881 32.765 30.881 3T06 2T07 3T07 3T06 2T07 3T07 Distribuição da Receita Líquida – 3T07 Pedágio Eletrônico (AVI) – 3T07 23% 25% Cobrança Cobrança 53% 48% eletrônica - AVI 29% 22% Manual 5
  • 6. Evolução do EBITDA Ajustado e Margem Em R$ Mil Consolidado Pro forma % % ,4 ,5 14 38 277.618 277.618 242.736 200.505 52,1% 23,8% ,9 % 28 111.357 ,9 % 111.357 28 89.925 86.415 86.415 73.198 66,9% 65,8% 65,8% 65,1% 63,3% 61,8% 61,8% 60,8% 60,8% 60,6% 3T06 2T07 3T07 9M06 9M07 3T06 2T07 3T07 9M06 9M07 6
  • 7. Resultado Financeiro Líquido Var % Var % Var % Resultado Financeiro (R$ mil) 3T07 2T07 3T06 9M07 9M06 3T07/2T07 3T07/3T06 9M07/9M06 Receitas Financeiras 2.184 2.472 2.134 (11,7%) 2,3% 9.686 13.516 (28,3%) Despesas Financeiras (31.971) (18.971) (10.802) 68,5% 196,0% (75.302) (33.474) 125,0% BNDES/CEF (8.175) (8.540) (7.428) (4,3%) 10,1% (25.412) (22.556) 12,7% Outras Despesas Financeiras (11.762) (8.787) (1.816) 33,9% 547,7% (30.538) (6.646) 359,5% Atualização Monetária do Ônus Fixo (12.039) (1.644) (1.558) 632,3% 672,7% (19.352) (4.272) 353,0% Variação Cambial Líquida 9 18 - (50,0%) - 53 27 96,3% Resultado Financeiro Líquido (29.778) (16.481) (8.668) 80,7% 243,5% (65.563) (19.931) 228,9% % Receita Líquida 17,6% 11,6% 7,9% 14,6% 6,5% Distribuição das despesas financeiras (% do total) 3T07 2T07 3T06 Atualiz. Ônus Atualiz. Ônus Atualiz. Ônus 9% BNDES/CEF 14% 38% 26% Outros Fin. BNDES/CEF 45% 17% 46% 69% 37% Outros Fin. Outros Fin. BNDES/CEF 7
  • 8. Lucro Líquido - 33,4% Em R$ Mil Crédito do imposto diferido relativo ao aproveitamento do ágio (já amortizado 80.986 contabilmente) da compra das concessionárias: Autovias, Centrovias e Intervias 22.414 - 7,9% 58.572 53.957 19,7% , 4% 52 27.055 22.608 17.750 3T06 2T07 3T07 9M06 9M07 8
  • 9. Dívida Líquida Em R$ Milhões 466,8 Nossa dívida é 100% 455,6 denominada em Reais Dív. Líquida EBITDA Ajust. 1,5x (últimos 12 meses) 204,4 1,3x 0,8x 3T06 2T07 3T07 9
  • 10. Investimentos CAPEX Real e Estimado (R$ Milhões) Distribuição do CAPEX (%) – 3T07 220,0¹ 191,8 196,4 Período 2008 a 2010 188,1 292,0¹ 169,1 140,0 24% 23% 9M07 80,0 72,0 25% 29% 2004 2005 2006 2007E 2008E 2009E 2010E ¹ Previsão de investimento nas concessionárias Autovias, Centrovias, Intervias e Vianorte Programação Autovias, Intervias e Vianorte desenvolvem trabalhos de recuperação e revitalização de pavimentos e melhorias em determinados dispositivos nas rodovias. Centrovias continua duplicando a SP-225, com previsão para terminar em 2007. Estimamos investir R$220 milhões em 2007 e R$292 milhões de 2008 a 2010. 10
  • 11. Volume (R$ Milhões) 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 14,0 16,0 18,0 20,0 143% 43% 93% 193% jul-05 jul/05 ago-05 ago/05 set-05 set/05 set-05 out-05 out/05 nov-05 nov/05 nov-05 OHL dez/05 dez-05 jan-06 BOVESPA jan/06 fev-06 fev/06 fev-06 mar/06 mar-06 abr-06 abr/06 mai-06 mai/06 mai-06 jun-06 jun/06 jul-06 jul/06 jul-06 ago/06 ago-06 set-06 11 set/06 out-06 Cotação out/06 out-06 nov/06 nov-06 Performance da Ação até 07 de Nov. 2007 dez-06 (Desde 13 de Julho de 2005) dez/06 jan-07 jan/07 jan-07 fev/07 fev-07 mar-07 mar/07 abr-07 abr/07 abr-07 Média diária de titulos negociados x Volume médio diário negociado mai-07 mai/07 jun-07 jun/07 jul-07 Início Formador de Mercado jul/07 jul-07 ago-07 ago/07 set-07 set/07 set-07 out/07 out-07 0 44,44% 145,60% 100.000 200.000 300.000 400.000 500.000 600.000 700.000 Quantidade Títulos
  • 12. Aviso Esta apresentação contém considerações referentes as perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e as perspectivas de crescimento da OHL Brasil, baseando-se exclusivamente nas expectativas da Administração da OHL Brasil em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de negócios da Companhia. Tais considerações futuras podem era afetadas por mudanças nas condições de mercado, regras governamentais, desempenho do setor, programa de privatização de novas rodovias, e economia brasileira, entre outros fatores, além dos riscos apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela OHL Brasil e estão, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio. 12

Related Documents