Teleconferência
sobre os
Resultados
do ano 2006
1
Visão Geral
A OHL Brasil, é uma das maiores companhias no setor de
concessões rodoviárias no País em receita bruta de ser...
Destaques 2006
Tráfego evoluiu 4,7% em 2006 comparado a 2005, em termos
pro forma o crescimento foi de 2,0%.
Receita lí...
Fatos Relevantes 2006
Finalização do processo de reestruturação societária em 2006.
Emissão de Notas Promissórias na ...
Evolução do Tráfego
Distribuição do Tráfego – 2006 Evolução do Tráfego (em milhares d...
Evolução da Receita Líquida
Distribuição das Receitas – 2006 Evolução da Receita Líq...
Evolução do EBITDA Ajustado e Margem
...
Resultado Financeiro Líquido
Var % Var...
Lucro Líquido
Em R$ Milhões
...
Dívida Líquida
Em R$ Milhões
Nossa dívida é 100% ...
Investimentos
Em R...
93,00
113,00
133,00
153,00
...
Aviso
Esta apresentação contém considerações referentes as perspectivas futuras
do negócio, estimativas de resultados op...
of 13

Por.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final Port

Published on: Mar 4, 2016
Published in: Travel      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Por.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final Port

  • 1. Teleconferência sobre os Resultados do ano 2006 1
  • 2. Visão Geral A OHL Brasil, é uma das maiores companhias no setor de concessões rodoviárias no País em receita bruta de serviços e em quilômetros administrados, com 1.147 km em operação. A OHL Brasil opera rodovias que representam 11,6% do total de quilômetros das rodovias atualmente sob concessão no País. Geração de caixa consistente e solidez financeira: forte crescimento do EBITDA Ajustado e baixo índice de endividamento; Localização em região privilegiada: Autovias, Centrovias, Intervias e Vianorte são interligadas e localizam-se em um dos principais pólos de agronegócios do Brasil; Alto potencial de crescimento: capitalizada para participar do novo programa de privatização de rodovias; Destacada experiência do Acionista Controlador – OHL Concesiones; Melhores práticas de governança corporativa (Novo Mercado da Bovespa – OHLB3, com free float de 40%). 2
  • 3. Destaques 2006 Tráfego evoluiu 4,7% em 2006 comparado a 2005, em termos pro forma o crescimento foi de 2,0%. Receita líquida de serviços cresce 10,6% comparando 2006 a 2005. EBITDA Ajustado R$277,5 milhões e margem de 64,5% da receita líquida em 2006, com crescimento de 12,4% sobre EBITDA Ajustado de R$246,8 milhões em 2005. Lucro Líquido cresce 29,5% comparando o ano 2006 com o 2005. Valorização das ações em 61,06% até 14 de março de 2007. 3
  • 4. Fatos Relevantes 2006 Finalização do processo de reestruturação societária em 2006. Emissão de Notas Promissórias na SPR. Aquisição da concessionária Vianorte. Prorrogação dos prazos de concessão na Intervias e Centrovias. 4
  • 5. Evolução do Tráfego Distribuição do Tráfego – 2006 Evolução do Tráfego (em milhares de Veíc. Equiv.) 17,0% Vianorte Intervias 3% 10,5% Centrovias Autovias 2.306 22% 11.666 12.580 12.240 53% 22% 4.840 4.986 5.199 4.642 4.830 5.009 4T05 3T06 4T06 Tarifa Média Var % Var % Var % 4T06* 3T06 4T05 2006* 2005 (em R$ / veic. Equiv.) 4T/3T06 4T/4T05 2006/2005 Autovias 6,93 6,94 6,80 (0,1%) 2,0% 6,93 6,34 9,4% Centrovias 7,16 7,17 7,16 (0,2%) (0,1%) 7,16 6,90 3,8% Intervias 3,90 3,91 3,93 (0,2%) (0,7%) 3,93 3,76 4,4% Vianorte 5,49 - - - - 5,49 - - Total Concessionárias: 5,35 5,29 5,30 1,1% 0,9% 5,33 5,04 5,8% * Considera a incorporação da Vianorte em dezembro de 2006 5
  • 6. Evolução da Receita Líquida Distribuição das Receitas – 2006 Evolução da Receita Líquida (R$ Mil) 17,7% Vianorte Intervias 3% Centrovias 11,7% Autovias 11.619 28% 45.551 44.230 42.538 40% 32.180 32.986 34.365 29% 29.109 30.881 31.992 4T05 3T06 4T06 Receita Líq. de Serviços Var % Var % Var % 4T06* 3T06 4T05 2006* 2005 (R$ mil) 4T/3T06 4T/4T05 2006/2005 Autovias 31.992 30.881 29.109 3,6% 9,9% 120.778 107.003 12,9% Centrovias 34.365 32.986 32.180 4,2% 6,8% 126.487 120.461 5,0% Intervias 44.230 45.551 42.538 (2,9%) 4,0% 171.450 161.672 6,0% Vianorte 11.619 - - - - 11.619 - - Total Concessionárias: 122.206 109.418 103.827 11,7% 17,7% 430.335 389.135 10,6% * Considera a incorporação da Vianorte em dezembro de 2006 6
  • 7. Evolução do EBITDA Ajustado e Margem Em R$ milhões 12,4% 277,5 272,5 5,2% 10,4% 246,8 77,0 73,2 72,0 66,8 66,9% 65,1% 65,1% 64,5% 64,4% 63,4% 63,0% 4T05 3T06 4T06(pf) 4T06 2005 2006(pf) 2006 pf – Pro forma, desconsiderando a incorporação da Vianorte em 2006. 7
  • 8. Resultado Financeiro Líquido Var % Var % Var % Resultado Financeiro (R$ mil) 4T06 3T06 4T05 2006 2005 4T/3T06 4T/4T05 2006/2005 Receitas Financeiras 4.424 2.134 7.162 107,3% (38,2%) 17.940 20.756 (13,6%) Despesas Financeiras (20.044) (10.802) (13.361) 85,6% 50,0% (53.518) (50.956) 5,0% BNDES/CEF (7.690) (7.428) (9.587) 3,5% (19,8%) (30.246) (37.934) (20,3%) Outras Despesas Financeiras (9.433) (1.816) (1.801) 419,4% 423,8% (16.079) (9.456) 70,0% Atualização Monetária do Ônus Fixo (2.921) (1.558) (1.973) 87,5% 48,0% (7.193) (3.566) 101,7% Variação Cambial Líquida (5) - 4 - (225,0%) 22 218 (89,9%) Resultado Financeiro Líquido (15.625) (8.668) (6.195) 80,3% 152,2% (35.556) (29.982) 18,6% % Receita Líquida 12,8% 7,9% 6,0% 8,3% 7,7% Distribuição das despesas financeiras (% do total) 2006 2005 Atualiz. Ônus Atualiz. Ônus 7% 13% Outros Fin. 19% 30% 56% 74% Outros Fin. BNDES/CEF BNDES/CEF 8
  • 9. Lucro Líquido Em R$ Milhões 29,5% 99,4 -21,9% 76,8 -18,5% 23,6 22,6 18,4 4T05 3T06 4T06 2005 2006 9
  • 10. Dívida Líquida Em R$ Milhões Nossa dívida é 100% 429,1 denominada em Reais 1,5x 204,4 Dív. Líquida EBITDA Ajust. (últimos 12 meses) 118,2 0,8x 0,5x 4T05 3T06 4T06 Emissão de R$220 milhões em notas promissórias na SPR em out/06 Incorporação de R$108,1 milhões de dívidas da Vianorte S.A. 10
  • 11. Investimentos Em R$ milhões CAPEX Real e Estimado Distribuição do CAPEX (%) – 2006 220,0³ 200,0¹ 191,8 Período 2008 a 2010 188,1² 292,0³ 1,5% 169,1 140,0 19,9% 29,2% 80,0 72,0 49,4% 2004 2005 2006 2007E 2008E 2009E 2010E ¹ Investimento previsto 2006 ² Investimento realizado 2006 ³ Previsão de investimento nas concessionárias Autovias, Centrovias, Intervias e Vianorte Programação Autovias, Intervias e Vianorte terminaram suas “Ampliações Principais” e desenvolvem trabalhos de recuperação de pavimentos e melhorias em determinados dispositivos nas rodovias. Centrovias continua duplicando a SP-225, com previsão para terminar em 2007. Estimamos investir R$220 milhões em 2007 e R$292 milhões de 2008 a 2010. 11
  • 12. 93,00 113,00 133,00 153,00 173,00 193,00 213,00 jul-05 ago-05 set-05 set-05 out-05 nov-05 OHL: 61,06% dez-05 dez-05 BOVESPA: 67,43% jan-06 fev-06 mar-06 mar-06 12 abr-06 mai-06 mai-06 jun-06 jul-06 ago-06 ago-06 set-06 out-06 out-06 nov-06 dez-06 jan-07 jan-07 fev-07 Performance da Ação Até 14/03/2007
  • 13. Aviso Esta apresentação contém considerações referentes as perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e as perspectivas de crescimento da OHL Brasil, baseando-se exclusivamente nas expectativas da Administração da OHL Brasil em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de negócios da Companhia. Tais considerações futuras podem era afetadas por mudanças nas condições de mercado, regras governamentais, desempenho do setor, programa de privatização de novas rodovias, e economia brasileira, entre outros fatores, além dos riscos apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela OHL Brasil e estão, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio. 13

Related Documents