Instalações Elétricas Prediais9/23/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 1
Nesta seção os seguintes assuntos serão abordados: Cargas de iluminação Cargas de tomadas - TUG´s Car...
PREVISÃO DE CARGAS ILUMINAÇÃO RESIDENCIAL De acor...
PREVISÃO DE CARGAS ILUMINAÇÃO COMERCIAL De aco...
TUG – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Geral R...
TUG – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Geral RESID...
TUG – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Geral COM...
TUG – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Geral CONDOMÍ...
FATOR DE PREVISÃO DE CARGAS POTÊNCIA CARGAS EM GERAL ...
TUE – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Específico RESIDENCIAL E COMERCIAL ...
TUE – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Específico RESIDENCIAL E C...
TUE – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Específico RESIDENCIAL E...
TUE – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Específico RESID...
JANELA PREVISÃO DE CARGAS AR-...
SPLIT PREVISÃO DE CARGAS AR-C...
SELF-CONTAINED PREVISÃO DE CARGAS ...
PREVISÃO DE CARGAS CHILLER AR-CONDICIONADO Capacidade Potência ...
of 17

Prevcargas

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Prevcargas

  • 1. Instalações Elétricas Prediais9/23/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 1
  • 2. Nesta seção os seguintes assuntos serão abordados: Cargas de iluminação Cargas de tomadas - TUG´s Cargas de tomadas - TUE´s Ar-condicionado28/7/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 2
  • 3. PREVISÃO DE CARGAS ILUMINAÇÃO RESIDENCIAL De acordo com NBR 5410: 5410: ILUMINAÇÃO INCANDESCENTE Ambiente W/m² S ≤ 6m², pelo menos 1 ponto de 100VA Sala, cozinha 20 a 25 S > 6m², 100VA para os primeiros BWC, circulação 10 a 15 6m² e acrescenta-se 60VA para Garagem 5 a 10 cada 4m² de acréscimo de área Quarto 10 a 15 Obs. : Este é um critério mínimo e obrigatório ILUMINAÇÃO FLUORESCENTE Ambiente W/m² Método do w/m² Salas, escritórios, quartos, 8 copas e cozinhas P (W)= s(m²) x FATOR, onde o Outras dependências 4 fator vem das tabelas:23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 3
  • 4. PREVISÃO DE CARGAS ILUMINAÇÃO COMERCIAL De acordo com NBR 5410 Deve-se fazer cálculo luminotécnico Método do W/m² P (W)= s(m²) x FATOR, onde o fator vem da tabela: Tipo W/m² Incandescente 30 Fluorescente 1223/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 4
  • 5. TUG – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Geral RESIDENCIAL De acordo com NBR 5410: 5410: 1.Banheiros → um ponto de 600VA junto a pia/lavatório. 2.Cozinhas, copas, copas-cozinhas, áreas de serviço, lavanderias e similares → um ponto de tomada a cada 3,5m ou fração de perímetro. Obs.: Para os ambientes citados em 1 e 2 deve-se considerar os três primeiros pontos de 600VA e os adicionais de 100VA considerando-se cada ambiente separadamente. Obs. 2: Caso o total de pontos seja superior a seis considera-se em cada ambiente os dois primeiros pontos de 600VA e os adicionais de 100VA.23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 5
  • 6. TUG – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Geral RESIDENCIAL De acordo com NBR 5410: 5410: 3.Salas e dormitórios → um ponto de 100VA a cada 5m ou fração de perímetro. 4.Em varandas → um ponto de 100VA. 5.Em varandas com área inferior a 2m² ou profundidade menor que 0,80m → um ponto de 100VA, sendo que tal ponto poderá estar instalado fora desta mas próximo ao seu acesso. 5.Outros ambientes: a. Com área igual ou inferior a 2,25m² → um ponto de 100VA. b. Com área entre 2,25m² e 6m² → um ponto de 100VA. c. Com área superior a 6m²→ um ponto de 100VA a cada 5m ou fração de perímetro.23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 6
  • 7. TUG – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Geral COMERCIAL CRITÉRIO DO PROJETISTA LOJAS ESCRITÓRIOS 1uma tomada a cada 30m², ou S ≤ 40m², o maior valor entre: uma tomada a cada 3m, ou fração, de área; fração, de perímetro; tomadas para ligação de uma tomada a cada 4m², ou fração, de área. lâmpadas, tomadas de vitrines e S > 40m² demonstração de aparelhos. 10 tomadas para os primeiros 40m², mais; 1 tomada para cada 10m², ou fração, de área. A POTÊNCIA MÍNIMA DAS TUG´S SERÁ 200VA23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 7
  • 8. TUG – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Geral CONDOMÍNIO Deve ser prevista pelo Deve ser prevista menos 1 TUG em cada um quantidade adequada de dos seguintes ambientes: TUG´s para os seguintes •Halls de serviço ambientes: •Salas de manutenção •Halls Sociais •Salas de equipamentos •Salão de festas •Salas de bombas •Copa •Barriletes •Garagem A POTÊNCIA MÍNIMA DO CIRCUITO DESTAS TUG´S SERÁ 1000VA23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 8
  • 9. FATOR DE PREVISÃO DE CARGAS POTÊNCIA CARGAS EM GERAL Tabela 1 Fator de potência em aparelhos Carga Cos ϕ Iluminação Incandescente 1,0 Iluminação fluorescente 0,8 Chuveiro, Torneira Elétrica 1,0 Outros equipamentos resistivos 1,0 Motores 0,8 MLL, MO, MLR, etc 0,8 TUG’s em geral 0,8 Obs. 1: Quando tivermos um catálogo do aparelho em mãos deve-se utilizar o fator de potência indicado neste. Obs. 2: Quando as cargas são dadas em VA (potência APARENTE) NÃO É NECESSÁRIO APLICAR A TABELA ACIMA.23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 9
  • 10. TUE – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Específico RESIDENCIAL E COMERCIAL TUE’s alimentam aparelhos com corrente ≥10A (≈1000VA). Deve possuir circuito exclusivo. A TUE deverá estar a no máximo 1,5m do local de instalação do aparelho. Para instalações comerciais o ar-condicionado é a mais importante TUE a ser considerada A tabela a seguir mostra as potências dos principais equipamentos de uso residencial:23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 10
  • 11. TUE – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Específico RESIDENCIAL E COMERCIAL Aparelho Potência (W) Chuveiro 2500W a 7500W Torneira Elétrica 4400W a 5400W Aquecedor de água tipo boiler 50 a 175l 1500W 200 a 250l 2000W 300l 4500W 400l 6000W 500l 7500W Aquecedor de água de passagem 4800W a 9000W Aquecedor de ambiente 750W a 1500W Geladeira 60W a 120W Freezer 80W a 250W23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 11
  • 12. TUE – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Específico RESIDENCIAL E COMERCIAL Aparelho Potência (W) Fogão Elétrico 2900W a 7400W Exaustor 165W a 340W Forno Elétrico 800W a 2440W Forno de microondas 700 a 1100W Máquina de Lavar Pratos 1220W a 2200W Máquinas de Lavar Roupas 500W a 1900W Secadora de Roupas 2000W Televisor 30W a 120W TV de Plasma 200W a 300W Vídeo Casete 25W DVD 25W Home-theater 100W a 400W Aparelho de som 100W a 600W23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 12
  • 13. TUE – Tomadas de PREVISÃO DE CARGAS Uso Específico RESIDENCIAL E COMERCIAL Aparelho Potência (W) Triturador de Lixo 500W a 870W Ventilador 30W a 60W Lavadora de pressão 1100W a 1700W Liquidificador 350W a 750W Batedeira 300W Ferro de Passar Roupas 1200W a 1440W Microcomputador 300W a 400W Impressora jato de tinta 50W a 100W Impressora laser 200W a 800W23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 13
  • 14. JANELA PREVISÃO DE CARGAS AR-CONDICIONADO Capacidade Potência 7.500 btu/h 740W 10.000 btu/h 950W 12.000 btu/h 1220W Estimativa de Carga: 18.000 btu/h 1920W CT= 600 x S 21.000 btu/h 2260W 30.000 btu/h 3150W CT – Carga Térmica (btu/h) S – Área (m²)23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 14
  • 15. SPLIT PREVISÃO DE CARGAS AR-CONDICIONADO Capacidade Potência 7.000 btu/h 740W 9.000 btu/h 950W 11.500 btu/h 1260W 18.000 btu/h 1890W 22.000 btu/h 2490W 24.000 btu/h 2468W 30.000 btu/h 3092W 36.000 btu/h 3920W 48.000 btu/h 4150W 60.000 btu/h 5270W23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 15
  • 16. SELF-CONTAINED PREVISÃO DE CARGAS AR-CONDICIONADO Capacidade Potência 3 TR 4,8 kW 4 TR 6,8 kW 5 TR 6,9 kW 7,5 TR 10 kW 10 TR 13,7 kW 12,5 TR 17,3 kW 15 TR 19,8 kW 1TR = 12.000btu/h23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 16
  • 17. PREVISÃO DE CARGAS CHILLER AR-CONDICIONADO Capacidade Potência 20 TR 21,6 kW 30 TR 32,9 kW 40 TR 43,2 kW 60 TR 65,8 kW 1TR 12.000btu/h23/9/2010 UTFPR – Campus Curitiba – DAELT – Instalações Prediais 17

Related Documents