GAZETA DE PIRACICABA
24 GENTE PIRACICABA, DOMINGO, 6 DE ABRIL DE 2014
Porque os jovens precisam tanto de
feedback?
Site: w...
of 1

Por que os jovens precisam tanto de feedback?

Published on: Mar 4, 2016
Published in: Education      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Por que os jovens precisam tanto de feedback?

  • 1. GAZETA DE PIRACICABA 24 GENTE PIRACICABA, DOMINGO, 6 DE ABRIL DE 2014 Porque os jovens precisam tanto de feedback? Site: www.commandcoaching.com.br / Email: renatapassos@commandcoaching.com.br Resumos de segunda-feira, 7/4 MALHAÇÃO Globo, 17h50 Sofia finge consolar Ben pe- lo péssimo resultado no si- mulado e ele afirma que não voltará para os Estados Uni- dos. Anita comenta com Jú- lia que irá à casa de Maura procurar o celular de Antô- nio. Zelândia é criticada pe- las vizinhas da Barra da Tiju- ca, Maura a defende e deci- de levá-la para dar uma vol- ta em Ipanema. Virgílio aconselha Paulino sobre pai- xão, sem saber que o alvo do rapaz é Bárbara. Antônio en- contra Anita em seu quarto e desconfia. Vitor, Junior e os meninos tentam desco- brir se Soraia posou para uma revista masculina na ju- ventude. Kellen avisa a Mar- tin que ele tem um compro- misso misterioso. Sidney le- va meninas para o aparta- mento de Zelândia. Sofia e Flaviana influenciam Cícera contra os planos de Ben. Cí- cera afirma que virá ao Bra- sil buscar Ben. Meu Pedacinho de Chão Globo, 18h30 Professora Juliana chega à Vila de Santa Fé. Pedro Fal- cão, Padre Santo e o Prefeito de Antas vão falar comoCo- ronel Epaminondas sobre a inauguração da primeira es- cola do vilarejo e ele é termi- nantemente contra. DonaTê repreende sua filha Gina por querer enfrentar o Coronel. Pedro Falcão desafia o Coro- nel Epaminondas einsiste na inauguração da escola. Vi- ramundo ameaça ir embora para montar uma banda. Ma- dame Catarina não deixa o Coronel Epaminondas bater em Pituca por ela ser amida de Serelepe. Pedro Falcão te- me que Epa faça algo contra a escola. Zelão sugere colo- car fogo na escola. Coronel Epaminondas pede para conversar com Ferdinando e deixa Catarina apreensiva. Coronel Epaminondas insis- tem em ver o diploma de Fer- dinando, que fica nervoso. Ferdinando conta que não se formou advogado e Coro- nel Epaminondas o expulsa de casa. ALÉM DO HORIZONTE Globo, 19h30 LC é irônico com Fátima. Priscila acredita que conse- guiu engravidar. LC manda prender Vó Tita e avisa a Ra- fa e Fátima que quer a fór- mula de Marlon. Inês confes- sa para Álvaro seu caso com Jorge. Rafa e Fátima se ne- gam a entregar a fórmula pa- ra LC. Álvaro enfrenta Jorge. Fátima pede para Nilson chamar Kleber para ajudá- la. LC encontra o dossiê de Ana Rosa. William e Marlon tentam tranquilizar Lili. Kle- ber reúne seus capangas ese- gue para a casa de Vó Tita. Álvaro afirma que reconquis- tará Inês. Kleber invade a ca- sa de Vó Tita e impede LC de agredir Fátima. Nilson avisa a Matias que Vó Tita está em perigo. Matias faz Angelique refém. Lili e Marlon enga- nam Tereza. LC e Kleber se enfrentam. Priscila chama Marcelo para morar com ela. LC desiste deatacar a ca- sa de Vó Tita, mas leva o dos- siê. Inês diz a Álvaro que es- tá em dúvida entre ele e Jor- ge. Fátimaavisa que guar- dou o final da fórmula den- tro do dossiê. CHIQUITITAS SBT, 20h30 Matilde provoca Dani, que após cair da escada está mo- mentaneamente numa ca- deira de rodas. Matilde, que finge ser Ernestina, diz que a menina jamais voltará a an- dar. Dani responde que o doutor Fernando falou que ela voltará a andar. Dani se recusa a fazer exercícios de fisioterapia e diz para Junior e Carol que sabe que não vol- tará a andar. Na diretoria do orfanato, Cintia e Armando conversam sobre recuperar os quadros que levam ao te- souro. Armando tenta dei- xar o assunto de lado para beijar Cintia. Tati vai pedir bijuterias para Cintia e co- mo a porta da diretoria está aberta, flagra os dois quase se beijando. A menina larga a pulseira da Mili no chão e sai correndo. Cintia acha que foi Mili que viu ela qua- se beijando Armando. A dire- tora descobre que crianças com idade superior a 12 anos podem ser transferidas de instituição e logo pensa em Mili, que possui 13 anos. EM FAMÍLIA Globo, 21h05 Shirley finge para Laerte que ficou triste com a ausên- cia de Verônica no jantar. Selma vai buscar Verônica no aeroporto de Goiânia e encontra Ricardo, mas sem querer o chama de Ramiro. Dulce descobre a foto de um bebê e acha que pode ser An- dré quando pequeno. Shir- ley e Laerte conversam na beira da piscina e acabam se beijando. Verônica tenta convencer Selma a fazer um check-up. Clara leva café na cama para Cadu. Helena acorda no meio da noite e se surpreende ao ver Luiza to- cando flauta. PECADO MORTAL Record, 22h15 Patrícia diz para Carlão que não tem interesses em Lu- pércio. Carlão finge não se importar e deixa Patrícia de- cepcionada. Ele mente para Tufik e diz que não tem mais interesses em Patrícia, garantindo que o bicheiro- não faça nada contra ela. Pi- casso é brutalmente agredi- do por Veludo e Barbosa e vai para hospital. Otávio ar- ma plano para colocar popu- lação do morro contra Dani- lo e Quina. Moradores deci- dem apoiar os Vêneto e aju- dá-los a retomar o morro. Danilo teme que população se revolte contra ele e Qui- na. Moradores do morro se revoltam contra Danilo e Quina. Carlão e Otávio vão até fazendinha e recrimi- nam Danilo por ter negligen- ciado necessidades dos mo- radores. Eles consertam a luz e deixam moradores sa- tisfeitos. Carlão se emocio- na ao ver que barriga de Pa- trícia está crescendo. Doro- téia diz para Carlão que está grávida. RENATA PASSOS S e você perguntar a um jovem o que ele mais precisa para se desenvolver na empresa ou organização que atua, pode ter certeza da respos- ta: feedback. De cada dez jovens execu- tivos que já participei do processo de desenvolvi- mento, nove falavam que gostariam que seus líderes lhes deixassem mais claro o que a empresa espera de- les, quais são suas maiores forças e quais as competên- cias que precisam desen- volver para irem mais lon- ge. Talvez minha geração não tenha dado tanto valor a essa competência. Tenho mais de quarenta anos e sou do tempo de fazer o que deve- ria ser fei- to e pon- to. H i e r a r - quia era algo tão respeita- do e valo- r i z a d o que mis- são dada era mis- são cum- p r i d a . Pouco se questiona- va o por- quê de al- go que de- veria ser feito. H o j e nossos jo- vens que- rem saber o que , on- de, como, porque e se real- m e n t e p r e c i s a ser feito. E ainda, se existe uma forma mais rápida de fazer investindo menos tempo, energia e dinheiro. Não se movem sem um sentido claro. Até se mexem e fazem, mas falo de algo mais rele- vante, como movimento com deslocamento. Eles querem sentido e sig- nificado. Buscam um algo a mais, um motivo maior do que a simples tarefa. Talvez porque cresceram acreditando e ouvindo que deveriam fazer o que amam e buscarem suas pai- xões no trabalho. Quando não se "sentem" apaixonados, desanimam, perdem o gás. Aprendemos realizar e conquistar. Jovens querem o que faz sentido para de- pois realizar. Vejo muitas lideranças completamente perdidas li- derando jovens. Não basta mais comuni- car instruções e tarefas. Eles querem ser desafia- dos, estimulados, orienta- dos, liderados. Querem que seus líderes os conduzam para lugares que não chegariam sozi- nhos. Precisam - e gritam - por tempo com o líder. Necessi- tam saber para onde cami- nharão, como será a cami- nhada e o que precisarão levar na bagagem. Antes de qualquer coisa, eles estão pedindo por tem- po de qualidade ao lado de seus tutores, de seus coa- ches, de seus líderes. Querem aprender como fazer, para depois encon- trarem uma forma melhor. Pedem para serem obser- vados, respeitados em suas semelhanças e principal- mente valorizados por suas diferenças. Um líder que não tem tempo para ouvir e atender sua equipe, não esta LIDE- RANDO, esta tocando servi- ço! A principal atribuição do cargo de liderança é DE- SENVOLVER PESSOAS. Nunca conseguiremos de- senvolver pessoas só com treinamentos externos. Desenvolvimento exige tu- toria, acompanhamento, cumplicidade, coisas que só o dia-a-dia dá conta. Os líderes precisam bus- car seu próprio desenvolvi- mento e ferramentas para assumirem suas equipes e não suas tarefas. Feedback é uma das me- lhores e mais eficazes ferra- mentas de desenvolvimen- to e aumento de perfor- mance. Mas ela exige co- nhecimento, técnica, méto- do. Não é um simples sen- tar e discutir a relação. Muito menos só apontar acertos e erros. Não é jo- go, é RE- LACIONA- MENTO. Dia des- ses parti- cipei co- mo obser- v a d o r a d e u m feedback. A líder fa- lava com seus lide- rados no diminuti- vo e expli- cando ca- da deta- lhe. Até eu me senti voltando à pré-es- cola, ima- gino eles e n t ã o ! Quem es- t a v a l i b u s c a n - do cresci- m e n t o , saiu me- nor! Feedback bom é aquele que faz o liderado se sentir fortalecido pelo que já fez e desafiado pelo que tem pela frente. Precisa ter a sensação de sair maior do que chegou para a conversa. Se você é líder, busque ajuda e aprenda a fazer com excelência algo que pode ter um impacto pro- fundo não só nas realiza- ções, mas na qualidade de vida das pessoas que estão ao seu lado. Simples assim, só isso mais nada! Momento CoachingNOVELAS Os resumos dos capítulos são fornecidos pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em fun- ção da edição das novelas.