Pretérito mais-que-perfeito simples do indicativo<br />
Faculdade de Letras da Universidade do PortoCurso de Português Língua EstrangeiraAno Lectivo: 2009/2010Semestre: 1 Nível: ...
Formação<br />Forma-se a partir do tema do pretérito perfeito simples do indicativo, juntando-se as terminações. <br />(= ...
Usos<br />Usa-se para indicar uma acção que ocorreu antes de outra acção já passada.<br />a. «Contou que faltara no ano an...
c. «No ano seguinte, ela não apareceu no baile. Ele ficou o tempo todo à procura, um havaiano desconsolado. (…) Passara um...
O pretérito-mais-que-perfeito pode ainda denotar:<br />1. Um facto vagamente situado no passado:<br />Marcelãocasara, tive...
3. Em certas construções exclamativas:<br /><ul><li>Quem dera que ela não me tivesse esquecido! – pensou, amargurado, Marc...
Pudera! Com aquela variedade de disfarces, quem não se entusiasmaria?
of 9

Mais que Perfeito Simples do Indicativo

Published on: Mar 4, 2016
Published in: Technology      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Mais que Perfeito Simples do Indicativo

  • 1. Pretérito mais-que-perfeito simples do indicativo<br />
  • 2. Faculdade de Letras da Universidade do PortoCurso de Português Língua EstrangeiraAno Lectivo: 2009/2010Semestre: 1 Nível: BAula nº: 23Data: 20-01-2010Professora: Leila Silva<br />
  • 3. Formação<br />Forma-se a partir do tema do pretérito perfeito simples do indicativo, juntando-se as terminações. <br />(= sufixo temporal –ra + desinências pessoais)<br />
  • 4.
  • 5. Usos<br />Usa-se para indicar uma acção que ocorreu antes de outra acção já passada.<br />a. «Contou que faltara no ano anterior porque a avó morrera, logo no Carnaval».<br />b. «O Marcelãoanunciara que levaria várias garrafas presas nas pernas, escondidas sob as calças da fantasia de sultão».<br />
  • 6. c. «No ano seguinte, ela não apareceu no baile. Ele ficou o tempo todo à procura, um havaiano desconsolado. (…) Passara um ano inteiro pensando nela, às vezes tirando o leque do seu esconderijo para cheirá-lo, antegozando o momento de encontrá-la outra vez no baile».<br />
  • 7. O pretérito-mais-que-perfeito pode ainda denotar:<br />1. Um facto vagamente situado no passado:<br />Marcelãocasara, tivera filhos, mas isso não fora suficiente para esquecer Janice.<br />Afinal também ela não conseguira esquecê-lo.<br />2. Um facto passado em relação ao momento presente, quando se deseja atenuar uma afirmação ou um pedido:<br />Janicefora até à porta para convencê-lo a dançar com ela.<br />
  • 8. 3. Em certas construções exclamativas:<br /><ul><li>Quem dera que ela não me tivesse esquecido! – pensou, amargurado, Marcelão.
  • 9. Pudera! Com aquela variedade de disfarces, quem não se entusiasmaria?
  • 10. Tomara que aquela noite durasse para sempre! – sonhou o Marcelão.</li></li></ul><li>Nota<br />O pretérito-mais-que-perfeitosimples do indicativo tem um uso muito restrito actualmente, sendo especialmente utilizado na linguagem literária. <br /> Na linguagem corrente, é sobretudo usado o pretérito mais-que‑perfeitocomposto (ex. eu tinha cantado…).<br />

Related Documents