Maysa Andrade Santos Nathália Quintino Yasmin Cardoso Amorim 3ª 01
HIDROCARBONETOS Em química , um hidrocarboneto é um composto químico constituído essencialmente por átomos de carbono ...
ALCANOS. Os alcanos, também chamados hidrocarbonetos parafínicos ou parafinas, são compostos constituídos exclusivamente ...
Os alcinos são hidrocarbonetos que possuem tripla ligação entre átomos de carbono. São conhecidos também como hidrocarbon...
Os cicloalcanos, também chamados de cicloparafinas ou ciclanos, são hidrocarbonetos cíclicos que possuem pelo menos uma ca...
Hidrocarbonetos aromáticos são geralmente compostos caracterizados por apresentar como cadeia principal um ou vários anéis...
of 6

Nathalia e maysa 3a1

Published on: Mar 3, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Nathalia e maysa 3a1

  • 1. Maysa Andrade Santos Nathália Quintino Yasmin Cardoso Amorim 3ª 01
  • 2. HIDROCARBONETOS Em química , um hidrocarboneto é um composto químico constituído essencialmente por átomos de carbono e de hidrogênio . - Velas ( parafina ) - Plásticos - Borracha - Combustíveis (gasolina, diesel, etc)
  • 3. ALCANOS. Os alcanos, também chamados hidrocarbonetos parafínicos ou parafinas, são compostos constituídos exclusivamente por carbono e hidrogênio e forma uma série homóloga de fórmula geral CnH2n +2, cujo primeiro membro é o metano (CH4). A estrutura física dos alcanos é de cadeia carbônica acíclica (alifática), saturada e homogênea, ou seja, cadeia aberta que apresentam simples ligações entre átomos de carbono. Fórmula do Alcano     Número de isômeros possíveis: C4H10     2 C5H12     3
  • 4. Os alcinos são hidrocarbonetos que possuem tripla ligação entre átomos de carbono. São conhecidos também como hidrocarbonetos etínicos ou hidrocarbonetos acetilênicos. A fórmula geral dos alcinos é:                        CnH2n – 2,   e o primeiro membro é o etino (C2H2). De modo geral, podemos definir alcinos como hidrocarbonetos de cadeia carbônica acíclica, homogênea, insaturada com uma tripla ligação única. Os alcinos apresentam pontos de fusão e ebulição crescentes com o aumento da cadeia carbônica (massa molecular). Essa classe de compostos não possui cor (incolor), nem cheiro (inodoro), apresentam insolubilidade em água, mas são solúveis em solventes orgânicos como o álcool, o éter e outros. Aplicação dos alcinos: O acetileno, também conhecido como etino, é usado em grande escala na fabricação de borrachas sintéticas, plásticos, como o PVC e PVA, e ainda de fios têxteis para a produção de tecidos.                        obs: na qual a quantidade de hidrogenio é sempre o dobro da quantidade de carbono, menos de 2. ALCINOS
  • 5. Os cicloalcanos, também chamados de cicloparafinas ou ciclanos, são hidrocarbonetos cíclicos que possuem pelo menos uma cadeia carbônica fechada. Sua nomenclatura é precedida da palavra ciclo. Na indústria do petróleo, os cicloalcanos são chamados de hidrocarbonetos naftênicos. As propriedades físicas dos hidrocarbonetos cíclicos assemelham-se às dos hidrocarbonetos alifáticos correspondentes de cadeia aberta, embora os pontos de fusão e ebulição e as densidades desses compostos sejam ligeiramente mais altos. Por serem compostos apolares, dissolvem-se apenas em solventes apolares ou fracamente polares e são insolúveis em água. Nomenclatura: CICLO + prefixo + indicativo + O. Fórmula Geral: CnH2n Temperatura de fusão e ebulição parecida com as correspondentes aos alcanos ramificados. Suas estruturas moleculares fazem parte da estrutura de pesticidas, herbicidas e alguns são utilizados diretamente como solventes, como o cicloexano. CICLANOS
  • 6. Hidrocarbonetos aromáticos são geralmente compostos caracterizados por apresentar como cadeia principal um ou vários anéis benzênicos, sendo a "aromaticidade" melhor definida como uma "dificuldade" das ligações duplas de um composto reagirem em reações típicas de alcenos, devido a uma deslocalização destas na molécula. Existem poucos hidrocarbonetos que possuem aromaticidade além do benzeno e compostos relacionados (anéis fundidos). A aromaticidade também ocorre em outras cadeias cíclicas. O furano, por exemplo,é um composto aromático em que o anel é formado por 4 átomos de carbono e um de oxigênio. Quando apresentam um só grupamento, o nome desse precede o nome da cadeia principal (ver benzeno). Quando apresentar mais de um grupamento a numeração deve começar por um dos carbonos ramificados e prosseguir de tal forma que os grupamentos estejam nos carbonos de menor número possível. Uma nomenclatura típica é: orto, meta e para (posições 1,2/1,3/1,4 respactivamente). Esses compostos apresentam uma nomenclatura particular, que não segue as regras utilizadas na nomenclatura dos outros hidrocarbonetos. Além disso, não existe uma fórmula geral para todos os aromáticos. AROMÁTICOS

Related Documents