Vinha de Luz – 89 Psicografia de Francisco C. Xavier/ Emmamuel Na intimidade do ser
“ Vós, pois, eleitos de Deus, santos e amados, revesti-vos de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansid...
Indubitavelmente, não basta apreciar os sentimentos sublimes que o Cristianismo inspira.
É indispensável revestirmo-nos deles.
O apóstolo não se refere a raciocínio. Fala de profundidade.
O problema não é de pura cerebração.
É de intimidade do ser.
Alguém que possua roteiro certo do caminho a seguir, entre multidões que o desconhecem, é naturalmente eleito para adminis...
Detendo tão copiosa bagagem de conhecimentos, acerca da eternidade, o cristão legítimo é pessoa indicada a proteger os in...
Imprescindível é que estejamos revestidos de “entranhas de misericórdia” para enfrentarmos, com êxito, os perigos crescent...
...o orgulho, a fim de renunciar a seus propósitos infelizes, não entende senão a humildade.
Sem espírito fraternal, é impossível quebrar o escuro estilete do egoísmo.
É necessário dilatar sempre as reservas de sentimento superior, de modo a avançarmos, vitoriosamente na senda da ascensão.
Os espíritas sinceros encontrarão luminoso estímulo nas palavras de Paulo.
Alguns companheiros por certo observarão em nossa lembrança mero problema de fé religiosa, segundo o seu modo de entender;
...todavia, entre fazer psiquismo por alguns dias e solucionar questões para a vida eterna, há sempre considerável diferen...
Tu não és força nêurica somente, Movimentando células de argila, Lama de sangue e cal que se aniquila Nos abismos do Nada ...
of 17

Na intimidade do ser

Esta palestra pertence ao Grupo Espirita Cristão de Conceição de Jacarei, Angra dos Reis, Rio de Janeiro
Published on: Mar 3, 2016
Published in: Spiritual      Technology      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Na intimidade do ser

  • 1. Vinha de Luz – 89 Psicografia de Francisco C. Xavier/ Emmamuel Na intimidade do ser
  • 2. “ Vós, pois, eleitos de Deus, santos e amados, revesti-vos de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade.” - Paulo (Colossenses, 3:12.)
  • 3. Indubitavelmente, não basta apreciar os sentimentos sublimes que o Cristianismo inspira.
  • 4. É indispensável revestirmo-nos deles.
  • 5. O apóstolo não se refere a raciocínio. Fala de profundidade.
  • 6. O problema não é de pura cerebração.
  • 7. É de intimidade do ser.
  • 8. Alguém que possua roteiro certo do caminho a seguir, entre multidões que o desconhecem, é naturalmente eleito para administrar a orientação.
  • 9. Detendo tão copiosa bagagem de conhecimentos, acerca da eternidade, o cristão legítimo é pessoa indicada a proteger os interesses espirituais de seus irmãos na jornada evolutiva; no entanto, é preciso encarecer o testemunho, que não se limita à fraseologia brilhante.
  • 10. Imprescindível é que estejamos revestidos de “entranhas de misericórdia” para enfrentarmos, com êxito, os perigos crescentes do caminho. O mal, para ceder terreno, compreende apenas a linguagem do verdadeiro bem;
  • 11. ...o orgulho, a fim de renunciar a seus propósitos infelizes, não entende senão a humildade.
  • 12. Sem espírito fraternal, é impossível quebrar o escuro estilete do egoísmo.
  • 13. É necessário dilatar sempre as reservas de sentimento superior, de modo a avançarmos, vitoriosamente na senda da ascensão.
  • 14. Os espíritas sinceros encontrarão luminoso estímulo nas palavras de Paulo.
  • 15. Alguns companheiros por certo observarão em nossa lembrança mero problema de fé religiosa, segundo o seu modo de entender;
  • 16. ...todavia, entre fazer psiquismo por alguns dias e solucionar questões para a vida eterna, há sempre considerável diferença. Emmanuel
  • 17. Tu não és força nêurica somente, Movimentando células de argila, Lama de sangue e cal que se aniquila Nos abismos do Nada eternamente; És mais, és muito mais, és a cintila Do Céu, a alma da luz resplandecente, Que um mistério implacável e inclemente Amortalhou na carne atra e intranqüila. Apesar das verdades fisiológicas, Reflexas das ações psicológicas, Nas células primeiras da existência, És um ser imortal e responsável, Que tens a liberdade incontestável E as lições da verdade na consciência. Augusto dos Anjos Fonte: XAVIER, Francisco C. Xavier Parnaso de Além-Túmulo . 16. ed., Rio de Janeiro Ao homem

Related Documents