COLO-RETALPrevenção secundária
Prevenção 
Cancro colo-retal 
Prevenção Secundária  Consiste num diagnóstico precoce e tratamento imediato; Visa ao diagnóstico, ao tratam...
Liga Portuguesa Contra o Cancro  Associação cultural e de serviço social Promove ...
Liga Portuguesa Contra o Cancro 
Rastreios  Um rastreio é um processo de seleção, dirigido a indivíduos assintomáticos, com o objecti...
Rastreios 
Critérios :  Características da Doença:  Gravidade  Prevalência elevada para justificar os ...
Características do Exame  Características do Exame  Sensível e Específico  Reprodutível e...
Componentes dos programas:  Componente populacional  Definição da população alvo;  Identifica...
Componentes dos programas: 
Componentes dos programas:  Execução de teste  Realização e envio dos testes de rastrei...
Componentes dos programas:  Componente clínica  Rede de serviços para confirmação de diagnós...
Componentes dos programas:  Coordenação  Um sistema organizado ligando a...
Componentes dos programas: 
Código europeu contra o cancro (CECC):   As mulheres devem participar no rastreio do cancro do...
Código europeu contra o cancro (CECC):   As mulheres e os homens devem participar no rastre...
Cancro colo-retal  Três fatores – validam de forma incontestável os benefícios de um programa de...
Cancro colo-retal  Os dois grandes objectivos de um programa de rastreio do cancro colo-rectal, s...
Cancro colo-retal  Ao permitir diagnosticar e tratar os adenomas (lesões precursoras), o rastre...
Cancro colo-retal 
Cancro colo-retal  Os métodos de rastreio, actualmente disponíveis, estudados e validados são a...
Pesquisa de sangue oculto nas fezes  Método mais testado, Não invasivo, Baixo custo.
Pesquisa de sangue oculto nas fezes  Apresenta, no entanto, fortes limitações:  Sensibilidade...
Pesquisa de sangue oculto nas fezes  Os ensaios realizados, mostram uma redução da taxa de mortal...
Sigmoidoscopia Flexível (S.F.)  Estima-se que com a sua utilização se atingem taxas de ...
Colonoscopia  Permite o diagnóstico de mais de 25% das lesões avançadas não detectadas por outros...
Colonoscopia  Claramente, é o método mais sensível para a detecção e tratamento das doenças-alvo.
Cancro colo-retal  Grupo de risco padrão: Pesquisa de sangue oculto nas fezes, mas principalmen...
Cancro colo-retal  Grupo de alto risco: Pelos condicionalismos que os indivíduos q...
Bibliografia  http://www.fcsaude.ubi.pt/thesis/upload/118/771/ana_oliveira pdf.pdf http://...
of 32

Prevenção Secundária do Cancro do Colo-rectal

Published on: Mar 4, 2016
Published in: Technology      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Prevenção Secundária do Cancro do Colo-rectal

  • 1. COLO-RETALPrevenção secundária
  • 2. Prevenção 
  • 3. Cancro colo-retal 
  • 4. Prevenção Secundária  Consiste num diagnóstico precoce e tratamento imediato; Visa ao diagnóstico, ao tratamento e à limitação do dano. Ou seja, têm como objetivo a diminuição da prevalência da doença.
  • 5. Liga Portuguesa Contra o Cancro  Associação cultural e de serviço social Promove a prevenção primária e secundária do cancro Apoio social e a humanização da assistência ao doente oncológico Formação e investigação em oncologia.
  • 6. Liga Portuguesa Contra o Cancro 
  • 7. Rastreios  Um rastreio é um processo de seleção, dirigido a indivíduos assintomáticos, com o objectivo de, através do diagnóstico precoce, melhorar o prognóstico da doença em causa, reduzindo a sua mortalidade.
  • 8. Rastreios 
  • 9. Critérios :  Características da Doença:  Gravidade  Prevalência elevada para justificar os custos  História natural conhecida, com período assintomático longo  Passível de tratamento eficaz
  • 10. Características do Exame  Características do Exame  Sensível e Específico  Reprodutível e fiável  Económico  Pouco invasivo  Aceite
  • 11. Componentes dos programas:  Componente populacional  Definição da população alvo;  Identificação, validação e captação dos indivíduos a rastrear;  Medidas para alcançar a cobertura e a adesão pretendidas, garantindo o consentimento informado.
  • 12. Componentes dos programas: 
  • 13. Componentes dos programas:  Execução de teste  Realização e envio dos testes de rastreio;  Análise e classificação dos testes;  Controlo de qualidade quer para os testes quer para a sua leitura.
  • 14. Componentes dos programas:  Componente clínica  Rede de serviços para confirmação de diagnóstico, tratamento e seguimento dos pacientes com doença detectada pelo rastreio.
  • 15. Componentes dos programas:  Coordenação  Um sistema organizado ligando as diferentes componentes;  Monitorização, avaliação de desempenho e controlo de qualidade;  Avaliação de impacto: follow-up da incidência e mortalidade em toda a população alvo, na população rastreada e na população não rastreada.
  • 16. Componentes dos programas: 
  • 17. Código europeu contra o cancro (CECC):   As mulheres devem participar no rastreio do cancro do colo do útero (Papanicolau).  As mulheres devem participar no rastreio do cancro da mama.
  • 18. Código europeu contra o cancro (CECC):   As mulheres e os homens devem participar no rastreio do cancro do colo-rectal.  Participe em programas de vacinação contra a Hepatite B de acordo com as normas da Direcção-Geral da Saúde.
  • 19. Cancro colo-retal  Três fatores – validam de forma incontestável os benefícios de um programa de rastreio.  Alta incidência;  Grupos de risco caracterizados;  Lesão precursora identificada (95% dos casos).
  • 20. Cancro colo-retal  Os dois grandes objectivos de um programa de rastreio do cancro colo-rectal, são não só o diagnóstico precoce, mas particularmente a prevenção.
  • 21. Cancro colo-retal  Ao permitir diagnosticar e tratar os adenomas (lesões precursoras), o rastreio assume-se como uma medida fortemente preventiva, reduzindo as taxas de incidência e mortalidade.
  • 22. Cancro colo-retal 
  • 23. Cancro colo-retal  Os métodos de rastreio, actualmente disponíveis, estudados e validados são a pesquisa de sangue oculto nas fezes (P.S.O.F.), a sigmoidoscopia flexível e a colonoscopia.
  • 24. Pesquisa de sangue oculto nas fezes  Método mais testado, Não invasivo, Baixo custo.
  • 25. Pesquisa de sangue oculto nas fezes  Apresenta, no entanto, fortes limitações:  Sensibilidade muito baixa ao despiste de adenomas (10% a 20%). Cancro colo-retal (adenoma visto ao microscópio)
  • 26. Pesquisa de sangue oculto nas fezes  Os ensaios realizados, mostram uma redução da taxa de mortalidade que varia de 15% a 33%. Decorridos 20 anos conclui- se uma redução da incidência de apenas 20%.
  • 27. Sigmoidoscopia Flexível (S.F.)  Estima-se que com a sua utilização se atingem taxas de redução da mortalidade de 60% a 85%.
  • 28. Colonoscopia  Permite o diagnóstico de mais de 25% das lesões avançadas não detectadas por outros métodos. Demonstrou uma redução da incidência de C.C.R. em cerca de 80%, com a ressecação dos adenomas.
  • 29. Colonoscopia  Claramente, é o método mais sensível para a detecção e tratamento das doenças-alvo.
  • 30. Cancro colo-retal  Grupo de risco padrão: Pesquisa de sangue oculto nas fezes, mas principalmente sigmoidoscopia flexível e colonoscopia. Grupo de risco aumentado: Colonoscopia.
  • 31. Cancro colo-retal  Grupo de alto risco: Pelos condicionalismos que os indivíduos que integram este grupo apresentam, devem ser orientados para centros de referência. http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?article=512960&t m=2&layout=122&visual=61
  • 32. Bibliografia  http://www.fcsaude.ubi.pt/thesis/upload/118/771/ana_oliveira pdf.pdf http://portal.arsnorte.min- saude.pt/portal/page/portal/ARSNorte/Conte%C3%BAdos/Plan eamento%20Estrategico/Rastreios/Programas%20de%20rastreio% 20na%20Regi%C3%A3o%20Norte%20%20apresenta%C3%A7%C3 %A3o.pdf http://www.ligacontracancro.pt/ http://www.scielo.oces.mctes.pt/scielo.php?pid=S0872- 81782008000400002&script=sci_arttext

Related Documents