POLITICA AMBIENTALPOLITICAAMBIENTAL Instituto Nordeste Cidadania 1
A Politica Ambiental do Instituto Nordeste Cidadania foi construída com as mãos de todos que trabalham no Instituto....
POLITICA AMBIENTALSumário Preâmbulo 4 Política Ambiental ...
PreâmbuloO Instituto Nordeste Cidadania - INEC, atento ao que a comunidadecientífica e ambientalistas vêm alertando há ano...
POLITICA AMBIENTALPolítica Ambiental O Instituto Nordeste Cidadania assume o compromisso de estabelecer políticas e ...
Princípios ÉticosAs diretrizes apontadas pela Politica Ambiental trazem como referencialde valores, a Vida em todas as sua...
POLITICA AMBIENTALDiretrizes Para efetivar a política ambiental, é necessário traduzir os princípiosem diretrizes, de tal...
gerar energia o que em tempos de mudanças climáticas e de aceleradocrescimento do país exige a adoção de fontes alternativ...
POLITICA AMBIENTALV. Educação dos funcionários para a SustentabilidadeFritjof Capra diz que “uma comunidade humana sustent...
Sistema de Gestão AmbientalA partir das diretrizes estabelecidas, foram elaboradas de formaparticipativa e dialógica, pelo...
POLITICA AMBIENTALIII. Realizar a análise da água consumida.IV. Substituir a compra de água mineral pela implantação de pu...
VIII. Instalação de sensores de presença nos banheiros e circulações dasede.IX. Desligamento dos estabilizadores / nobreak...
POLITICA AMBIENTALXIII. Orientar funcionários sobre as trocas de óleo das motos.XIV.Distribuiro‘reciclóleo’ paraos funcion...
X. Realizar periodicamente, para todos os parceiros, capacitação comtemas voltados para sustentabilidade.XI. Realizar peri...
POLITICA AMBIENTAL “O panorama econômico mundial é uma demonstração da crisecivilizatória da modernidade...
Instituto Nordeste Cidadania Av. Dedé Brasil, 3500 - Itaperi CEP: 60.714-242 - Fortaleza - Ceará ...
of 16

Política Ambiental do Instituto Nordeste Cidadania

Projeto Gráfico e diagramação da Política Ambiental do Instituto Nordeste Cidadania.
Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Política Ambiental do Instituto Nordeste Cidadania

  • 1. POLITICA AMBIENTALPOLITICAAMBIENTAL Instituto Nordeste Cidadania 1
  • 2. A Politica Ambiental do Instituto Nordeste Cidadania foi construída com as mãos de todos que trabalham no Instituto. É um passo importante para a integração entre palavras, sentimentos e ações em prol da vida, buscando, conforme a missão, potencializar a força coletiva e promover o respeito à vida. A Política Ambiental representa o cultivo de uma semente de cuidado com a terra, os nossos hábitos, o nosso consumo e as nossas práticas diárias, para que possamos deixar uma pegada de amor à natureza por onde estivermos. Essa é grande marca que o Instituto Nordeste Cidadania quer deixar: uma Política Ambiental que fique nos corações e ações de todos que fazem parte dessa família, do assessor de crédito ao coordenador e dos assessores que trabalham nas comunidades, cultivando um jeito de estar no planeta que pensa nas futuras gerações. Cássia Regina Xavier de Andrade Presidenta do Instituto Nordeste Cidadania2
  • 3. POLITICA AMBIENTALSumário Preâmbulo 4 Política Ambiental 5 Princípios Éticos 6 Diretrizes 7 Sistema de Gestão Ambiental 10 3
  • 4. PreâmbuloO Instituto Nordeste Cidadania - INEC, atento ao que a comunidadecientífica e ambientalistas vêm alertando há anos sobre a necessidade demudanças substanciais no comportamento do homem em sua relação coma natureza, estabelece como eixo fundamental de suas ações, a mudançaparadigmática, onde a visão cartesiana sai de cena e entra a percepçãode que vivemos numa teia de relações onde todos estão interconectados.Frijtjof Capra diz que “os princípios sobre os quais se erguerão as nossasfuturas instituições sociais terão de ser coerentes com os princípios deorganização que a natureza fez evoluir para sustentar a teia da vida. Paratanto, é essencial que se desenvolva uma estrutura conceitual unificadapara a compreensão das estruturas materiais e sociais”.A excessiva extração dos recursos naturais e sua consequente degradaçãotêm trazido inúmeros problemas ambientais, causando um impasse paraa Humanidade: ou mudamos as nossas condutas com relação à naturezaou estaremos decretando o fim da vida sobre a Terra.O INEC, sensível a esta assertiva, estabeleceu como marcos conceituaisde ação, os referenciais teóricos e práticos da Permacultura e a EducaçãoBiocêntrica, ambas fortemente pautadas nos princípios da Ecologia,tendo como princípio norteador a própria Vida. Ambas têm orientadoações institucionais e projetos de fortalecimento comunitário.Alicerçado nesses princípios, o INEC almeja ser reconhecido como umainstituição que se preocupa com a qualidade de vida, a preservação econservação ambiental. Seu objetivo é buscar ser referência em práticasambientalmente adequadas, aprendidas, construídas e desenvolvidasdentro de seus próprios espaços, num processo dialógico intermitente.Por essa razão, declara sua Política Ambiental, com o comprometimentode todos que o compõem, em implantá-la dentro dos preceitos dalegislação, dos valores éticos e das premissas de melhoria contínua do seudesempenho ambiental.4
  • 5. POLITICA AMBIENTALPolítica Ambiental O Instituto Nordeste Cidadania assume o compromisso de estabelecer políticas e assegurar práticas ambientais ecologicamente sustentáveis em seus diversos campos de ação e desenvolver ações que promovam conhecimento, habilidades e valores voltados à conservação e preservação dos recursos naturais, à solução dos impactos causados ao meio ambiente, em síntese, ao bem estar da comunidade. 5
  • 6. Princípios ÉticosAs diretrizes apontadas pela Politica Ambiental trazem como referencialde valores, a Vida em todas as suas profundas interconexões. Cientes deque o alicerce que deverá conduzir a manutenção e o equilíbrio destasinterconexões é o cuidado em suas múltiplas dimensões, os funcionáriosdo INEC, de forma participativa, criaram o código de ética ambiental,descrito abaixo: Código de Ética Ambiental Assumir a responsabilidade individual de cuidar e preservar todo o ambiente; Respeitar a si mesmo, ao outro e ao ambiente; Evitar o desperdício e otimizar recursos; Ser educador e multiplicador da Política Ambiental do INEC; Manter o ambiente limpo e organizado; Reutilizar materiais; Implantar o conceito de resiliência em todos os processos de trabalho.6
  • 7. POLITICA AMBIENTALDiretrizes Para efetivar a política ambiental, é necessário traduzir os princípiosem diretrizes, de tal forma que conduzam às ações operacionais. Nessecontexto, são apresentadas seis diretrizes cujas seções orientam oscaminhos para responder à missão e aos propósitos da gestão ambientaldo INEC.I. Relação Parceiros e FornecedoresAs boas práticas de sustentabilidade requerem diálogo e observância deações que estejam ligadas ao negócio e, de alguma forma, possam causarimpacto social e ambiental.Nesse contexto, além de atentar para as suas próprias operações, oINEC considera também os aspectos de sustentabilidade relevantesem sua cadeia produtiva. Na relação com seus fornecedores e parceirosestabelecerá canais e processo de diálogo sobre estes aspectos relevantescom vistas à sustentabilidade.Os critérios de avaliação dos parceiros e fornecedores deverão contemplar,além de sua capacidade técnica e eficiência administrativa, congruênciacom os valores éticos e ecológicos.II. Água A água é de fundamental importância para a vida de todas as espécies,por isso o INEC compromete-se em estabelecer normas de conduta queorientem o uso racional da água e o seu reuso através de implantação detecnologias sustentáveis de baixo custo, e facilmente replicáveis.III. EnergiaNo Brasil, mais de 90% da energia é produzida nas hidrelétricas, quedependem de água em níveis adequados em seus reservatórios para 7
  • 8. gerar energia o que em tempos de mudanças climáticas e de aceleradocrescimento do país exige a adoção de fontes alternativas para geraçãode energia. Partindo dessa premissa o INEC implementará em sua sedetecnologias sustentáveis que visem a economia de energia e a captaçãode energias renováveis.IV. Resíduos SólidosA solução para os problemas de gerenciamento de resíduos não deveser delegada a um único tipo de sistema de eliminação, mas a uma redeintegrada de medidas capazes de satisfazer as necessidades da eliminação,a curto e a médio prazo.A hierarquia dos princípios de Sistemas de Gerenciamento Integradode Resíduos (SIGR) ideal é baseada no que se denomina de Quatro R’s:Redução, Recuperação, Reutilização e Reciclagem (do material ou daenergia). A disposição final em um aterro significa que o lixo ou frações deleé considerado inaproveitável. Consequentemente, um SIGR apropriadodeve minimizar os resíduos duplamente, ou seja, deve minimizar ovolume de resíduos depositados em aterros, bem como a periculosidadedos mesmos.A prevenção, em matéria de resíduos, deve permanecer como prioridade,seguida pelo reaproveitamento (considerado em suas três dimensões:reutilização, reciclagem e recuperação de energia) e, finalmente, aeliminação segura de resíduos (limitada àqueles para os quais não existirmais possibilidade de reaproveitamento).Ciente do montante de resíduos sólidos gerados por suas atividadescotidianas e o impacto ambiental conseqüente, o INEC compromete-se aimplantar em seus processos de trabalho um sistema de coleta seletiva edevido encaminhamento.8
  • 9. POLITICA AMBIENTALV. Educação dos funcionários para a SustentabilidadeFritjof Capra diz que “uma comunidade humana sustentável terá queser planejada de maneira tal que os seus estilos de vida, tecnologias einstituições sociais respeitem, apoiem e cooperem com a capacidadeinerente da natureza de manter a vida” Ou seja, a base para essa mudançaé o cultivo de valores e atitudes baseadas num paradigma sistêmico porpermitir a visão do todo, ao mesmo tempo em que estimula uma posturaambientalmente responsável. Isto porque uma vez internalizados, novosvalores e atitudes tornam-se práticas cotidianas. O Programa Contínuo de Educação para a Sustentabilidade do INEC seconfigura com o principal instrumento para o estabelecimento concretodessa mudança permitindo que seus funcionários tenham acesso àsinformações sobre o panorama atual da questão ambiental através decursos, círculos de cultura , palestras interativas, capacitações, vivênciase outros.Todo o programa de Educação Ambiental deve ser cultivado, vivenciado epraticado nos Espaços Nordeste, Postos do Crediamigo e do Agroamigo,Espaços de Leitura e em todas as ações do INEC, com amplas possibilidadesde integrar a comunidade em ações voltadas para o meio ambiente. 9
  • 10. Sistema de Gestão AmbientalA partir das diretrizes estabelecidas, foram elaboradas de formaparticipativa e dialógica, pelos funcionários do INEC, uma série de ações,por eixos temáticos, que permitirão o pleno funcionamento do sistema degestão ambiental na sua sede.As ações de cada eixo serão acompanhadas por educador(es), nas áreas:Relação de Parceiros e FornecedoresI.Convidar parceiros e fornecedores para as oficinas e palestras deconscientização da política ambiental do INEC para tornarem-semultiplicadores em suas instituições.II.Comprar os produtos de fornecedores ecologicamente corretos.III.Avaliar sempre a relação custo/benefício para efetuar a compra deprodutos mesmo com valor maior, mas que sejam ecologicamentecorretos.IV.Orientar os funcionários para o conhecimento de produtos querespondem a uma política ambiental adequada.V.Criar uma cartilha com as políticas sociais e ambientais para osfornecedores e parceiros.VI. Buscar fornecedores que tenham sensibilidade para a visãoecológica do INEC.Uso Sustentável da ÁguaI. Implantar sistema de captação de água da chuva.II. Realizar estudo de solo para avaliar a possibilidade da construção deum poço.10
  • 11. POLITICA AMBIENTALIII. Realizar a análise da água consumida.IV. Substituir a compra de água mineral pela implantação de purificadores.V. Colocar sensores nas torneiras.VI. Utilizar produtos biodegradáveis.VII. Implantar sistemas de reuso de água;VIII. Realizar permanentemente vistoria de tubulações.EnergiaI. Campanha Carona Amiga: Preocupando-se com as fontes de energia nãorenováveis e poluição do ambiente, a solidariedade entre os funcionáriose mobilidade urbana, criar-se-á uma campanha permanente que incentiveos funcionários a dar carona aos demais colegas que moram próximos asua residência.II. Na sede, instalação de uma manta térmica sob o telhado do galpão paradissipar o calor proveniente dos raios solares, amenizando a temperaturainterna do prédio.III. Instalação de fontes alternativas de energia .IV. Desligamento dos equipamentos durante o horário de almoço.V. Escolha mensal de um colaborador por setor, para ser o responsável deacompanhar e supervisionar as ações implantadas. Com essa prática, ocolaborador poderá implantar em seu cotidiano o hábito do uso racionalda energia elétrica.VI. Criar e incentivar o uso da estufa artesanal ou forno solar.VII. Acionar uma função do computador que reduz o consumo de energia,sem necessitar desligar o equipamento, quando o funcionário se ausentarpor mais de 20 minutos. Esta função pode ser encontrada com as seguintesdenominações: “Hibernar”, “Dormir” ou “Em espera”. 11
  • 12. VIII. Instalação de sensores de presença nos banheiros e circulações dasede.IX. Desligamento dos estabilizadores / nobreaks / Filtro de linha.X. Instalação de janelas e telhas transparentes.XI. Criação de campanha permanente para reduzir o consumo de energia.XII. Desligamento programado dos aparelhos de ar condicionado.XIII. Instalação de mola para fechamento automático das portas.Gestão de Resíduos I. Fazer sensibilização e capacitação sobre resíduos (facilitador do OEA ).II. Implantar a coleta seletiva por setor.III. Criar um vigilante da coleta seletiva por setor.IV. Disseminar a cultura do reaproveitamento antes de descartar.V. Criar uma comissão para acompanhar as ações.VI. Estabelecer parcerias com cooperativas de reciclagem.VII. Implantar, onde couber, o sistema de compostagem para reaproveitamentodo lixo orgânico.VIII. Comprar material de limpeza ecológico em cooperativas ou empresas.IX. Realizar oficinas de reciclagem e reuso de materiais recicláveis.X. Configurar as impressoras para imprimir frente e verso.XI. Avaliar a necessidade de imprimir ou não.XII. Fazer oficinas com os funcionários para produzir material de escritóriocom recicláveis.12
  • 13. POLITICA AMBIENTALXIII. Orientar funcionários sobre as trocas de óleo das motos.XIV.Distribuiro‘reciclóleo’ paraos funcionários earticularoencaminhamentopara empresas que reutilizam o óleo.XV. Utilizar o desfragmentador.XVI. Campanha de doação de caixas de leite para fabricação de mantatérmica e outros fins.XVII. Distribuir sacolinhas de lixo para carro.XVIII. Realizar oficinas de brinquedos de material reciclável.XIX. Implantar ponto de coleta de pilhas e baterias de celular.Educação dos Funcionários para a SustentabilidadeI. Orientar permanentemente os funcionários para evitar o desperdício.II. Envolver as famílias dos funcionários nas ações ambientais.III. Realizar periodicamente ações de sensibilização com mostra de vídeos,textos, palestras e exposição de material educativo.IV. Criar Conselho de Meio de Ambiente do INEC para acompanhamento emonitoramento das ações ambientais.V. Uso da identidade visual para as ações ambientais, a partir dasorientações do manual de uso da marca do INEC.VI. Realizar campanha com troca de boas práticas.VII. Incluir no Plano de Capacitação de Funcionários um módulo sobreEducação Ambiental.VIII. Produzir material educativo com temáticas ambientais.IX. Apresentar as diretrizes ambientais do INEC no processo seletivo defuncionários. 13
  • 14. X. Realizar periodicamente, para todos os parceiros, capacitação comtemas voltados para sustentabilidade.XI. Realizar periodicamente campanhas e gincanas com a temáticaambiental.XII. Eleger, em sistema de rodízio, um responsável por setor, para garantira efetividade da implantação das diretrizes.IX. Fixar cartazes educativos nos locais onde se utiliza água.X. Criar a semana do uso consciente e responsável da água.14
  • 15. POLITICA AMBIENTAL “O panorama econômico mundial é uma demonstração da crisecivilizatória da modernidade saturada, uma vez que está em risco a sobrevivência dos seres e do Planeta em decorrência da intervenção do homem. As catástrofes ambientais passaram a ser preocupação de todos os continentes, uma vez que atingem a ricos e pobres e a todos os países. Emergem, então, movimentos de intelectuais, pensadores, analistas, especialistas, ativistas e a sociedade organizada, que buscam opções para se contraporem a esse estado da realidade, com propostas diferenciadas, novas visões, novas atitudes, renovados conceitos, reciclados valores e ações, numa perspectiva da sustentabilidade”. Lucia Grangeiro 15
  • 16. Instituto Nordeste Cidadania Av. Dedé Brasil, 3500 - Itaperi CEP: 60.714-242 - Fortaleza - Ceará Contatos: (85)3209.9200 comunicacao@inec.org.br www.facebook.com/InstitutoNordesteCidadania twitter.com/instituto_INEC16

Related Documents