Disciplina: Ciências Físico-
Químicas
Professora: Anabela Coelho
Trabalho realizado por:
Pedro Barradas, nº 24 8ºD
Rui Bor...
A poluição sonora é a produção de sons, ruídos ou
vibrações que podem conduzir a vários problemas.
Um dos maiores problema...
Segundo estudos feitos em 25 países da União Europeia(excepto
Chipre e Malta), 245 milhões de pessoas (cerca de 54% da
pop...
Portugal na União Europeia:
Portugal é o terceiro país da UE mais afectado, com 27,4%
da população atingida, atrás apenas ...
As consequências da poluição sonora para a saúde humana podem ser
físicas, psíquicas ou sociais:
 Insónias;
 Stress;
 D...
O nível de intensidade sonora mede-se com um sonómetro e a unidade
de medida é o decibel (dB).
Exemplos de valores dos nív...
Existe poluição sonora quando o som se torna incomodativo
ou prejudicial para as pessoas ou animais, por ser muito
intenso...
of 7

Poluição sonora- Físico-química

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Poluição sonora- Físico-química

  • 1. Disciplina: Ciências Físico- Químicas Professora: Anabela Coelho Trabalho realizado por: Pedro Barradas, nº 24 8ºD Rui Borges, nº 25 8º D Vila Real, Novembro 2011
  • 2. A poluição sonora é a produção de sons, ruídos ou vibrações que podem conduzir a vários problemas. Um dos maiores problemas ambientais em todo o mundo é precisamente o ruído (poluição sonora). Tal facto deve-se à multiplicação de indústrias e estabelecimentos comerciais, de actividades de lazer ruidosas, do tráfego (ex. automóveis, motociclos, aviões,) e de obras de construção civil (ex. escavadoras, martelo pneumático).
  • 3. Segundo estudos feitos em 25 países da União Europeia(excepto Chipre e Malta), 245 milhões de pessoas (cerca de 54% da população) estão expostas a índices de ruído acima de 55dB, o limite a partir do qual a Organização Mundial de Saúde (OMS) considera que o ruído é prejudicial para os seres humanos.). Segundo outro estudo da Federação Europeia para os Transportes e Ambiente (FETA), o excesso de ruído rodoviário e ferroviário provoca, todos os anos, cerca de 50 mil mortes por ataque cardíaco e doenças de coração a mais de 200 mil cidadãos na União Europeia. Em termos económicos, os custos financeiros da poluição sonora, nomeadamente para os serviços de saúde, atingirão pelo menos 40 biliões de euros por ano no espaço comunitário.
  • 4. Portugal na União Europeia: Portugal é o terceiro país da UE mais afectado, com 27,4% da população atingida, atrás apenas da Holanda (34,7%) e da Itália (34,1%). Ambiente de Portugal: No caso de Portugal, o maior número de queixas relativas ao ambiente deve-se ao ruído!
  • 5. As consequências da poluição sonora para a saúde humana podem ser físicas, psíquicas ou sociais:  Insónias;  Stress;  Depressão;  Perda de audição;  Agressividade;  Perda de atenção e concentração;  Perda de memória;  Dores de Cabeça;  Aumento da pressão arterial;  Cansaço;  Gastrite e úlcera;  Quebra de rendimento escolar e no trabalho;  Surdez.
  • 6. O nível de intensidade sonora mede-se com um sonómetro e a unidade de medida é o decibel (dB). Exemplos de valores dos níveis sonoros: Conversa - 40 a 60 dB Sala de aula, café e restaurante - 70 dB Automóveis - 80 dB Mota, comboio, secador de cabelo, cantina da escola, leitor de música no máximo - 90 dB Martelo pneumático e serra eléctrica - 100 dB Discoteca - 110 dB Concerto de rock e trovão - 120 dB Avião e carro de Fórmula 1 - 130 dB
  • 7. Existe poluição sonora quando o som se torna incomodativo ou prejudicial para as pessoas ou animais, por ser muito intenso e por ter uma longa duração. Estes sons chamam-se ruído e podem ter um nível sonoro superior a 50 dB: 50 a 80 dB – nível sonoro incomodativo; 80 aos 100 dB – nível sonoro fatigante; 100 aos 120 dB – nível sonoro perigoso; 120 aos 160 dB - nível sonoro doloroso. Um nível sonoro fatigante torna-se perigoso e doloroso, se ouvirmos esses sons durante mais de 8 horas.

Related Documents