1
Por
caminhos
de...
1
2
3
Lagoa de Santo André
Localizada na Freguesia de Santo André, na faixa litoral do Município de
Santiago do Cacém, a ...
4
5
Lagoa de Santo André
O Parque de Campismo da
Lagoa de Santo André, situa-se no
Alentejo, e apresenta uma
localizaçã...
6
7
Lagoa de Santo André
Por volta de 1855 pescadores de Ílhavo e respectivas famílias chegaram à Costa de Santo André,...
8
9
Lagoa de Santo André
Nos meados dos anos 1970 começaram a radicar-se na freguesia, na
zona do Areal, centenas de fa...
10
11
Lagoa de Santo André
Lagoa de Santo
André
e Praia da Costa de
Santo André
(em baixo)
12
13
Lagoa de Santo André
“ Ó vila de Santo André
És formosa camponesa
Ficas distante das praias
Em ti há esperança e...
14
Lagoa de Santo André
15
Pôr-do-Sol na Praia da Lagoa de Santo André
16
17
Lagoa de Santo André
No dia 9 de Janeiro de
1963 ocorreu um trágico
acidente na Lagoa de
Santo André, no qual 17
...
18
Lagoa de Santo André
AGRADECIMENTOS:
CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM
JUNTA DE FREGUESIA DE SANTO ANDRÉ
Discent...
of 10

Por Caminhos de... Lagoa de Santo André

Trabalho realizado no âmbito da disciplina de Projeto e Técnicas de Fotografia II do Curso de Especialização Tecnológica de Fotografia do Instituto Superior de Educação e Ciências pelo aluno Daniel Guerreiro
Published on: Mar 4, 2016
Published in: Travel      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Por Caminhos de... Lagoa de Santo André

  • 1. 1 Por caminhos de... 1
  • 2. 2 3 Lagoa de Santo André Localizada na Freguesia de Santo André, na faixa litoral do Município de Santiago do Cacém, a Costa de Santo André constitui uma zona de praia composta por um extenso areal que liga o mar e a um sistema lagunar - a Lagoa de Santo André - um autêntico “reservatório” de diversidade biológica, paisagem e natureza. Sendo a lagoa de maior importância no conjunto das lagoas costeiras do litoral alentejano (com Melides e Sancha), a sua relevância não é só devida à sua grande beleza e ao interesse para lazer e turismo, como ao seu valor económico, proveniente da pesca e da agricultura e ainda ao seu património natural, cujos habitats são dotados de um elevado valor conservacionista. Monte do Paio Vista da Lagoa de Santo André junto ao Monte do Paio O Campo Técnico Monte do Paio, é um campo protocolar entre o agrupamento 581 de Vila Nova de Santo André e o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade através da Reserva da Lagoa de Santo André, com o objetivo de utilização do terreno situado no Monte do Paio, para nele, serem desenvolvidas atividades no âmbito do Escutismo, da conservação da natureza e da educação ambiental. Centro de Interpretação do Monte do Paio – dá informações sobre a fauna e a flora existente na reserva. Centro de Acolhimento do Monte do Paio – para visitas de estudo ou de investigação, o campo dispõe de um centro de acolhimento com camaratas, sala de jantar e sala de convívio.
  • 3. 4 5 Lagoa de Santo André O Parque de Campismo da Lagoa de Santo André, situa-se no Alentejo, e apresenta uma localização excepcional, ficando na Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha, a cerca de 15 km de Santiago do Cacém. Devido à sua proximidade do mar, é o parque ideal para quem aprecia actividades desportivas e de lazer, com destaque para os percursos pedestres. Este parque de campismo, é propriedade da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal. Nas proximidades do Parque de Campismo da Lagoa de Santo André podemos encontrar a Lagoa de Santo André, Praia do Monte Velho, Praia da Costa de Santo André, Praia do Fonte do Cortiço, Praia da Lagoa de Santo André e Praia das Areias Brancas. A Lagoa de Santo André, insere-se na Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha, com um total de 5.247 hectares (ha) (3.110 ha de superfície terrestre e 2.137 ha de superfície marítima), estende-se ao longo de uma faixa litoral de cerca de 16 Km. A Reserva Natural inclui duas lagoas costeiras – Lagoa de Santo André e Lagoa da Sancha - e um sistema de pequenas lagoas de água doce formadas em depressões dunares. A Lagoa de Santo André ocupa uma área aproximada de 500 ha, e é constituída pelo ‘corpo central’ da lagoa, com cerca de 150 ha, e por uma sucessão de pequenas lagoas, designadas por ‘poços’. A Lagoa de Santo André beneficia, cumulativamente, das seguintes classificações: •Sítio de Importância Comunitária (SIC), no contexto da Costa Sudoeste; •Zona de Protecção Especial (ZPE) para a avifauna; •Área Protegida denominada “Reserva Natural das Lagoas da Sancha e Santo André (RNLSSA); •Zona Húmida da Convenção de Ramsar (Sítio Ramsar da Lagoa de Santo André/Lagoa da Sancha); •Zona importante para Aves (IBAs – “Important Bird Areas”
  • 4. 6 7 Lagoa de Santo André Por volta de 1855 pescadores de Ílhavo e respectivas famílias chegaram à Costa de Santo André, “no recenseamento da população do ano de 1863, existiam na praia de Santo André 6 fogos com um total de 18 pessoas. Havia 9 homens que se dedicavam à profissão de pescadores” relata os “Annaes do Município” de 1869, construíram cabanas e armazéns de colmo e caniço e devido à abundância de sardinha no mar (no Verão) e outro peixe na Lagoa (no Inverno) terão estabelecido duas companhas com lavradores da região, praticando a arte xávega. A lagoa continuou arrendada a particulares até ao ano de 1975, após esta data passa para a gestão do Gabinete da Área de Sines. Em 1957 surgiram no meio das barracas dois restaurantes. E a partir de então começou a desenvolver-se um aglomerado populacional que ocupou a duna primária. Loteamento Municipal Lagoa de Santo André (em cima) Para tornar a Lagoa de Santo André um local privilegiado para quem procura a natureza, a Câmara Municipal de Santiago do Cacém promoveu a desocupação da duna primária da Costa de Santo André do caos urbanístico que se agravou na década de 1970 durante a vigência do Gabinete da Área de Sines, criando um novo loteamento destinado a realojamento das famílias até então residentes na duna. A Lagoa de Santo André constitui um ponto estratégico para a estadia, passagem e nidificação de muitas espécies de aves migratórias. Foi declarada pelo estado Português a Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha pelo Decreto Regulamentar 10/2000 de 22 de Agosto. Loteamento (velho) Lagoa de Santo André (em baixo)
  • 5. 8 9 Lagoa de Santo André Nos meados dos anos 1970 começaram a radicar-se na freguesia, na zona do Areal, centenas de famílias atraídas pela oferta de trabalho que o Complexo Industrial de Sines oferecia. O então Centro Urbano de Santo André caracterizou-se durante anos pela falta de infra-estruturas e equipamentos colectivos. Com a extinção do gabinete da Área de Sines as autarquias passaram a gerir o centro urbano e a situação começou a alterar-se com o desenvolvimento integrado na freguesia, com a radicação dos seus dos seus habitantes e renovação urbana que lhe foram dando uma nova e agradável imagem. Loteamento (novo) Municipal (à esquerda) Loteamento (velho) Municipal (à direita) Restaurante “A Fragateira” (em cima) Três espaços de restauração, antes rodeados por barracas (à direita)
  • 6. 10 11 Lagoa de Santo André Lagoa de Santo André e Praia da Costa de Santo André (em baixo)
  • 7. 12 13 Lagoa de Santo André “ Ó vila de Santo André És formosa camponesa Ficas distante das praias Em ti há esperança e fé ” Manuel José “do Tojal” (poeta popular, anos 80) Novo espaço do Bar da Praia. Antigo “Bar do Fim” Redes de pesca na Lagoa de Santo André (em baixo) Lagoa de Santo André (em cima)
  • 8. 14 Lagoa de Santo André 15 Pôr-do-Sol na Praia da Lagoa de Santo André
  • 9. 16 17 Lagoa de Santo André No dia 9 de Janeiro de 1963 ocorreu um trágico acidente na Lagoa de Santo André, no qual 17 pescadores perderam a vida. Um dos sobreviventes, Luís Manuel Pereira recordou a tragédia, explicando que “estávamos a praticar a arte de arrasto de puxar para terra e fomos surpreendidos por uma onda descontrolada que dobrou a Lagoa e fomos apanhados”. A Junta de Freguesia de Santo André, com o apoio da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, homenageou estes homens erguindo um memorial naquele local no dia 9 de Janeiro de 2013.
  • 10. 18 Lagoa de Santo André AGRADECIMENTOS: CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM JUNTA DE FREGUESIA DE SANTO ANDRÉ Discente: Daniel Guerreiro Docente: Luís Silva Projeto e Tecnologias de Fotografia II

Related Documents