Preservação da Fertilidade
em Homens
Guilherme Leme de Souza
Especialista em Cirurgia Geral e Urologia/Andrologia – HC-FMU...
Alto risco
• Alquilantes altas doses
• Radiação testículos / SNC / pelve
• TBI / crânio / ciclosfosfamida total / MOPP – B...
• Crio seminal - masturbação
• Crio seminal – coletas assitidas (vibro, eletro, urina)
• TESE / microTESE em HOMENS para c...
• Crio seminal - masturbação
• Crio seminal – coletas assitidas (vibro, eletro, urina)
• TESE / microTESE em HOMENS para c...
• Crio seminal - masturbação
• Crio seminal – coletas assitidas (vibro, eletro, urina)
• TESE / microTESE em HOMENS para c...
• Captura cirúrgica em pré-púberes
• Diferenciação in-vitro
• enxertia
• Terapia hormonal profiláatica (GnRHa)
• Crio após...
• Captura cirúrgica em pré-púberes
• Diferenciação in-vitro
• enxertia
• Terapia hormonal profilática (GnRHa)
• Crio após ...
• Pós-púberes: Crio seminal – com autorização dos responsáveis
• Pré-púberes: parênquima testicular
Para menores de idade
...
Pré-púberes
experimental
Pré-púberes
• Crio fragmento tissular
• Enxertia no testículo
• Malignidade: digestão enzimática (Colagenase IV + DNAse + ELB) + injeç...
Homens: espermatozoides maduros – suspensão convencional
Meninos: visa preservação SSC – tecido e suspensão digerida
Para ...
COMO ORIENTAR COLETAS E CONGELAMENTO?
....mas na prática:
Perda de SPZ móveis no descongelamento  +- 50%
Pacientes oncológicos: perda até 89%
Congelar para IIU, FIV, ou ICSI?
IIU:...
Até 2 meses para cair contagens
Desencorajar: anormalidades cromossômicas – dano DNA – mutações em animais
Sugerir contrac...
Como orientar coletas seminais para preservação da fertilidade?
• 1-5 dias
• Coletas diárias
• Sem alterações
• Sugerir coletas diárias
• Abstinência tem pouca importância
• ANTES do início do tratamento onco
• Sem suporte para cole...
Dificuldade de coleta por masturbação
• Adolescentes
• Ansiedade
• Fadiga
• Dor
• Hipogonadismo
• Solicitar uma coleta
• E...
Dificuldade de coleta por masturbação - alternativas
• i-5PDE
• Vibro-estimulação
• Eletro-ejaculação
• Coleta na urina
• ...
Dificuldade de coleta por masturbação - alternativas
• i-5PDE
• Vibro-estimulação
• Eletro-ejaculação
• Coleta na urina
• ...
Dificuldade de coleta por masturbação - alternativas
• i-5PDE
• Vibro-estimulação
• Eletro-ejaculação
• Coleta na urina
• ...
Quem deve preservar?
Apenas pacientes oncológicos???
Qualquer indivíduo sob risco de redução da fertilidade
• Câncer
• Cir...
Guilherme Leme de Souza
Especialista em Cirurgia Geral e Urologia/Andrologia – HC-FMUSP
Especialista em Reprodução Assisti...
Preservação fertilidade masculina
Preservação fertilidade masculina
Preservação fertilidade masculina
Preservação fertilidade masculina
Preservação fertilidade masculina
Preservação fertilidade masculina
of 30

Preservação fertilidade masculina

Fertility presrevation in males - presented on October 8th, 2015, at São Paulo, SP, Brazil. Portuguese.
Published on: Mar 4, 2016
Published in: Health & Medicine      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Preservação fertilidade masculina

  • 1. Preservação da Fertilidade em Homens Guilherme Leme de Souza Especialista em Cirurgia Geral e Urologia/Andrologia – HC-FMUSP Especialista em Reprodução Assistida – Setor Integrado de Reprodução Humana – EPM-UNIFESP Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia [TiSBU] Médico Andrologista – Engravida Reprodução Humana Médico Urologista – Clínica Vivere Sanus – Saúde Masculina Integral guilherme.lemedesouza@gmail.com
  • 2. Alto risco • Alquilantes altas doses • Radiação testículos / SNC / pelve • TBI / crânio / ciclosfosfamida total / MOPP – BEACOPP (Hodgkin) Risco intermediário • BEP / platinas / XRT baixa dose • QT Tu testículos Risco baixo • Protocolos sem alquilantes • HL / NHL / leucemias Risco muito baixo • Radio-iodo • Vincristina Indeterminado • Anticorpos monoclonais • TKI Quem precisará??
  • 3. • Crio seminal - masturbação • Crio seminal – coletas assitidas (vibro, eletro, urina) • TESE / microTESE em HOMENS para crio • Shielding • TESE / microTESE após tratamento • Sêmen heterólogo / adoção Modalidades “padrão” – universalmente aceitas O que temos a oferecer?? Preservando espermatozóides
  • 4. • Crio seminal - masturbação • Crio seminal – coletas assitidas (vibro, eletro, urina) • TESE / microTESE em HOMENS para crio • Shielding • TESE / microTESE após tratamento • Sêmen heterólogo / adoção Modalidades “padrão” – universalmente aceitas O que temos a oferecer?? Preservando os testículos!!
  • 5. • Crio seminal - masturbação • Crio seminal – coletas assitidas (vibro, eletro, urina) • TESE / microTESE em HOMENS para crio • Shielding • TESE / microTESE após tratamento • Sêmen heterólogo / adoção Modalidades “padrão” – universalmente aceitas O que temos a oferecer?? Controle de danos causados
  • 6. • Captura cirúrgica em pré-púberes • Diferenciação in-vitro • enxertia • Terapia hormonal profiláatica (GnRHa) • Crio após início QT / XRT Modalidades “experimentais” O que temos a oferecer?? Modalidades “NÃO RECOMENDADAS”
  • 7. • Captura cirúrgica em pré-púberes • Diferenciação in-vitro • enxertia • Terapia hormonal profilática (GnRHa) • Crio após início QT / XRT Modalidades “experimentais” O que temos a oferecer?? Modalidades “NÃO RECOMENDADAS”
  • 8. • Pós-púberes: Crio seminal – com autorização dos responsáveis • Pré-púberes: parênquima testicular Para menores de idade standard experimental
  • 9. Pré-púberes
  • 10. experimental Pré-púberes
  • 11. • Crio fragmento tissular • Enxertia no testículo • Malignidade: digestão enzimática (Colagenase IV + DNAse + ELB) + injeção • Diferenciação in-vitro • Congelamento lento + DMSO
  • 12. Homens: espermatozoides maduros – suspensão convencional Meninos: visa preservação SSC – tecido e suspensão digerida Para diferenciação in-vitro
  • 13. COMO ORIENTAR COLETAS E CONGELAMENTO? ....mas na prática:
  • 14. Perda de SPZ móveis no descongelamento  +- 50% Pacientes oncológicos: perda até 89% Congelar para IIU, FIV, ou ICSI? IIU: 5-10M por vial para IIU IIU: 8-15% ----- considerar 6vials/gestação ICSI: 35-40% ----- considerar 4vials/gestação Menos SPZ por vial: mais alíquotas. Quantas coletas?  discutir com laboratório Andro após 1ª coleta!
  • 15. Até 2 meses para cair contagens Desencorajar: anormalidades cromossômicas – dano DNA – mutações em animais Sugerir contracepção! Após início do tratamento Após término do tratamento Dilema! Quando liberar SPZ frescos? Qual é melhor? Chegaram a azoo: 2 anos Redução sem azoo: 1 ano Riscos não mensuráveis
  • 16. Como orientar coletas seminais para preservação da fertilidade?
  • 17. • 1-5 dias • Coletas diárias • Sem alterações
  • 18. • Sugerir coletas diárias • Abstinência tem pouca importância • ANTES do início do tratamento onco • Sem suporte para coletas após início
  • 19. Dificuldade de coleta por masturbação • Adolescentes • Ansiedade • Fadiga • Dor • Hipogonadismo • Solicitar uma coleta • Evitar coletas “forçadas” • Remeter ao andrologista para manejo de dificuldades
  • 20. Dificuldade de coleta por masturbação - alternativas • i-5PDE • Vibro-estimulação • Eletro-ejaculação • Coleta na urina • Captura cirúrgica (epidídimo / testículo / “onco-TESE”
  • 21. Dificuldade de coleta por masturbação - alternativas • i-5PDE • Vibro-estimulação • Eletro-ejaculação • Coleta na urina • Captura cirúrgica (epidídimo / testículo / “onco-TESE” • Neuropatas! • Protocolos próprios • Alcalinização da urina / alfa-agonistas • Recolhimento com sondas • Laboratório habituado • Anestesia geral • Equipamento caro • Má qualidade de amostras • Custo-efetividade?
  • 22. Dificuldade de coleta por masturbação - alternativas • i-5PDE • Vibro-estimulação • Eletro-ejaculação • Coleta na urina • Captura cirúrgica (epidídimo / testículo / “onco-TESE”
  • 23. Quem deve preservar? Apenas pacientes oncológicos??? Qualquer indivíduo sob risco de redução da fertilidade • Câncer • Cirurgias que reduzam potencial fértil (próstata, bexiga) • Esterilização (preop vasectomia!!) • Tratamentos que reduzam fertilidade (imunossupressão, Crohn) • Risco de redução da fertilidade (serviço militar, exposição laboral) • Fertilidade instável • oligo grave <1M • preops varicocele • Klinefelter
  • 24. Guilherme Leme de Souza Especialista em Cirurgia Geral e Urologia/Andrologia – HC-FMUSP Especialista em Reprodução Assistida – Setor Integrado de Reprodução Humana – EPM-UNIFESP Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia [TiSBU] Médico Andrologista – Engravida Reprodução Humana Médico Urologista – Clínica Vivere Sanus – Saúde Masculina Integral guilherme.lemedesouza@gmail.com Obrigado.........!

Related Documents