Por que (e como)
produzir vestuário na
CHINA
content
Solaris Fashion Trade
A Solaris é uma empresa de trading localizada em Suzhou, China,
e especializada em vestuário...
Shantang Street, Suzhou, China. CC Russ Bowling
Em uma indústria de moda (têxtil,
vestuário ou acessórios) cada vez
mais competitiva, seja interna ou
externamente, é prec...
content
É certo que a moda do Brasil tem sua própria
expertise, abrangendo praticamente toda a cadeia
têxtil-confeccionist...
Por que China?
Tradicionalmente, a produção de
vestuário na China é vista como
simples redução de custo,
principalmente ligada à mão-de-
...
Não apenas pelos custos de mão-de-obra, mas com
subsídios de governos locais como parte da estratégia de
crescimento acele...
Com muita mão-de-obra e preparada para atender os
maiores clientes do mundo, nenhum pedido é grande
demais para bons forne...
Extensivo parque fabril
As cidades chinesas têm capacidade para atender qualquer pedido.
Desenvolvida como uma das estratégias centrais do
governo e empresas chinesas desde o fim dos anos 1970,
quando a China sub...
Expertise em variados
tecidos e modelagens
Há muitos fornecedores na China: pode-se buscar
praticamente qualquer tipo de t...
Seja de tecnologias ou de pessoas. Abre um leque de
possibilidades – em questão de inovação e recursos. Aproveite
novas te...
Mão-de-obra altamente
qualificada para confeccionar
produtos high end
Mesmo com custos mais baixos, a mão-de-obra dos bons
...
O produto fica mais perto do mercado chinês e asiático como
um todo, onde há uma acelerada e crescente classe média
consumi...
Por que trading?
(ou por que não se lançar sozinho
nas suas negociações com
fornecedores chineses!).
A vantagem competitiva da
China é imen...
Oferta ampla de modelos
e tecidos em um só local
Ao invés de buscar cada tipo de fornecedor para modelagens e
tecidos dife...
Consolidação de cargas
Ao invés de fechar pequenos pedidos, a trading permite a
consolidação de cargas, ou seja, unir a ca...
Conhecimento das
particularidades de design,
corte e da sua cultura
empresarial
Fazer a ponte entre a China e o Brasil sig...
Fornecedores
Buscar os melhores fornecedores e fiscalizá-los é crucial. Assim como
um país como o Brasil, há empresas e emp...
content
Não é apenas estratégico, mas vital para empresas
de moda, estender cada vez mais sua produção para
outros locais....
We are your arms in China.
Por que (e como) produzir vestuário na China
of 24

Por que (e como) produzir vestuário na China

As vantagens de expandir sua produção de têxtil e vestuário para o que a China faz de melhor: produtos high end a custos baixos.
Published on: Mar 4, 2016
Published in: Business      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Por que (e como) produzir vestuário na China

  • 1. Por que (e como) produzir vestuário na CHINA
  • 2. content Solaris Fashion Trade A Solaris é uma empresa de trading localizada em Suzhou, China, e especializada em vestuário, têxteis e acessórios. Trazemos modelos prontos ou desenvolvemos sua coleção na China, garantindo o prazo de entrega e controle de qualidade. linkedin.com/company/solaris-world-fashion-trade-company pt.slideshare/SolarisFashionTrade solaris-sz.com Contato:
  • 3. Shantang Street, Suzhou, China. CC Russ Bowling
  • 4. Em uma indústria de moda (têxtil, vestuário ou acessórios) cada vez mais competitiva, seja interna ou externamente, é preciso buscar novas formas e locais de produção para as empresas manterem-se no mercado. Embora os locais de produção têxtil tenham se ampliado para todo o Sudeste Asiático e partes da África, é inegável a importância da China como grande centro de produção têxtil de todo o mundo. Segundo estatísticas da World Trade Organization (WTO), o país é responsável por quase 40% de todas as exportações mundiais de vestuário e têxtil.
  • 5. content É certo que a moda do Brasil tem sua própria expertise, abrangendo praticamente toda a cadeia têxtil-confeccionista. Alguns itens devem ser mantidos com produção dentro do País, por não haver competidores à altura. Porém, novas oportunidades podem ser buscadas em outros lugares. Em uma economia integrada globalmente, praticamente nenhum produto é produzido 100% em um lugar só. É preciso aproveitar as vantagens competitivas – de preço, de tecnologia, de expertise e de mão de obra – de vários locais ao mesmo tempo. Com isso, obtém-se o melhor preço, qualidade e tempo de entrega na agilidade que a moda precisa, atendendo às expectativas de um consumidor final cada vez mais exigente.
  • 6. Por que China?
  • 7. Tradicionalmente, a produção de vestuário na China é vista como simples redução de custo, principalmente ligada à mão-de- obra; no entanto, hoje é vista como estratégica para muitas empresas expandirem sua atuação nacional e global. Por que China?
  • 8. Não apenas pelos custos de mão-de-obra, mas com subsídios de governos locais como parte da estratégia de crescimento acelerado do país asiático. Manter a qualidade, mas os custos baixos
  • 9. Com muita mão-de-obra e preparada para atender os maiores clientes do mundo, nenhum pedido é grande demais para bons fornecedores chineses. Eficiência e economia de escala
  • 10. Extensivo parque fabril As cidades chinesas têm capacidade para atender qualquer pedido.
  • 11. Desenvolvida como uma das estratégias centrais do governo e empresas chinesas desde o fim dos anos 1970, quando a China substituiu Coreia do Sul e Hong Kong como centro de produção de vestuário. Expertise na indústria de vestuário
  • 12. Expertise em variados tecidos e modelagens Há muitos fornecedores na China: pode-se buscar praticamente qualquer tipo de tecido, acabamento, aviamentos, modelagem...
  • 13. Seja de tecnologias ou de pessoas. Abre um leque de possibilidades – em questão de inovação e recursos. Aproveite novas tecnologias, maquinário e outras vantagens. Acesso à inteligência competitiva chinesa
  • 14. Mão-de-obra altamente qualificada para confeccionar produtos high end Mesmo com custos mais baixos, a mão-de-obra dos bons fornecedores chineses atende até os clientes mais exigentes no que diz respeito ao acabamento impecável dos produtos. É possível produzir vestuário e acessórios de altíssima qualidade!
  • 15. O produto fica mais perto do mercado chinês e asiático como um todo, onde há uma acelerada e crescente classe média consumidora, ávida por novas alternativas de produtos. Por último, acesso ao crescente mercado consumidor chinês
  • 16. Por que trading?
  • 17. (ou por que não se lançar sozinho nas suas negociações com fornecedores chineses!). A vantagem competitiva da China é imensa, mas existem certas particularidades às quais é preciso estar atento. Por isso, ter acesso a profissionais especializados que façam a ponte entre sua empresa e os fornecedores chineses pode ser fundamental para a sua estratégia. Por que trading?
  • 18. Oferta ampla de modelos e tecidos em um só local Ao invés de buscar cada tipo de fornecedor para modelagens e tecidos diferentes, a trading faz isso por você: basta solicitar e ela vai atrás do fornecedor certo.
  • 19. Consolidação de cargas Ao invés de fechar pequenos pedidos, a trading permite a consolidação de cargas, ou seja, unir a carga de vários fornecedores em uma só encomenda, trazendo mais facilidade na logística e garantia de entrega no prazo.
  • 20. Conhecimento das particularidades de design, corte e da sua cultura empresarial Fazer a ponte entre a China e o Brasil significa entender as necessidades do cliente daqui e passá-las corretamente aos fornecedores chineses.
  • 21. Fornecedores Buscar os melhores fornecedores e fiscalizá-los é crucial. Assim como um país como o Brasil, há empresas e empresas. É preciso garantir o controle de qualidade e o tempo de entrega, assim como outras questões fundamentais – como segurança do trabalho. Há também qualidade variável de logística. Acertar o fornecedor certo é, portanto, fundamental.
  • 22. content Não é apenas estratégico, mas vital para empresas de moda, estender cada vez mais sua produção para outros locais. A China oferece grandes oportunidades que, se usadas corretamente, podem tornar sua empresa muito mais competitiva - seja em nível nacional ou global.
  • 23. We are your arms in China.

Related Documents