A desigualdade tem que ser
gerenciada, mas nunca extinta!
Versão 1.0.0
14.05.15
Contatos:
cnepomu@gmail.com
21- 22461323
21 - 996086422
MEU CANAL DO YOUTUBE:
http://www.youtube.com/cnepomuceno
Os meus slides já estão no meu canal do Slide Share:
http://pt.sl...
Lord Acton
“A obsessão pela
igualdade frustrou
as esperanças
de liberdade”.
O principal desafio de
qualquer espécie é
sobreviver.
Não existe sofrimento maior
do que a incapacidade de
uma sociedade produzir
serviços e produtos que
possam manter sua
popu...
A pedra fundamental de
qualquer pensamento social
é garantir que haja produção
para que todos vivam com a
melhor qualidade...
O complexo sistema
produtivo é geralmente
invisível e visto como natural.
Essa invisibilidade produtiva
garante um patamar de
qualidade de vida que faz a
sociedade voltar seus olhos
para outros pr...
A defesa da igualdade, assim,
só aparece quando algumas
etapas de sobrevivência
humana são superadas.
Geralmente, a defesa da
igualdade acredita que a
sobrevivência é algo natural e
nunca será perdido.
Porém, a história nos mostra
que é da desigualdade e da
diversidade que vêm a
garantia da sobrevivência.
O ser humano, por ser uma
tecno-espécie, vive de
inovação.
Os outros animais têm limites
demográficos e o ser
humano, não.
O aumento demográfico
contínuo, que só nós somos
capazes, nos obriga a
sistematicamente inovar.
A inovação precisa ser
estimulada pela rebeldia, a
ambição, a ganância.
Não temos que procurar uma
sociedade sem ganância, mas
garantir que a concorrência,
impeça que ela se torne
nociva.
Uma ganância com
concorrência é uma ganância
positiva. Uma ganância sem
concorrência é uma ganância
negativa.
Sem liberdade para criar, não
há inovação e sem inovação,
com o aumento demográfico,
teremos crises sistemáticas
produtiva...
Assim, precisamos saber
conviver com taxas de
desigualdade.
A luta contra a desigualdade
não pode ser uma bandeira
central da espécie, pois ela
inibe a inovação.
É justamente a gestão eficaz
da desigualdade que nos faz
sermos o que somos.
Sem inovação, teremos crises
de sobrevivência.
Assim, o esforço contra a
desigualdade deve ser
gradual e na procura de taxas
mais aceitáveis e nunca uma
proposta de solu...
Só haverá redução da
desigualdade, quando
equilibramos: inovação,
geração de produtos e
serviços, riqueza e
participação s...
Movimentos que colocam a
igualdade como o centro de
suas propostas abafarão a
inovação.
Movimentos que colocam a
igualdade como o centro
precisarão reduzir a
diversidade humana.
Movimentos que colocam a
igualdade como o centro
precisarão inibir a diferença.
Movimentos que colocam a
igualdade como o centro
precisarão reduzir, às vezes à
força, como na China, o
aumento demográfic...
Movimentos que colocam a
igualdade como o centro
precisarão reduzir a
diversidade, através da
doutrinação e da força.
Movimentos que colocam a
igualdade como o centro
reduzirão, assim, a inovação e
gerarão, ao longo do tempo,
crises produti...
Movimentos que desejam a
prosperidade devem encarar
a luta contra a desigualdade
um longo processo, sem
perder de vida que...
Uma espécie que tem a
inovação no DNA precisa de
liberdade para criar e se
recriar.
O papel de um estado é
simplesmente garantir, com
todos os seus esforços, um
ambiente em que haja
inovação e a concorrênci...
É preciso, portanto, uma boa
gestão da desigualdade e não
querer acabar com ela.
Como posso ler mais sobre as
ideias de Nepomuceno?
Leia o livro.
Recomendação do livro:
Recomendação do livro:
Curso de formação online
(9 semanas)
• Analistas de Participação de Massa e suas
diferentes aplicações:
Nos negócios;
Na á...
Curso de formação online
(9 semanas)
• Analistas de Participação de Massa e suas
diferentes aplicações:
Nos negócios;
Na á...
Contatos:
cnepomu@gmail.com
21- 22461323
21 - 996086422
MEU CANAL DO YOUTUBE:
http://www.youtube.com/cnepomuceno
Os meus slides já estão no meu canal do Slide Share:
http://pt.sl...
of 42

A desigualdade tem que ser gerenciada, mas nunca extinta!

Reflexões sobre a inovação e a liberdade.
Published on: Mar 4, 2016
Published in: News & Politics      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - A desigualdade tem que ser gerenciada, mas nunca extinta!

  • 1. A desigualdade tem que ser gerenciada, mas nunca extinta! Versão 1.0.0 14.05.15
  • 2. Contatos: cnepomu@gmail.com 21- 22461323 21 - 996086422
  • 3. MEU CANAL DO YOUTUBE: http://www.youtube.com/cnepomuceno Os meus slides já estão no meu canal do Slide Share: http://pt.slideshare.net/cnepomuceno/ Minhas reflexões estão no meu blog: www.nepo.com.br Ou atualização de links no Twitter: @cnepomuceno Ou espaço de debate no Facebook: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno
  • 4. Lord Acton “A obsessão pela igualdade frustrou as esperanças de liberdade”.
  • 5. O principal desafio de qualquer espécie é sobreviver.
  • 6. Não existe sofrimento maior do que a incapacidade de uma sociedade produzir serviços e produtos que possam manter sua população viva.
  • 7. A pedra fundamental de qualquer pensamento social é garantir que haja produção para que todos vivam com a melhor qualidade possível.
  • 8. O complexo sistema produtivo é geralmente invisível e visto como natural.
  • 9. Essa invisibilidade produtiva garante um patamar de qualidade de vida que faz a sociedade voltar seus olhos para outros problemas.
  • 10. A defesa da igualdade, assim, só aparece quando algumas etapas de sobrevivência humana são superadas.
  • 11. Geralmente, a defesa da igualdade acredita que a sobrevivência é algo natural e nunca será perdido.
  • 12. Porém, a história nos mostra que é da desigualdade e da diversidade que vêm a garantia da sobrevivência.
  • 13. O ser humano, por ser uma tecno-espécie, vive de inovação.
  • 14. Os outros animais têm limites demográficos e o ser humano, não.
  • 15. O aumento demográfico contínuo, que só nós somos capazes, nos obriga a sistematicamente inovar.
  • 16. A inovação precisa ser estimulada pela rebeldia, a ambição, a ganância.
  • 17. Não temos que procurar uma sociedade sem ganância, mas garantir que a concorrência, impeça que ela se torne nociva.
  • 18. Uma ganância com concorrência é uma ganância positiva. Uma ganância sem concorrência é uma ganância negativa.
  • 19. Sem liberdade para criar, não há inovação e sem inovação, com o aumento demográfico, teremos crises sistemáticas produtivas.
  • 20. Assim, precisamos saber conviver com taxas de desigualdade.
  • 21. A luta contra a desigualdade não pode ser uma bandeira central da espécie, pois ela inibe a inovação.
  • 22. É justamente a gestão eficaz da desigualdade que nos faz sermos o que somos.
  • 23. Sem inovação, teremos crises de sobrevivência.
  • 24. Assim, o esforço contra a desigualdade deve ser gradual e na procura de taxas mais aceitáveis e nunca uma proposta de solução absoluta.
  • 25. Só haverá redução da desigualdade, quando equilibramos: inovação, geração de produtos e serviços, riqueza e participação social.
  • 26. Movimentos que colocam a igualdade como o centro de suas propostas abafarão a inovação.
  • 27. Movimentos que colocam a igualdade como o centro precisarão reduzir a diversidade humana.
  • 28. Movimentos que colocam a igualdade como o centro precisarão inibir a diferença.
  • 29. Movimentos que colocam a igualdade como o centro precisarão reduzir, às vezes à força, como na China, o aumento demográfico.
  • 30. Movimentos que colocam a igualdade como o centro precisarão reduzir a diversidade, através da doutrinação e da força.
  • 31. Movimentos que colocam a igualdade como o centro reduzirão, assim, a inovação e gerarão, ao longo do tempo, crises produtivas.
  • 32. Movimentos que desejam a prosperidade devem encarar a luta contra a desigualdade um longo processo, sem perder de vida que somos uma espécie carente de inovação.
  • 33. Uma espécie que tem a inovação no DNA precisa de liberdade para criar e se recriar.
  • 34. O papel de um estado é simplesmente garantir, com todos os seus esforços, um ambiente em que haja inovação e a concorrência. O resto a espécie realiza.
  • 35. É preciso, portanto, uma boa gestão da desigualdade e não querer acabar com ela.
  • 36. Como posso ler mais sobre as ideias de Nepomuceno? Leia o livro.
  • 37. Recomendação do livro:
  • 38. Recomendação do livro:
  • 39. Curso de formação online (9 semanas) • Analistas de Participação de Massa e suas diferentes aplicações: Nos negócios; Na área Estatal; Educação; Política; Sociedade; Para desenvolvimento de dissertações e teses. Informe-se!
  • 40. Curso de formação online (9 semanas) • Analistas de Participação de Massa e suas diferentes aplicações: Nos negócios; Na área Estatal; Educação; Política; Sociedade; Para desenvolvimento de dissertações e teses. Informe-se!
  • 41. Contatos: cnepomu@gmail.com 21- 22461323 21 - 996086422
  • 42. MEU CANAL DO YOUTUBE: http://www.youtube.com/cnepomuceno Os meus slides já estão no meu canal do Slide Share: http://pt.slideshare.net/cnepomuceno/ Minhas reflexões estão no meu blog: www.nepo.com.br Ou atualização de links no Twitter: @cnepomuceno Ou espaço de debate no Facebook: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno

Related Documents