NA VIDA É MELHOR SEREM DOIS DO QUE UM, TRÊS É
INSUPERÁVEL!
Cotia 05 de janeiro de 2014
Pasto r Carlos Gonçalves
INTRODUÇÃO...
APELO:
1. Ao se casar, não se esqueça de convidar Deus para estar presente.
2. Ao viver o casamento, nunca deixe Deus de f...
of 2

Na vida é melhor serem dois do que um

Published on: Mar 3, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Na vida é melhor serem dois do que um

  • 1. NA VIDA É MELHOR SEREM DOIS DO QUE UM, TRÊS É INSUPERÁVEL! Cotia 05 de janeiro de 2014 Pasto r Carlos Gonçalves INTRODUÇÃO: Texto Bíblico: Eclesiastes 4:9-12 1. A solidão é um problema que acarreta muitos outros problemas:Ninguém é uma ilha, sozinho a vida é cheia de tristezas. O abandono é a pior coisa que pode acontecer a alguém. 2. A solidão se estingue na vida de alguém que desenvolve amizades: O fim da solidão se dá com o início de relacionamentos saudáveis, baseados no amor divino. 3. A solidão desaparece na vida de quem se casa e vive uma vida de casado: O casamento precisa ser o momento de decretação da morte da solidão para um indivíduo; pois o casamento é o mais íntimo, mais prazeroso e o mais intenso dos relacionamentos. I. É MELHOR SEREM DOIS DO QUE UM: A IMPORTÂNCIA DO CASAMENTO – Eclesiastes 4:9-12a 1. É melhor serem dois do que um porque se um cair o outro o ajuda a levantar: Deus fez o homem e a mulher para relacionar-se um com outro; apoiar, ajudar e sustentar-se mutuamente. 2. É melhor serem dois do que um porque se um estiver com frio o outro o aquece: Deus abençoou o casamento desde o seu início, pois ele é uma bênção para aquecer, não somente o corpo um do outro, mas também o coração. 3. É melhor serem dois do que um porque se um for atacado o outro pode defendê-lo: Nas lutas da vida e nas adversidades e imprevistos que atacam aos seres humanos, um defende o outro; pois, casamento não é um lutar contra o outro, mas em favor um do outro. II. É MELHOR SEREM TRÊS DO QUE DOIS: A IMPORTÂNCIA DA PRESENÇA DE DEUS NO CASAMENTO – Eclesiastes 4:12b 1. Um cordão de três dobras é mais resistente do que o de duas dobras: Tal analogia aponta para a vida a dois; assim como o cordão duplo é mais resistente a vida a dois também é. 2. Um cordão de três dobras não é facilmente arrebentado por qualquer pressão: Se um cordão duplo já é bom, quanto mais sendo triplo; essa metáfora aponta para Deus entre marido e mulher, tornando o casamento resistente a quaisquer desafios da vida. 3. Um cordão de três dobras representa duas pessoas casadas ligadas a Deus: O Deus que institui o casamento é o Deus que tem poder para mantê-lo. Sem Deus, o casamento pode ser uma instituição abençoada com probabilidade de dar errado, ou seja, fracassar. CONCLUSÃO: 1. Deus estabeleceu o casamento mesmo antes do pecado para dar fim ao sentimento de solidão do ser humano. 2. Deus estabeleceu o casamento e mesmo depois do pecado ele continua sendo uma bênção na vida humana. 3. Deus estabeleceu o casamento e num mundo tão difícil, complexo e desafiador nunca ele foi tão importante, mas só funciona bem se Deus estiver presente!
  • 2. APELO: 1. Ao se casar, não se esqueça de convidar Deus para estar presente. 2. Ao viver o casamento, nunca deixe Deus de fora dele. 3. Ao viver a bênção do casamento, agradeça a Deus por ele

Related Documents