Emprego dos sinais de pontuaçãoProf. Domingos Oliveira de Sousa
Vírgula Uso da vírgula entre os termos de uma oração.a. Para destacar um adjunto adverbial que vem no início da oraç...
d.Para destacar os pleonasmos que vêm antes do verbo.Exemplo:As provas, o professor as deixou na secretaria.Para indicar o...
g. Para separar os elementos de uma enumeração.Exemplo:O sindicalista discursou a favor dos pobre, dos doentes, dosexc...
Não se deve usar a vírgulaa) Para separar sujeito e predicadob) Para separar verbo e seus complementosc) Para sep...
Uso da vírgula entre oraçõesa. Para separar orações coordenadas assindéticas.Exemplo: Chegou, roubou, matou, morreu....
Em duas situações, o e, que inicia oraçãocoordenada sindética aditiva, é separado por vírgula.Quando os sujeitos são dif...
Quando ocorre o polissíndeto, isto é, a repetiçãoda conjunção e.Exemplo:Os grevistas gritaram, e pularam, e leramreivindic...
d. Para separar orações adverbiais.Exemplo:Quando fizer sol, iremos à praia.e. Para separar orações reduzidas, antes da or...
f.Para isolar as orações subordinadas adjetivas explicativas.Exemplo:A terra, que estava abandonada, foi ocupada por integ...
Ponto ( . )O ponto é a pausa maior.Quanto a utilização, o ponto é um só, mas pode ser usado nas seguintessituações:Para f...
 Para separar os parágrafo, quando a idéia construídano mesmo estiver completa. Este é comumente chamado deponto pará...
 Para encerrar um texto. Este é comumente chamadode ponto final.Exemplo: “ Nasciam frutos enormes, as árvores ...
Ponto e vírgula ( ; ) É uma pausa que se encontra entre a vírgula e ponto emcertos momentos tende para vírgula...
 Para separar orações coordenadas adversativas, conclusivas e aditivaassim como em algumas orações subordinadas ad...
 Para separar período longos.Exemplo: “ Por tal forma eu me desencantara da minhaprópria obra que chegara a ponto de...
 Para separar partes da oração que estejamentre vírgulas.Exemplo: “ Não me lembra nada dele, a não ser vagamen...
Para separar vários itens enumerados em um texto; seja leis, decretos, portarias,regulamentos, etc.Exemplo:“ Art. 54 É de...
V - acesso aos níveis mais elevados do ensino, da pesquisa e da criaçãoartística, segundo a capacidade de cada um;VI -ofer...
Dois-pontos ( : )Dois pontos é usado para: Uma citação.“ QUANDO NASCI, um anjo tortodesses que vivem na sombradisse: Vai,...
Uma enumeração. “ A vida da família continuava a mesma: o jogo, asprecisões, as meninas crescendo e pedindo escola...
Introduzir a fala de uma personagem.“ Não houve tempo para a resposta. O delegado emendou, sacadindoas mãos, ameaçando:- ...
of 22

Pontuação 2011

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Pontuação 2011

  • 1. Emprego dos sinais de pontuaçãoProf. Domingos Oliveira de Sousa
  • 2. Vírgula Uso da vírgula entre os termos de uma oração.a. Para destacar um adjunto adverbial que vem no início da oração.Exemplo: Na Bahia, o carnaval só foi terminar na quinta-feira.b. Para isolar o aposto.Exemplo: Nildo, bom aluno, foi aprovado em todas as matérias.c. Para separar um elemento intercalado, como um adjunto adverbial,uma expressão explicativa.Exemplo: A poluição do rio, ao meu entender, tem solução. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 2
  • 3. d.Para destacar os pleonasmos que vêm antes do verbo.Exemplo:As provas, o professor as deixou na secretaria.Para indicar o zeugma, isto é, a omissão de um ou mais termos daoração anteriormente expressos. Exemplo: Roberta foi à praia; depois ao cinema.f. Para isolar o vocativo. Exemplo: Ronaldo, faça o gol. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 3
  • 4. g. Para separar os elementos de uma enumeração.Exemplo:O sindicalista discursou a favor dos pobre, dos doentes, dosexcluídos, dos operários e dos desempregados.Obs: Quando for feita a enumeração através da vírgula, não se usa avírgula no último termo, e sim, a conjunção aditiva e.h. Para destacar o nome do lugar nas datas.Exemplo: Salvador, 24 de outubro de 2000. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 4
  • 5. Não se deve usar a vírgulaa) Para separar sujeito e predicadob) Para separar verbo e seus complementosc) Para separar um nome e seu complementod) Para separar um nome e seu adjunto DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 5
  • 6. Uso da vírgula entre oraçõesa. Para separar orações coordenadas assindéticas.Exemplo: Chegou, roubou, matou, morreu.b.Para separar orações coordenas sindéticas ( Excetoiniciadas pela conjunção e )Exemplo:Todos mostraram suas habilidades, mas poucos chegaramao final da competição. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 6
  • 7. Em duas situações, o e, que inicia oraçãocoordenada sindética aditiva, é separado por vírgula.Quando os sujeitos são diferentes.Exemplo:Roberto vendeu o relógio, e Paulo o carro. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 7
  • 8. Quando ocorre o polissíndeto, isto é, a repetiçãoda conjunção e.Exemplo:Os grevistas gritaram, e pularam, e leramreivindicações, e continuaram a passeata.c. Para isolar orações intercaladas.Exemplo:O jogo foi muito disputado, atendendo o pedido dastorcidas, apesar de não haver vencedor. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 8
  • 9. d. Para separar orações adverbiais.Exemplo:Quando fizer sol, iremos à praia.e. Para separar orações reduzidas, antes da oraçãoprincipal.Exemplo:Terminando o trabalho, iremos ao teatro. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 9
  • 10. f.Para isolar as orações subordinadas adjetivas explicativas.Exemplo:A terra, que estava abandonada, foi ocupada por integrantesdo movimento sem terra. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 10
  • 11. Ponto ( . )O ponto é a pausa maior.Quanto a utilização, o ponto é um só, mas pode ser usado nas seguintessituações:Para finalizar orações, seja um período simples ou período composto.Este é comumente chamado de ponto de segmento.Exemplo: “ O vigário passou pela frente do casarão dos Amarais. Osenhor de Santa Fé andava agora assanhado com osacontecimentos políticos. Falava-se em perturbação da ordem. Osódios partidários explodiam e tudo indicava que mais cedo ou maistarde ia haver barulho. Havia pouco chegara a Santa Fé um homemcontando que corria pela Província o boato de que o Cel. BentoGonçalves, do Partido Liberal, se correspondia com o Gen.Lavalleja e estavam conspirando para entregar a Província aoscastelhanos. Rodrigo, que ouvira a conversa, pulou vermelho egritou.” Erico Veríssimo, O tempo e o vento - O continente, 271/272. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 11
  • 12.  Para separar os parágrafo, quando a idéia construídano mesmo estiver completa. Este é comumente chamado deponto parágrafo.Exemplo: “ - Eu sei, o Comandante Bento Gonçalves, esteveaqui preso no Forte de São Marcelo, um galego safado,sedicioso, eu estava na guarnição do Forte quando ele fugiu,faz mais de uns oito anos, mais do que isso.”João Ubaldo Ribeiro, Viva o povo brasileiro,357. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 12
  • 13.  Para encerrar um texto. Este é comumente chamadode ponto final.Exemplo: “ Nasciam frutos enormes, as árvores carregadasdesde os troncos até os mais altos galhos, cocos detamanho nunca visto antes, a melhor terra do mundo parao plantio do cacau, aquela terra adubada com sangue. ” Montevidéu, agosto de 1942.Jorge Amado, Terras do Sem Fim, 274. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 13
  • 14. Ponto e vírgula ( ; ) É uma pausa que se encontra entre a vírgula e ponto emcertos momentos tende para vírgula em outros para o ponto; adepender do efeito melódico.Ponto e vírgula é usado nas seguintes situações: Para separar em um período, as orações da mesma naturezaideológica.Exemplo: “- Vai embora! disse ela com império; e a voz pareciaranger-lhe nos lábios pálidos.”José de Alencar, TIL, 15. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 14
  • 15.  Para separar orações coordenadas adversativas, conclusivas e aditivaassim como em algumas orações subordinadas adverbiais.Exemplo:Era certo que, como chefe de família, Estácio podia opor-se ao casamento oumarcar-lhe condições; mas nem convinha isso ao interesse de Helena nemao próprio interesse da família.Machado de Assis, HELENA, 95.Tenho visto este criado; se não me engano é quem governa a casa. , JoséAlencar, Encarnação, 23.Ela cerrou as pálpebras corando; quando as ergueu de novo, todo o segredode sua alma estava nos seus olhos límpidos e no meigo sorriso que veio à flordos lábios. José Alencar, Encarnação,51. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 15
  • 16.  Para separar período longos.Exemplo: “ Por tal forma eu me desencantara da minhaprópria obra que chegara a ponto de não guardar comigoum só dos meus livros; isto talvez me ajudasse maisdepressa a esquecê-los, como já os esquecera opúblico.”Herberto Sales, Na relva de tua lembrança, Rio, 8. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 16
  • 17.  Para separar partes da oração que estejamentre vírgulas.Exemplo: “ Não me lembra nada dele, a não ser vagamenteque era alto e usava cabeleira grande; o retrato mostrauns olhos redondos, que me assombrava empequeno.”Machado Assis, Dom Casmurro, 19. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 17
  • 18. Para separar vários itens enumerados em um texto; seja leis, decretos, portarias,regulamentos, etc.Exemplo:“ Art. 54 É dever do Estado assegurar à criança e ao adolescente:I - ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para os que a ele não tiveramacesso na idade própria;II - progressiva extensão da obrigatoriedade e gratuidade ao ensino médio;III - atendimento educacional especializado aos portadores de deficiência,preferencialmente na rede regular de ensino;IV - atendimento em creche e pré-escola às crianças de 0 (zero ) a 6( seis ) anos deidade; DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 18
  • 19. V - acesso aos níveis mais elevados do ensino, da pesquisa e da criaçãoartística, segundo a capacidade de cada um;VI -oferta de ensino noturno regular, adequado às condições do adolescentetrabalhador;VII - Atendimento no ensino fundamental, através de programassuplementares de material didático-escolar, transporte, alimentação eassistência à saúde. ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 19
  • 20. Dois-pontos ( : )Dois pontos é usado para: Uma citação.“ QUANDO NASCI, um anjo tortodesses que vivem na sombradisse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.”Carlos Drummond de Andrade, 4. DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 20
  • 21. Uma enumeração. “ A vida da família continuava a mesma: o jogo, asprecisões, as meninas crescendo e pedindo escola, a escolamais próxima a quase uma légua de distância.”José Lins do Rego, Pureza, 82. Uma explicação. “ A iluminação pública melhorou: as lâmpadas mortiças cochilam, mas estão numerosas. ” Graciliano Ramos, Viventes das Alagoas, 19 DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 21
  • 22. Introduzir a fala de uma personagem.“ Não houve tempo para a resposta. O delegado emendou, sacadindoas mãos, ameaçando:- Pode o senhor manter o testamento. Pode aquêle assassino virarfazendeiro. Vai apanhar de facão, aqui, no Itajuípe. ”Adonias Filho, Léguas da Promissão, 72 DOMINGOS OLIVEIRA DE SOUSA 22

Related Documents