Naming, voz e dicurso da marca.
Matt Muller
Doug Cavendish
se quiserem falar, levantem a mão e falem,
a idéia é esta mesmo.
quem aqui é de fora do vale do paraíba?
quem é de outro estado?
quem tem graduação?
quem é estudante?
quem estuda na fatea?
quem vai prestar o vestibular da fatea?
quem tem menos de 20 anos?
quem tem mais de 30 anos?
quem já trabalha com design?
quem trabalhou com branding?
quem tem mais de cinco anos de
experiência?
quem já fez naming?
quem já trabalhou com design de serviços?
quem é a favor da proibição de
testes em animais?
Dividam-se em:
percebam que nomes parecem bem construídos.
a maioria dos nomes de pokemons são feitos por
aglutinação (junção de palavras...
Poké-naming framework:
atuação:
o que ele faz
aparência:
como ele, ou com o quê se parece
personalidade:
como ele se comporta
identidade:
a que g...
Eon= sufixo para determinar evolução
surpreendentemente, três
coisas interessantes podem
ser observadas, do ponto de
vista de branding:
coerencia:
o nome do pokemon reflete
claramente suas características.
pregnância:
os nomes são memoráveis
e fáceis de falar.
consistência:
a única coisa que
pokemons falam são
justamente seus próprios
nomes; ou seja, eles falam
somente o que são.
eles fizeram um excelente trabalho de naming.
mas afinal o que é naming?
Naming
branding é intencionalmente
comunicar uma identidade;
…e naming é deliberadamente
nomear alguma coisa.
dentre as coisas qu...
Funções do nome:
. ser único
. ser de fácil uso
. manifestar a área de atuação
. implicar benefício/qualidade da proposta
...
dificilmente um nome consegue
fazer tudo isso - mas nome é só
um dos elementos de identidade
de uma marca.
escolha uma ou ...
Outros elementos:
. símbolo
. slogan
. tagline
. experiência
. ambiente
Por exemplo, uma clínica de dentistas
não precisa de um nome que deixe clara
sua atuação, pois geralmente o público
tem co...
Pensem rápido e
digam de onde veio ok?
aglutinação:
mistura de duas palavras,
fonemas, ou radicais.
descrição:
descreve exatamente o
serviço ou contexto da
marca.
aliteração:
nomes divertidos e fáceis
de falar, geralmente
utilizando rimas.
apropriação:
uso de uma palavra de um
contexto em outro.
neologismo:
palavras completamente
novas.
evocativo:
remete a uma imagem
clara, que é próxima da
marca.
onomatopéias:
baseado em um som
próximo do produto ou
proposta da marca.
patronal:
se refere ao nome ou
apelido dos fundadores ou
local de fundação.
Alguns nomes
excelentes:
google
amazon
toyota
yahoo
IBM
Atividade:
Criação de nomes.
20min
Vocabulário da marca
se refere a um sistema de nomes - o uso de
naming para coisas além do nome da marca.
assim como está progressivamente mais...
produtos, momentos, serviços, evidências,
pessoas/cargos, submarcas, etc.
defina antes de nomear
você talvez nem precise criar um nome novo;
mas certamente precisa definir um.
não crie nomes se não precisar.
um nome criado precisa ser melhor do que o
nome “comum”. se ficar menos claro, não
nomeie....
não crie nomes sem estar pronto
para criar um sistema para eles.
se for criar um nome para alguma coisa, crie
antes algum ...
não deixe de explicar o sistema
feito o sistema, documente-o, explique-o,
evidencie-o de todas as formas. ele precisa
esta...
pense no percurso destes nomes
. aonde eles serão falados?
. serão falados na presença de quem?
. como estará o “clima”?
....
alguns exemplos de
vocabulários
pokemon
já vimos bastante.
excelente sistema para
nomeação.
descobertas científicas
planetas, espécies, plantas.
descritivos, alusões ao
descobridor, ou analogia.
genes
nomeados em função do
aspecto visível que
influenciam; se possível, com
bom humor.
homem de lata
gene cujo defeito causa a
ausência de coração, como no
personagem de Oz.
Maggie
gene cujo defeito causa
retardo no crescimento físico.
gene cujo defeito causa a
ausência de genitália visível.
barbie e ken
gene cujo defeito causa a
ausência de genitália visível.
gene do ouriço
causa formação assimétrica de
membros e partes do corpo.
gene do ouriço
gene do ouriço europeu
gene do ouriço-da-areia
gene do porco-espinhoso
Sonic The Hedgehog
se é ouriço, tá valendo.
mesmo se o nome fosse sério,
este gene já não tinha nada a ver
com a analogia inicial do ouriço.
gene cuja presença evita
problemas com o gene
Sonic, seu “inimigo”.
Robotinik
gene cuja presença evita
problemas com o gene
Sonic, seu “inimigo”.
Atividade:
Vocabulário
20min
Voz da marca
Exite um monte de gente diferente terão definições
distintas para voz da marca.
a nossa é bem prática, baseada em uma tent...
voz é a comunicação da marca.
todo projeto de design é de comunicação.
comunicação é um ponto essencial de branding.
então voz da marca é importante pra caralho.
quando a marca se comunica, existem
três grandes preocupações:
passar uma mensagem: objetivo
daquela comunicação específica. sem
objetivo, não há necessidade de
comunicação.
seguir uma gramática: conjunto de regras que
deixa as comunicações de acordo com princípios
da marca, e consistentes entre...
possuir clareza de discurso: otimizações para
que a mensagem seja transmitida da melhor
forma possível dado os recursos, t...
tipicamente:
. o “dono” da marca e marketing definem
mensagem,
. branders e guardiões da marca gostam
se preocupam com a g...
estas três preocupações mantém uma
certa tensão entre si - focar demais em
uma tende a prejudicar as demais; em
contrapart...
Vamos imaginar problemas com partes
específicas da voz como doenças - as
brandoenças:
Mensagem:
. Autismo: marca não tem desejo,
habilidade ou vontade de se comunicar.
. Déficit de atenção: marca não consegue...
Gramática:
. Esquizofrenia: problemas de identidade múltiplas personalidades,
comportamento emocional e imprevisível.
. De...
Discurso:
. Dislexia: tem dificuldade em produzir
materiais, mesmo quando sabe o que tem
que fazer e tem o conhecimento
ne...
Atividade:
Passe a mensagem
20min
algo mais?
Mais conteúdo sobre naming em:
benedict.com.br
Obrigado!
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
of 115

Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale

Slides que suportaram o workshop sobre naming aplicado no evento #GO da comunidade Design Vale, no Vale do Paraíba/SP.
Published on: Mar 3, 2016
Published in: Design      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale

  • 1. Naming, voz e dicurso da marca.
  • 2. Matt Muller
  • 3. Doug Cavendish
  • 4. se quiserem falar, levantem a mão e falem, a idéia é esta mesmo.
  • 5. quem aqui é de fora do vale do paraíba?
  • 6. quem é de outro estado?
  • 7. quem tem graduação?
  • 8. quem é estudante?
  • 9. quem estuda na fatea?
  • 10. quem vai prestar o vestibular da fatea?
  • 11. quem tem menos de 20 anos?
  • 12. quem tem mais de 30 anos?
  • 13. quem já trabalha com design?
  • 14. quem trabalhou com branding?
  • 15. quem tem mais de cinco anos de experiência?
  • 16. quem já fez naming?
  • 17. quem já trabalhou com design de serviços?
  • 18. quem é a favor da proibição de testes em animais?
  • 19. Dividam-se em:
  • 20. percebam que nomes parecem bem construídos. a maioria dos nomes de pokemons são feitos por aglutinação (junção de palavras/fonemas)
  • 21. Poké-naming framework:
  • 22. atuação: o que ele faz aparência: como ele, ou com o quê se parece personalidade: como ele se comporta identidade: a que grupo ou família pertence
  • 23. Eon= sufixo para determinar evolução
  • 24. surpreendentemente, três coisas interessantes podem ser observadas, do ponto de vista de branding:
  • 25. coerencia: o nome do pokemon reflete claramente suas características.
  • 26. pregnância: os nomes são memoráveis e fáceis de falar.
  • 27. consistência: a única coisa que pokemons falam são justamente seus próprios nomes; ou seja, eles falam somente o que são.
  • 28. eles fizeram um excelente trabalho de naming. mas afinal o que é naming?
  • 29. Naming
  • 30. branding é intencionalmente comunicar uma identidade; …e naming é deliberadamente nomear alguma coisa. dentre as coisas que comunicam identidade (palavras, visual, cheiros, etc), nomes são extremamente importantes…. …pois eles são a coisa mais durável e portátil que a marca tem.
  • 31. Funções do nome: . ser único . ser de fácil uso . manifestar a área de atuação . implicar benefício/qualidade da proposta . manifestar personalidade da marca . gerar simpatia com o público . opor-se à concorrência . fornecer vantagem competitiva . suportar outros elementos da identidade
  • 32. dificilmente um nome consegue fazer tudo isso - mas nome é só um dos elementos de identidade de uma marca. escolha uma ou duas funções importantes para o nome, e complemente as demais
  • 33. Outros elementos: . símbolo . slogan . tagline . experiência . ambiente
  • 34. Por exemplo, uma clínica de dentistas não precisa de um nome que deixe clara sua atuação, pois geralmente o público tem contato com o nome em um contexto que já os posiciona como dentistas
  • 35. Pensem rápido e digam de onde veio ok?
  • 36. aglutinação: mistura de duas palavras, fonemas, ou radicais.
  • 37. descrição: descreve exatamente o serviço ou contexto da marca.
  • 38. aliteração: nomes divertidos e fáceis de falar, geralmente utilizando rimas.
  • 39. apropriação: uso de uma palavra de um contexto em outro.
  • 40. neologismo: palavras completamente novas.
  • 41. evocativo: remete a uma imagem clara, que é próxima da marca.
  • 42. onomatopéias: baseado em um som próximo do produto ou proposta da marca.
  • 43. patronal: se refere ao nome ou apelido dos fundadores ou local de fundação.
  • 44. Alguns nomes excelentes: google amazon toyota yahoo IBM
  • 45. Atividade: Criação de nomes. 20min
  • 46. Vocabulário da marca
  • 47. se refere a um sistema de nomes - o uso de naming para coisas além do nome da marca. assim como está progressivamente mais claro que identidade visual não é só a “logomarca”, naming não é só para o nome da marca.
  • 48. produtos, momentos, serviços, evidências, pessoas/cargos, submarcas, etc.
  • 49. defina antes de nomear você talvez nem precise criar um nome novo; mas certamente precisa definir um.
  • 50. não crie nomes se não precisar. um nome criado precisa ser melhor do que o nome “comum”. se ficar menos claro, não nomeie. se você sentir dificuldade em usar o nome criado, não nomeie - usuários não usarão também.
  • 51. não crie nomes sem estar pronto para criar um sistema para eles. se for criar um nome para alguma coisa, crie antes algum padrão para estes nomes. possivelmente a marca vai querer mais deles no futuro - para evitar desastres, eles precisam de uma forma de gerá-los.
  • 52. não deixe de explicar o sistema feito o sistema, documente-o, explique-o, evidencie-o de todas as formas. ele precisa estar claro.
  • 53. pense no percurso destes nomes . aonde eles serão falados? . serão falados na presença de quem? . como estará o “clima”? . se estiverem impressos, por onde passará a evidência?
  • 54. alguns exemplos de vocabulários
  • 55. pokemon já vimos bastante. excelente sistema para nomeação.
  • 56. descobertas científicas planetas, espécies, plantas. descritivos, alusões ao descobridor, ou analogia.
  • 57. genes nomeados em função do aspecto visível que influenciam; se possível, com bom humor.
  • 58. homem de lata gene cujo defeito causa a ausência de coração, como no personagem de Oz.
  • 59. Maggie gene cujo defeito causa retardo no crescimento físico.
  • 60. gene cujo defeito causa a ausência de genitália visível.
  • 61. barbie e ken gene cujo defeito causa a ausência de genitália visível.
  • 62. gene do ouriço causa formação assimétrica de membros e partes do corpo.
  • 63. gene do ouriço gene do ouriço europeu gene do ouriço-da-areia gene do porco-espinhoso
  • 64. Sonic The Hedgehog se é ouriço, tá valendo.
  • 65. mesmo se o nome fosse sério, este gene já não tinha nada a ver com a analogia inicial do ouriço.
  • 66. gene cuja presença evita problemas com o gene Sonic, seu “inimigo”.
  • 67. Robotinik gene cuja presença evita problemas com o gene Sonic, seu “inimigo”.
  • 68. Atividade: Vocabulário 20min
  • 69. Voz da marca
  • 70. Exite um monte de gente diferente terão definições distintas para voz da marca. a nossa é bem prática, baseada em uma tentativa de explicar o dia-a-dia do trabalho do designer:
  • 71. voz é a comunicação da marca.
  • 72. todo projeto de design é de comunicação.
  • 73. comunicação é um ponto essencial de branding.
  • 74. então voz da marca é importante pra caralho.
  • 75. quando a marca se comunica, existem três grandes preocupações:
  • 76. passar uma mensagem: objetivo daquela comunicação específica. sem objetivo, não há necessidade de comunicação.
  • 77. seguir uma gramática: conjunto de regras que deixa as comunicações de acordo com princípios da marca, e consistentes entre si. sem ela, a comunicação não vai parecer ser “da marca”.
  • 78. possuir clareza de discurso: otimizações para que a mensagem seja transmitida da melhor forma possível dado os recursos, tecnologias, conhecimento e mídia disponíveis.
  • 79. tipicamente: . o “dono” da marca e marketing definem mensagem, . branders e guardiões da marca gostam se preocupam com a gramática, . designers em geral são os profissionais especialistas em discurso.
  • 80. estas três preocupações mantém uma certa tensão entre si - focar demais em uma tende a prejudicar as demais; em contrapartida, ignorar uma delas tende a invalidar o sucesso das outras.
  • 81. Vamos imaginar problemas com partes específicas da voz como doenças - as brandoenças:
  • 82. Mensagem: . Autismo: marca não tem desejo, habilidade ou vontade de se comunicar. . Déficit de atenção: marca não consegue focar por tempo suficiente para passar uma mensagem, ou decidir claramente que mensagem passar.
  • 83. Gramática: . Esquizofrenia: problemas de identidade múltiplas personalidades, comportamento emocional e imprevisível. . Depressão: baixa auto-estima e confiança, personalidade que não incentiva o diálogo. . Narcisista: extremamente focada em seus próprios atributos e personalidade; em detrimento de qualquer outra coisa.
  • 84. Discurso: . Dislexia: tem dificuldade em produzir materiais, mesmo quando sabe o que tem que fazer e tem o conhecimento necessário. . Gripe: marca indisposta; não se esforça para utilizar formas diferentes de se comunicar.
  • 85. Atividade: Passe a mensagem 20min
  • 86. algo mais?
  • 87. Mais conteúdo sobre naming em: benedict.com.br
  • 88. Obrigado!

Related Documents