Nasceram entre os anos:
1935 e 1960? Somos mais fortes!
Música : Charles Dumont : Une Chanson Avanza con el ratón
Em primeiro lugar, nós sobrevivemos a partos de
mães, que, em sua maior parte, beberam vinho
moderadamente durante a gravi...
Eles tomaram aspirina, comeram comida com
vinagre de vinho, sobremesas, e não
verificaram o grau de diabetes ou colesterol...
Após este trauma .... Dormimos em qualquer lugar, dormimos
com o corpo sobre banco camas em quartos pintado com
chumbo….
E...
Nós não tivemos fechaduras nas portas.
Quando tivemos moto não usávamos
chapéus ou capacetes.
Bebês e crianças eram colocados em veículos sem ar
condicionado, sem cintos de segurança, sem
cadeira para bebês, sem air-...
Viajar na traseira de uma carrinha
em um belo dia ensolarado,
sempre foi uma coisa extraordinária.
Bebíamos água diretamente da fonte,
e depois, na água canalizada das casas,
por canos de chumbo….
Comíamos biscotos, Pao duro, auténtica
manteiga, banha de porco, toucinho. Comiamos
chocolate con acúcar real.
E nao eramo...
PORQUÉ ? ?
Porque nós estávamos sempre em movimento, íamos jogar ao
ar livre ... Saíamos de casa de manhã e brincávamos o dia
todo ao...
Passamos horas construindo nossos
carrinhos de rolamentos e descíamos as
encostas, sem travões. Depois que caiamos
um par ...
Não tivemos Playstations, Nintendo, X-box, iPod ..
Não havia jogos de vídeo, ou 150 canais na TV a
cabo, ou filmes em víde...
Tínhamos amigos!!!!
E saiamos para encontrá-los,
nenhum dos amigos eram desconhecidos de redes
sociais.
Nós trepamos as árvores, fazendo para-
quedas em pano, nós quebramos ossos,
dentes e sem julgamentos sobre o assunto.
Brincamos com jangadas e barcos no rio, fizemos
trenós para deslizar em pistas de neve, nós íamos
para a escola de calções...
Nós fizemos todos os tipos de ferramentas de
bricolage, consideradas perigosas, a partir
das oficinas de nossos pais.
Chupávamos todo o tipo de doçes de coco
(nao de coca)
Nas horas mais quentes, os lavatórios
foram nossas piscinas.
Em quintas, descemos as encostas de
relva em placas de linóleo por meio de
trenós.
Nas noites de pesadas quedas de neve, tivemos
permissão para jogar, o brilho das luzes da rua
cheias de neve, trenós de ma...
E embora nos dissessem que não
podíamos brincar na rua, foi onde
passamos a maior parte do nosso
tempo.
Montávamos as nossas bicicletas sem travões e íamos ate á
casa do nosso amigo do bairro e nem chamávamos por ele á
porta d...
A ideia de que os nossos pais estavam a favor do Conselho de
administração da escola, do professor, da polícia, do
Preside...
Na escola e em casa, nós aprendemos a conviver
respeitando-nos, mesmo que as lutas terminassem
com sangue, nunca apareceu ...
Essas gerações têm dado algumas das melhores
cabeças pensantes e inventores de todos os
tempos, líderes empresariais, muit...
Estes 50 anos foram uma explosão de inovação e
novas ideias.
Tínhamos liberdade e medo do fracasso, de alcançar o
sucesso e as responsabilidades que dai advém e
aprenderam a lidar com...
Se você é um deles, se você se reconhece...
PARABÉNS!
Você pode querer compartilhar isto com outras pessoas que tiveram a oportunidade
de
crescer felizes até que os advogados a...
E que bela era a vida, alegre, às vezes um pouco rude, mas
como éramos felizes!
Você pode enviar esta mensagem para seus filhos, para que eles possam
perceber o destino que seus pais tinham.
Que aprenderam a viver satisfeitos e felizes
com o que tinham…
Textos extraídos de slide:
«Vida de 1935 a 1960 através de fotos da ilha de
Bréhat»
Fotografias tiradas da Internet
Nasceram entre 1935 1960 - somos mais fortes
of 35

Nasceram entre 1935 1960 - somos mais fortes

Published on: Mar 3, 2016
Published in: Entertainment & Humor      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Nasceram entre 1935 1960 - somos mais fortes

  • 1. Nasceram entre os anos: 1935 e 1960? Somos mais fortes! Música : Charles Dumont : Une Chanson Avanza con el ratón
  • 2. Em primeiro lugar, nós sobrevivemos a partos de mães, que, em sua maior parte, beberam vinho moderadamente durante a gravidez.
  • 3. Eles tomaram aspirina, comeram comida com vinagre de vinho, sobremesas, e não verificaram o grau de diabetes ou colesterol. Na verdade, a maioria deles morreram com mais de 85 anos.
  • 4. Após este trauma .... Dormimos em qualquer lugar, dormimos com o corpo sobre banco camas em quartos pintado com chumbo…. Eu tenho que dizer que não me veio à ideia mordiscar restos de pinturas de parede ...
  • 5. Nós não tivemos fechaduras nas portas. Quando tivemos moto não usávamos chapéus ou capacetes.
  • 6. Bebês e crianças eram colocados em veículos sem ar condicionado, sem cintos de segurança, sem cadeira para bebês, sem air-bag….
  • 7. Viajar na traseira de uma carrinha em um belo dia ensolarado, sempre foi uma coisa extraordinária.
  • 8. Bebíamos água diretamente da fonte, e depois, na água canalizada das casas, por canos de chumbo….
  • 9. Comíamos biscotos, Pao duro, auténtica manteiga, banha de porco, toucinho. Comiamos chocolate con acúcar real. E nao eramos obesos.
  • 10. PORQUÉ ? ?
  • 11. Porque nós estávamos sempre em movimento, íamos jogar ao ar livre ... Saíamos de casa de manhã e brincávamos o dia todo ao ar livre, com a condição de estar de volta quando as luzes da rua se acendessem.
  • 12. Passamos horas construindo nossos carrinhos de rolamentos e descíamos as encostas, sem travões. Depois que caiamos um par de vezes, tínhamos aprendido a lidar com os problemas.
  • 13. Não tivemos Playstations, Nintendo, X-box, iPod .. Não havia jogos de vídeo, ou 150 canais na TV a cabo, ou filmes em vídeo ou DVD, nem aparelho de som ou CD, nem telemóvel, nem computador, nem internet.
  • 14. Tínhamos amigos!!!! E saiamos para encontrá-los, nenhum dos amigos eram desconhecidos de redes sociais.
  • 15. Nós trepamos as árvores, fazendo para- quedas em pano, nós quebramos ossos, dentes e sem julgamentos sobre o assunto.
  • 16. Brincamos com jangadas e barcos no rio, fizemos trenós para deslizar em pistas de neve, nós íamos para a escola de calções o tempo todo, saltamos de árvores e barcos, tomamos banhos em rios sem a presença de um salva-vidas sindicalizado.
  • 17. Nós fizemos todos os tipos de ferramentas de bricolage, consideradas perigosas, a partir das oficinas de nossos pais.
  • 18. Chupávamos todo o tipo de doçes de coco (nao de coca)
  • 19. Nas horas mais quentes, os lavatórios foram nossas piscinas.
  • 20. Em quintas, descemos as encostas de relva em placas de linóleo por meio de trenós.
  • 21. Nas noites de pesadas quedas de neve, tivemos permissão para jogar, o brilho das luzes da rua cheias de neve, trenós de madeira feitos no mesmo dia, todo o tempo, com as mãos frias, sem luvas;
  • 22. E embora nos dissessem que não podíamos brincar na rua, foi onde passamos a maior parte do nosso tempo.
  • 23. Montávamos as nossas bicicletas sem travões e íamos ate á casa do nosso amigo do bairro e nem chamávamos por ele á porta da sua casa; Simplesmente entravamos em casa dele e estava tudo bem.
  • 24. A ideia de que os nossos pais estavam a favor do Conselho de administração da escola, do professor, da polícia, do Presidente da câmara contra a gente, era inimaginável.
  • 25. Na escola e em casa, nós aprendemos a conviver respeitando-nos, mesmo que as lutas terminassem com sangue, nunca apareceu facas ou kalachnikovs.
  • 26. Essas gerações têm dado algumas das melhores cabeças pensantes e inventores de todos os tempos, líderes empresariais, muitas vezes auto didatas e com muito bom senso.
  • 27. Estes 50 anos foram uma explosão de inovação e novas ideias.
  • 28. Tínhamos liberdade e medo do fracasso, de alcançar o sucesso e as responsabilidades que dai advém e aprenderam a lidar com tudo isso.
  • 29. Se você é um deles, se você se reconhece... PARABÉNS!
  • 30. Você pode querer compartilhar isto com outras pessoas que tiveram a oportunidade de crescer felizes até que os advogados apareceram para regulamentar tudo.
  • 31. E que bela era a vida, alegre, às vezes um pouco rude, mas como éramos felizes!
  • 32. Você pode enviar esta mensagem para seus filhos, para que eles possam perceber o destino que seus pais tinham.
  • 33. Que aprenderam a viver satisfeitos e felizes com o que tinham…
  • 34. Textos extraídos de slide: «Vida de 1935 a 1960 através de fotos da ilha de Bréhat» Fotografias tiradas da Internet

Related Documents