Módulo X - Unidade 1 Por que e como articular o Projeto Pedagógico da escolacom as políticas educacionais?
EQUIPEMartha Brandão Alves BarbosaElma Oliveira Costa de Oliveira Iracema Sampaio Figueredo Rosemeire Maia Silva SouzaClo...
Para ser grande, sê inteiro: nada teu exagera ou exclui. Sê todo em cada coisa. Põe quanto és no mínimo que f...
Conhecendo o módulo XComo articular a gestão pedagógica da escola com as políticas públicas daeducação para a melhoria do ...
Divisão das unidadesUnidade 1Por que e como articular o Projeto pedagógico da escola com as políticas educacionais?Unidade...
Introdução Nesta unidade de estudos, você está sendo convidado aexaminar a articulação necessária entre o Projeto Pedagó...
Objetivos específicos★Compreender os sentidos das políticas públicas da educação na determinação do desempenho da escola p...
Atividade inicial Esta é uma atividade para identificar a relação entre políticas nacionais de melhoria da educação,...
Comentário Esta Atividade inicial considera as orientações das políticaseducacionais no projeto pedagógico nas ativida...
Política Educacional, Projeto Pedagógico e Melhoria do Desempenho Escolar
Qualidade do processo educacional e sua expressão no desempenho escolar
As políticas educacionais e o Projeto Pedagógico – PP
...Peço licença para terminar Soletrando a canção de rebeldia Que existe nos fonemas da alegria: Cançã...
A qualidade como expressão do trabalho da escola
Melhoria do desempenho escolar
A política educacional e a construção da aprendizagem
A qualidade como política educacional
Melhorar desempenho escolar é sempre possível.
Lições aprendidas★ Sucesso escolar deve ser compreendido como o desempenho alcançado pela escola e a rede de ensino, e nã...
Compromissos com a qualidade do desempenho educacional
O Compromisso Todos pela Educação é um exemplo da força da sociedade civil na definição de metas para a educação naciona...
Essas metas terminam por definir “...28 diretrizes pautadas em resultadosde avaliação de qualidade e de rendimento dos est...
O Decreto nº 6.094 de abril de 2007,regulamenta a implementação das 28 diretrizes emâmbito nacional. Esse Decreto resume a...
Audiência fílmica:Central do Brasil. O filme de Walter Salles, produção franco-brasileirade 1998, não aborda, diretamente,...
Resumo Nesta Unidade, foi evidenciado o sentido das políticas públicas daeducação e da qualidade do desempenho da esc...
of 25

Por que e como articular o pp da escola

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Por que e como articular o pp da escola

  • 1. Módulo X - Unidade 1 Por que e como articular o Projeto Pedagógico da escolacom as políticas educacionais?
  • 2. EQUIPEMartha Brandão Alves BarbosaElma Oliveira Costa de Oliveira Iracema Sampaio Figueredo Rosemeire Maia Silva SouzaClodovil Mascarenhas MendesElma Oliveira Costa de Oliveira Rosemeire Mendes Vieira Eliana Alves Carvalho Silvaene Pereira SantosSônia Maria da Rocha Ferreira Jamile Borges Oliveira Vieira
  • 3. Para ser grande, sê inteiro: nada teu exagera ou exclui. Sê todo em cada coisa. Põe quanto és no mínimo que fazes.Assim em cada lago a lua toda brilha, porque alta vive. (Fernando Pessoa, 2-3-1933).
  • 4. Conhecendo o módulo XComo articular a gestão pedagógica da escola com as políticas públicas daeducação para a melhoria do desempenho escolar? Este Módulo X do PROGESTÃO está voltado para a promoção daarticulação necessária entre a gestão pedagógica da escola básica e aspolíticas públicas da educação, que visam a melhoria do desempenhoescolar, de modo a garantir educação de qualidade para todos. Seráexaminada a relação entre a legislação, planos, programas e projetoseducacionais vigentes. Serão apresentadas algumas experiências e casosbem sucedidos em relação ao desempenho escolar, uma vez queexperiências já realizadas podem oferecer ideias e sinalizar novaspossibilidades de mudanças.
  • 5. Divisão das unidadesUnidade 1Por que e como articular o Projeto pedagógico da escola com as políticas educacionais?Unidade 2Avaliações externas e indicadores educacionaisUnidade 3Ações pedagógicas da escola face aos seus resultados nas avaliações externas: o caso da Prova BrasilUnidade 4Apropriação de contribuições das políticas públicas para a gestão pedagógica
  • 6. Introdução Nesta unidade de estudos, você está sendo convidado aexaminar a articulação necessária entre o Projeto Pedagógicoda escola sob sua responsabilidade e as políticas educacionaisvigentes, voltadas para a qualidade do desempenho escolar. As políticas orientam a melhoria da qualidade da educaçãoa partir dos princípios da autonomia, da colaboração, daparticipação, da igualdade de oportunidades e da inclusãosocial. De acordo com o MEC a formulação das políticaspúblicas educacionais, em consonância com os ideais departicipação democrática dos cidadãos, é realizada com aescuta e colaboração dos sistemas de ensino, em parceria comórgãos governamentais, organizações não-governamentais eorganismos internacionais
  • 7. Objetivos específicos★Compreender os sentidos das políticas públicas da educação na determinação do desempenho da escola pública, em níveis demonstrativos da qualidade do ensino.★Descrever elementos que expressem a qualidade da educação na escola pública, a partir das políticas públicas educacionais.★Estabelecer relações entre os fatores privilegiados pelas políticas públicas voltadas para a melhoria do desempenho escolar nas práticas educativas.★Analisar diretrizes das políticas educacionais e sua articulação com o Projeto Pedagógico.
  • 8. Atividade inicial Esta é uma atividade para identificar a relação entre políticas nacionais de melhoria da educação, projetos, Projeto Pedagógico e atividade pedagógica realizada na escola.• Quadro 1: Políticas Públicas Educacionais Vigentes – Ano 2008.• Quadro 2: Política Pública, Projeto Pedagógico, Objetivos e Atividades previstas no PP.
  • 9. Comentário Esta Atividade inicial considera as orientações das políticaseducacionais no projeto pedagógico nas atividades pedagógicas. Fica asugestão para que, no momento oportuno, realize um exercíciosemelhante com os professores. Desse modo, é possível desenvolver umestudo sobre a operacionalização das políticas públicas em sua escola,promover a apropriação delas pela comunidade escolar e sua adequadaimplementação. e nas atividades realizadas na escola. Seguindo esseesquema de análise, é possível examinar qual política educacional ouquais políticas são contempladas no Projeto Pedagógico da escola quevocê dirige. Ela poderá ser realizada com os professores da escola demodo a identificar que políticas educacionais são contempladas
  • 10. Política Educacional, Projeto Pedagógico e Melhoria do Desempenho Escolar
  • 11. Qualidade do processo educacional e sua expressão no desempenho escolar
  • 12. As políticas educacionais e o Projeto Pedagógico – PP
  • 13. ...Peço licença para terminar Soletrando a canção de rebeldia Que existe nos fonemas da alegria: Canção de amor geral que eu vi crescer Nos olhos do homem que aprendeu a ler(Thiago de Mello – 1964. Santiago do Chile).
  • 14. A qualidade como expressão do trabalho da escola
  • 15. Melhoria do desempenho escolar
  • 16. A política educacional e a construção da aprendizagem
  • 17. A qualidade como política educacional
  • 18. Melhorar desempenho escolar é sempre possível.
  • 19. Lições aprendidas★ Sucesso escolar deve ser compreendido como o desempenho alcançado pela escola e a rede de ensino, e não como algo resultante da atuação ou do comportamento do aluno.★ A melhoria da qualidade da educação depende da implantação de uma política coordenada e sistemática, com ações integradas que se efetivam sob a orientação de objetivos comuns.★ Mudanças substanciais na qualidade do ensino de uma localidade passam, primeiro, pela decisão da administração municipal ou estadual7 de assumir a responsabilidade por educação pública de qualidade para todos.★ É possível deixar a área da educação fora da influência de acertos políticos8 (partidários) sem perder apoios, quando há diálogo sistemático e transparência com a sociedade sobre a importância da qualidade da educação.★ O alcance de resultados não significa a chegada a um porto seguro. Desafios, prioridades, conflitos, resistências e metas são renovados constantemente quando se almeja a promoção da qualidade da educação.
  • 20. Compromissos com a qualidade do desempenho educacional
  • 21. O Compromisso Todos pela Educação é um exemplo da força da sociedade civil na definição de metas para a educação nacional. Esse decorreu da iniciativa de um grupo de líderes da sociedade civil – em articulação com o Ministério da Educação, o Conselho Nacional de Secretários de Educação e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – Undime – preocupados com a qualidade da educação básica nacional. A iniciativa terminou por constituir-se num Plano de Metas, absorvido pelo governo federal. As metas básicas, propostas pela sociedade civil, podem ser resumidas em cinco:Meta 1. Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola.Meta 2. Toda criança plenamente alfabetizada até os 8 anos.Meta 3. Todo aluno com aprendizado adequado à sua série.Meta 4. Todo jovem com o Ensino Fundamental concluído até os 16 anos e o Ensino Médio concluído até os 19 anos.Meta 5. Investimento em Educação ampliado e gerido com ética e eficácia.
  • 22. Essas metas terminam por definir “...28 diretrizes pautadas em resultadosde avaliação de qualidade e de rendimento dos estudantes”. De 28 diretrizes propostas, destacamos cinco, apresentadas a seguir, para quesejam avaliadas e, na medida do possível, absorvidas no Projeto Pedagógico eimplementadas por você, gestor(a), equipe escolar, e todos aqueles comprometidos com aqualidade da educação nas instâncias que lhe dizem respeito. A escolha dessas diretrizesse deu pela sua importância para o fortalecimento do atendimento ao direito de educaçãode qualidade para todos em nosso país. A aprendizagem é o eixo norteador dessasdiretrizes, pois se há aprendizagem, haverá menos repetência, evasão e abandonoescolar. Essas diretrizes, voltadas para resultados e rendimentos dos estudantes, além deincorporadas ao Projeto Pedagógico e terem sua implementação acompanhada, servirãode subsídios a ações mais amplas de busca de alianças pedagógicas. As diretrizes são: I - estabelecer como foco a aprendizagem, apontando resultados concretos a atingir; II - alfabetizar as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo osresultados por exame periódico específico; III - acompanhar cada aluno da rede individualmente, mediante registro da suafrequência e do seu desempenho em avaliações, que devem ser realizadasperiodicamente; IV - combater a repetência, dadas as especificidades de cada rede, pela adoção depráticas como aulas de reforço no contraturno, estudos de recuperação e progressãoparcial; V - combater a evasão pelo acompanhamento individual das razões da não-frequência do educando e sua superação;
  • 23. O Decreto nº 6.094 de abril de 2007,regulamenta a implementação das 28 diretrizes emâmbito nacional. Esse Decreto resume a intençãopolítica de melhoria da educação nacional e noartigo primeiro define o Plano de MetasCompromisso Todos pela Educação afirmando:
  • 24. Audiência fílmica:Central do Brasil. O filme de Walter Salles, produção franco-brasileirade 1998, não aborda, diretamente, o contexto escolar. Entretanto,mostra-se bastante interessante para a discussão do tema “educação edemocracia”, medida que revela a ignorância e a miséria em que vivegrande parcela do povo brasileiro. Nesse contexto, pode ser avaliadaimportância da escola para o desenvolvimento da consciência daspessoas.
  • 25. Resumo Nesta Unidade, foi evidenciado o sentido das políticas públicas daeducação e da qualidade do desempenho da escola, enfatizando a relaçãonecessária que se estabelece entre as políticas públicas educacionais,legislação, Projeto Pedagógico e desempenho escolar. Houve a oportunidadede examinar experiências bem sucedidas que relacionaram a atuaçãocompetente da equipe gestora, o Projeto Pedagógico da escola com aspolíticas públicas educacionais, a legislação vigente e as várias facetas daqualidade do processo gestor, voltado para o desempenho escolar que atendametas e compromissos assumidos coletivamente. Foi abordada a importânciados diagnósticos e da memória da escola, como referências para avaliação emudanças. Foram propostas reflexões sobre o Projeto Pedagógico, aqualidade do desempenho escolar, do município, do estado, da nação. Sigacom o estudo da Unidade 2, em que será aprofundado o conhecimento sobreas avaliações externas e sua funcionalidade.

Related Documents