PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO PARA O
DESCARTE DE LIXOS E MATERIAIS PERFUROCORTANTES
Cód.
Versão: 01
Páginas: Anexo:
02...
6.
7.
8.
9.
não podendo ser esvaziados ou reaproveitados;
Não deve se haver contato com as mãos e a tampa de isolamento;
...
of 2

Pop uso e descarte de material perfurocortante

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Pop uso e descarte de material perfurocortante

  • 1. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO PARA O DESCARTE DE LIXOS E MATERIAIS PERFUROCORTANTES Cód. Versão: 01 Páginas: Anexo: 02 Elaborado por: Fabiana Trento de O. Ângelo Farmacêutica Responsável Aprovado por: Herli Terezinha da Silva Farmacêutica Data de Elaboração 01/11/2010 Data de revisão: 01/11/2011 1- OBJETIVO Padronizar o descarte de lixo comum, materiais biológico e não biológico e perfurocortantes. 2- RESPONSABILIDADES Farmacêuticos e auxiliares de farmácia que receberam o treinamento. 3- MATERIAIS Caixa de descarte (descartex®) Recipiente para lixo seco Recipiente para lixo orgânico Saco plástico de cor azul para lixo seco Saco plástico de cor preta para lixo orgânico Saco plástico de cor branca (lixo Hospitalar) para lixos contaminados como: luvas, máscaras, seringas. 4-DEFINIÇÕES Segundo as legislações sanitárias e ambientais, os objetos perfurocortantes incluem lâminas de barbear, bisturis, agulhas, escalpes, ampolas de vidro, vidrarias, lancetas e outros assemelhados, contaminados ou não por agentes químicos ou biológicos. Cabe ao profissional a segregação (separação), identificação e pré-tratamento de todos os resíduos gerados. 5- PROCEDIMENTOS 1. Após utilizar o material perfurocortante descartar imediatamente na caixa de descarte (descartex®) que devem estar localizadas o mais próximo possível do local de uso; 2. Não quebrar, entortar ou recapear agulhas ou qualquer material perfurocortante após o uso; 3. Não é permitido retirar manualmente a agulha da seringa. Caso seja indispensável, a sua retirada só é permitida utilizando-se procedimento mecânico; 4. No caso das seringas de vidro, é necessário descartar a seringa juntamente com a agulha; 5. Os recipientes devem ser preenchidos somente até dois terços de sua capacidade,
  • 2. 6. 7. 8. 9. não podendo ser esvaziados ou reaproveitados; Não deve se haver contato com as mãos e a tampa de isolamento; A caixa de descarte deve ser fechada e manipulada pelas alças. Armazenar a caixa de descarte na sala de deposito de material de limpeza (DML) até o momento da coleta realizada pela empresa especializada conforme contrato. O controle da coleta bem como o protocolo de entrega a empresa é de responsabilidade do farmacêutico; 10. O lixo seco e orgânico é armazenado na sala de DML até a data de coleta realizada pela prefeitura municipal e o orgânico até a coleta realizada pela empresa especializada conforme contrato; 6- CONSIDERAÇÕES GERAIS Localização dos recipientes de coleta de lixo: Sala administrativa: Lixo seco; Sala de Serviços Farmacêuticos: Lixo biológico, perfurocortantes, e lixo seco; Sanitário: Lixo Orgânico Todos os recipientes receberam identificação externa do tipo de lixo a ser coletado. É necessário descartar o material perfurocortante em recipientes de paredes rígidas, com tampa e resistentes à esterilização. O uso de Luvas descartáveis é imprescindível durante a manipulação de objetos perfurocortantes e as mesmas devem ser descartadas junto ao lixo biológico contaminantes 7- REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA Desenvolvimento Local Identificação do Funcionário Declaro através da minha assinatura ter recebido as informações citadas acima. ________________________________ Fabiana Trento de Oliveira Ângelo Farmacêutica Responsável CRF/PR 14341 Data

Related Documents