Fenômeno causado pelo excesso denutrientes numa massa de água, provocando um aumento excessivo de algas.
Conceito Os charcos, os lagos e as albufeiras são mais vulneráveis àpoluição do que os cursos de água superficiais e ocean...
Eutrofização natural Ocorre ao longo de grandes períodos de tempo, como parte do processo de sucessãoecológica que se...
Eutrofização Cultural Resulta de atividades humanas e verifica-se j...
Para além dos efeitos sobre os ecossistemas, aeutrofização reduz o valor estético e recreativo dos lagos e ...
Processo de eutrofização Quando uma determinada massa de água pobre emnutrientes (oligotrófica) os adquire, há toda uma s...
 embora os lagos eutróficos possuam elevada quantidade de fitoplâncton, que produz oxigénio através da fotossíntese, a ...
 o fitoplâncton tem taxas de crescimento e reprodução muito elevadas, formando «tapetes» verdes à superfície dos ...
o aumento de detritos leva a um aumento de decompositores (essencialmente bactérias), cujo crescimento exponencial provoc...
as bactérias proliferam e aproveitam o oxigénio, cada vez que este está disponível, mantendo a água com permanente c...
Carência Bioquímica de Oxigénio (CBO): Quantidade de oxigénio necessária aos decompositoresaeróbios para decompor os mater...
Combate à eutrofizaçãoA eutrofização pode ser combatida essencialmente emdois níveis: 1. Evitar a entrada nos cursos de ...
1.  identificar as principais fontes de eutrofização, com destaque para as do dia-a-dia; proibir o u...
2. tratamentos químicos à base de herbicidas, pouco eficazes, uma vez que são necessárias grandes concentrações para...
Remoção das plantas arrancadas devido ao rolamento dos sedimentos ao longo do leito do rio, e que ficaram ...
of 15

Poluição de água eutrofização

Published on: Mar 4, 2016
Published in: Education      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Poluição de água eutrofização

  • 1. Fenômeno causado pelo excesso denutrientes numa massa de água, provocando um aumento excessivo de algas.
  • 2. Conceito Os charcos, os lagos e as albufeiras são mais vulneráveis àpoluição do que os cursos de água superficiais e oceanos. Os contaminantes sofrem uma diluição menos acentuada devido ao menor volume de água e de corrente Aos lagos e albufeiras chegam escorrências de terrenos circundantes, ricas em sedimentos e nutrientes. O enriquecimento dos lagos em nutrientes denomina-se eutrofização.
  • 3. Eutrofização natural Ocorre ao longo de grandes períodos de tempo, como parte do processo de sucessãoecológica que se verifica durante a evolução dos ecossistemas.
  • 4. Eutrofização Cultural Resulta de atividades humanas e verifica-se junto a zonas urbanas ou agrícolas. Os nutrientes que atingem o lago são principalmente nitratos e fosfatos com origem na agricultura e na pecuária, na erosão do solo e nos efluentes das estações de tratamento.
  • 5. Para além dos efeitos sobre os ecossistemas, aeutrofização reduz o valor estético e recreativo dos lagos e albufeiras.
  • 6. Processo de eutrofização Quando uma determinada massa de água pobre emnutrientes (oligotrófica) os adquire, há toda uma série de alterações que ocorrerão: o aumento da concentração de nutrientes favorece o crescimento e a multiplicação do fitoplâncton, o que provoca o aumento da turbidez da água; devido a tal, a luz solar não chega às plantas que se encontram submersas, não ocorrendo a fotossíntese;
  • 7.  embora os lagos eutróficos possuam elevada quantidade de fitoplâncton, que produz oxigénio através da fotossíntese, a sua distribuição superficialprovoca nesse sector uma saturação em oxigénio, quese escapa para a atmosfera, pelo que não restabelece o oxigénio dissolvido ao nível das águas profundas;
  • 8.  o fitoplâncton tem taxas de crescimento e reprodução muito elevadas, formando «tapetes» verdes à superfície dos cursos de água, principalmente nos sectores com correntes fracas. Quando estes organismos morrem, depositam-se no fundo, formando espessos depósitos;
  • 9. o aumento de detritos leva a um aumento de decompositores (essencialmente bactérias), cujo crescimento exponencial provoca uma diminuição do oxigénio dissolvido (consumido na respiração);o esgotamento do oxigénio leva à morte por asfixia de peixes e crustáceos, mas não de bactérias, que recorrem à fermentação e respiração anaeróbia;
  • 10. as bactérias proliferam e aproveitam o oxigénio, cada vez que este está disponível, mantendo a água com permanente carência em oxigénio;pode ainda ocorrer oxidação da matéria orgânica e de outros compostos, contribuindo também para a diminuição do oxigénio dissolvido e agravamento da eutrofização;
  • 11. Carência Bioquímica de Oxigénio (CBO): Quantidade de oxigénio necessária aos decompositoresaeróbios para decompor os materiais orgânicos presentes num certo volume de água. É um indicador da quantidade de matéria orgânica biodegradável presente na água, uma vez que, quanto maior a concentração de matéria orgânica de uma água, maior será a quantidade de oxigénio utilizada pelos decompositores.
  • 12. Combate à eutrofizaçãoA eutrofização pode ser combatida essencialmente emdois níveis: 1. Evitar a entrada nos cursos de água de elevadas quantidades de nutrientes e sedimentos (longo prazo); 2. Implementar medidas de recuperação de lagos e cursos de água eutrofizados. Veremos a seguir algumas dicas detalhadas de como podemos combater, nos dois tipos de níveis.
  • 13. 1.  identificar as principais fontes de eutrofização, com destaque para as do dia-a-dia; proibir o uso de detergentes fosfatados, pois o fosfato é um dos principais nutrientes responsáveis pelo desenvolvimento do fitoplâncton; modernizar os processos de tratamento das águas residuais, que permitam recolher a maioria dos nutrientes, evitando a eutrofização a jusante(vazante de mar) do ponto de descarga; controlar as águas de escorrência das explorações agrícolas e pecuárias, pois apresentam elevadas concentrações de nutrientes, entre outros;
  • 14. 2. tratamentos químicos à base de herbicidas, pouco eficazes, uma vez que são necessárias grandes concentrações para destruir o fitoplâncton, tornando- se extremamente tóxico para os outros seres vivos..arejamento artificial – introdução de oxigénio, através de uma rede de tubos plásticos numa massa de água que se pretende tratar;
  • 15. Remoção das plantas arrancadas devido ao rolamento dos sedimentos ao longo do leito do rio, e que ficaram à superfície.Dragagens dos sedimentos – remoção dos depósitos que cobrem as plantas aquáticas. Poderá aumentar a eutrofização, uma vez que, ao mexer-se nos sedimentos, aumenta-se a turbação da água.