PRÉ-HISTÓRIA NO BRASIL
 
 
 
 
TRADIÇÃO HUMAITÁ <ul><li>“ É caracterizada por instrumentos morfologicamente maciços sobre uma massa central (blocos ou se...
TRADIÇÃO UMBU <ul><li>“ É caracterizada pela presença de pontas de projétil e de uma indústria lítica com lascas retocadas...
<ul><li>Pedra de Boleadeira </li></ul><ul><li>Objeto esferóide em pedra, levemente alongado nos pólos, de época indetermin...
<ul><li>Ponta de Projétil </li></ul><ul><li>Objeto em pedra, do período da Pré-história brasileira, utilizado para a caça ...
<ul><li>Pontas de projéteis Umbu. Instrumentos utilizados pelos grupos caçadores-coletores-pescadores do sul do Brasil. Fo...
POVOS DOS SAMBAQUIS <ul><li>Colar de conchas encontrado em contexto funerário em sítios do tipo Sambaqui. Foto: Wagner Sou...
 
Detalhe de sambaqui em Laguna, Santa Catarina. Foto: Silvia Futada, 2009.
Sambaqui. Foto: Paulo De Blasis.
<ul><li>Zoólito </li></ul><ul><li>Estilização de duas aves geminadas ou de pássaros bicéfalos. Objeto da Pré-história bras...
TRADIÇÃO NORDESTE <ul><li>A maior concentração de sítios arqueológicos no Brasil encontra-se no Parque Nacional da Serra ...
Serra da Capivara -PI
Nicho policrômico - Toca do Boqueirão da Pedra Furada.
 
 
 
INGÁ-PB
INGÁ-PB
CULTURA MARAJOARA <ul><li>Pesquisas arqueológicas comprovam que a região amazônica já era habitada por povos caçadores-col...
 
Urna funerária Marajoara.
of 26

Pré-História no Brasil

Pré-História no Brasil
Published on: Mar 4, 2016
Published in: Education      Travel      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Pré-História no Brasil

  • 1. PRÉ-HISTÓRIA NO BRASIL
  • 6. TRADIÇÃO HUMAITÁ <ul><li>“ É caracterizada por instrumentos morfologicamente maciços sobre uma massa central (blocos ou seixos), sendo normalmente desprovida de pontas de projétil de pedra”. (Prous, p.156). </li></ul>
  • 7. TRADIÇÃO UMBU <ul><li>“ É caracterizada pela presença de pontas de projétil e de uma indústria lítica com lascas retocadas. O retoque é freqüentemente feito com cuidado, podendo ocupar toda a superfície de uma ou de ambas as faces da lasca. Os portadores desta indústria parecem ter ocupado as regiões menos arborizadas; realizando raras incursões nas encostas do planalto, chegaram até o litoral em pelo menos dois pontos. Tardiamente, parece que se espalharam por vários vales, influenciando no Rio Grande do Sul portadores da outra tradição (Humaitá), que adotaram as pontas de flecha”. (Prous, p.149). </li></ul>
  • 8. <ul><li>Pedra de Boleadeira </li></ul><ul><li>Objeto esferóide em pedra, levemente alongado nos pólos, de época indeterminada, pertencente á tradição Umbu ou Vieira. Era a arma típica dos Minuanos e Charruas. Cada uma das três bolas que formavam uma “boleadeira” era presa à extremidade de uma longa fibra vegetal e, mais tarde, a uma trança de couro. A peça é procedente do Rio Grande do Sul. </li></ul>
  • 9. <ul><li>Ponta de Projétil </li></ul><ul><li>Objeto em pedra, do período da Pré-história brasileira, utilizado para a caça e a guerra, com comprimento de 3,1 cm, e largura 1,8 cm, pertencente à cultura Umbu. A peça é originária do Vale do Rio Uruguai, no Rio Grande do Sul. </li></ul>
  • 10. <ul><li>Pontas de projéteis Umbu. Instrumentos utilizados pelos grupos caçadores-coletores-pescadores do sul do Brasil. Foto: Wagner Souza e Silva (MAE/USP) </li></ul>
  • 11. POVOS DOS SAMBAQUIS <ul><li>Colar de conchas encontrado em contexto funerário em sítios do tipo Sambaqui. Foto: Wagner Souza e Silva (MAE/USP) </li></ul>
  • 13. Detalhe de sambaqui em Laguna, Santa Catarina. Foto: Silvia Futada, 2009.
  • 14. Sambaqui. Foto: Paulo De Blasis.
  • 15. <ul><li>Zoólito </li></ul><ul><li>Estilização de duas aves geminadas ou de pássaros bicéfalos. Objeto da Pré-história brasileira, no formato de uma chávena, pertencente à cultura Sambaqui, originário do município litorâneo gaúcho de Torres. </li></ul><ul><li>Há várias hipóteses sobre a destinação dos zoólitos. Eram usados como instrumento cerimonial, como pira, morteritos com chávena para queimar pó excitante ou pulverização de substâncias narcotizantes. </li></ul>
  • 16. TRADIÇÃO NORDESTE <ul><li>A maior concentração de sítios arqueológicos no Brasil encontra-se no Parque Nacional da Serra da Capivara , em São Raimundo Nonato, Piauí. Com mais de setecentos sítios, o local é considerado pela Organização das Nações Unidas (ONU), patrimônio cultural da humanidade. </li></ul>
  • 17. Serra da Capivara -PI
  • 18. Nicho policrômico - Toca do Boqueirão da Pedra Furada.
  • 22. INGÁ-PB
  • 23. INGÁ-PB
  • 24. CULTURA MARAJOARA <ul><li>Pesquisas arqueológicas comprovam que a região amazônica já era habitada por povos caçadores-coletores há cerca de 12 mil anos. Por voltas de 2000 a.C., alguns desses povos descobriram a agricultura e a arte da cerâmica. Entre os anos 1000 a.C e 1000 d.C., surgiram ali sociedades mais complexas, com uma organização social hierárquica e um artesanato altamente desenvolvido. </li></ul>
  • 26. Urna funerária Marajoara.