Contatos:
Tele Nordeste Celular Participações S.A.
Paulo Narcélio Simões Amaral
55.81.3216.2591
F...
aquisição de clientes acumulado até setembro de 2000 foi de R$140, comparado com R$121
no mesmo período do ano an...
Para os nove primeiros meses de 2000, o EBITDA e o EBIT foram de R$184,6 milhões e
R$88,4 milhões, representando mar...
Dados Financeiros Selecionados (em milhares de Reais)
...
médio de clientes no terceiro trimestre de 2000 cresceu 63,8% (de 864.602 para 1.416.165)
sobre o mesmo trimestre de...
Despesas operacionais (em R$000)
140
120
...
Perfil da Dívida
A dívida consolidada em 30 de setembro de 2000, era de R$368,0 milhões, com R$294,0
milhões ...
Dados Históricos Selecionados Consolidadas
3º Tri/00 2ºTri...
Balanço Patrimonial
Em 30 de junho e 31 de março de 2000
(Em milhares de Reais)
...
Balanço Patrimonial
Em 30 de junho e 31 de março de 2000
(Em milhares de Reais)
...
Demonstração de Resultado
Para os trimestres e semestres findos em 30 de junho de 2000 e de 1999
(Em milh...
of 11

Press Release 3 T00 Tele Nordeste Celular

Published on: Mar 4, 2016
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Press Release 3 T00 Tele Nordeste Celular

  • 1. Contatos: Tele Nordeste Celular Participações S.A. Paulo Narcélio Simões Amaral 55.81.3216.2591 Fabíola Almeida 55.81.3216.2594 fabiola.almeida@timnordeste.com.br Polyana Maciel 55.81.3216.2593 polyana.maciel@timnordeste.com.br TELE NORDESTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2000 (NÃO AUDITADOS) Recife, (13 de novembro de 2000) – Tele Nordeste Celular Participações S.A. (NYSE: TND, BOVESPA: TNEP3, TNEP4) (“Tele Nordeste Celular” ou “a Companhia”), a holding que controla as companhias operadoras de serviços de telecomunicação celular na Banda A nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas, sob a marca TIM, anunciou hoje os resultados do terceiro trimestre de 2000. • Crescimento no trimestre de 9% na base de clientes, atingindo 1.482.673 • 65% de market share marginal no terceiro trimestre • Crescimento de 12% no EBITDA, trimestre sobre trimestre, atingindo R$58,8 milhões • Redução de 7% nas despesas operacionais, trimestre sobre trimestre, atingindo R$107,1 milhões • Redução de 10% na inadimplência, trimestre sobre trimestre, atingindo R$26,2 milhões Destaques Operacionais As atividades comerciais do terceiro trimestre de 2000 resultaram na adição bruta de 190.729 clientes, dos quais 136.090, ou 71%, foram pré-pagos). As adições brutas acumuladas até setembro de 2000 totalizaram 540.183, dos quais 384.797, ou 71%, foram pré-pagos. As adições líquidas acumuladas até setembro de 2000 totalizaram 294.761, todas no sistema pré- pago, em função da desconexão de 50.000 clientes do sistema pós-pago no segundo trimestre de 2000. A Companhia tinha 1.482.673 clientes em 30 de setembro de 2000, dos quais 860.097 (58%) eram clientes pós-pagos e 622.576 (42%) eram clientes pré-pagos. O market share no final do terceiro trimestre de 2000 foi estimado em 65%, idêntico ao trimestre anterior. O custo de aquisição de clientes foi de R$119 no terceiro trimestre de 2000, comparado com R$132 no segundo trimestre de 2000 e R$136 no terceiro trimestre de 1999. O custo de www.timnordeste.com.br 1
  • 2. aquisição de clientes acumulado até setembro de 2000 foi de R$140, comparado com R$121 no mesmo período do ano anterior. Com a normalização do sistema de faturamento, as atividades de arrecadação e cobrança têm sido intensificadas. Foi implantada no Call Center uma célula inteiramente dedicada à cobrança (ativa e passiva). Desde julho, a Tele Nordeste Celular, através de suas companhias operadoras, vem adotando procedimentos de cobrança mais rígidos e de forma intensiva. Como resultado, nos últimos quatro meses (julho a outubro) verificou-se recordes seguidos de volume de arrecadação, e desta forma a administração espera uma menor inadimplência ao longo do 4° trimestre de 2000. O serviço de Short Message – SMS foi lançado em julho de 2000, inicialmente para clientes pós-pagos, e desde setembro de 2000, também para os clientes pré-pagos. Este serviço vem sendo oferecido gratuitamente. A tecnologia WAP estará em operação, quando os aparelhos celulares estiverem disponíveis no mercado. Durante o 3° trimestre foram lançados vários novos produtos e serviços, dentre eles podemos destacar: • TIMnet.com – Início das operações do nosso portal, que disponibiliza serviços, informações e conteúdos personalizados por usuários. Os serviços do portal TIMnet.com oferecidos atualmente e limitados ao sistema pós-pago, são: TIMnet Mail, TIMnet Agenda, TIMnet News; • Timmy empresarial – Produto pré-pago direcionado às pequenas e médias empresas que necessitam de agilidade de comunicação com seus funcionários, e querem ter um total controle dos seus gastos. Alguns serviços avançados que até então eram oferecidos gratuitamente passaram a ser cobrados, como: • Caixa Postal – Introduzida cobrança pelo resgate das mensagens, no valor de R$ 0,25 por minuto, no final do mês de setembro; • Siga-me – Introduzida cobrança do tráfego do trecho da transferência da linha, no final do mês de setembro. Destaques Financeiros O lucro líquido consolidado da Tele Nordeste Celular no terceiro trimestre de 2000 foi de R$1,7 milhão, contra um lucro líquido consolidado de R$0,9 milhão no segundo trimestre de 2000, resultando num lucro líquido consolidado acumulado até setembro de 2000 de R$13,8 milhões, ou R$0,04 por lote de 1.000 ações, comparado com um prejuízo de R$3,9 milhões no terceiro trimestre de 1999 e R$12,5 milhões acumulados até setembro de 1999. Para o terceiro trimestre de 2000, a Companhia reportou EBITDA1 e EBIT2 consolidados de R$58,8 milhões e R$20,2 milhões, respectivamente, representando margem EBITDA de 29,1% e margem EBIT de 10,0% sobre as receitas operações líquidas, comparado com EBITDA de R$52,4 milhões e EBIT de R$21,0 milhões, representando margem EBITDA de 24,9% e margem EBIT de 10,0% sobre as receitas operacionais líquidas reportadas no segundo trimestre de 2000, e, comparado com EBITDA de R$41,8 milhões e EBIT de R$11,6 milhões, representando margem EBITDA de 24,4% e margem EBIT de 6,8% sobre as receitas operacionais líquidas reportadas no terceiro trimestre de 1999. 1 Lucro antes das despesas financeiras, dos impostos e da depreciação 2 Lucro antes das despesas financeiras e dos impostos www.timnordeste.com.br 2
  • 3. Para os nove primeiros meses de 2000, o EBITDA e o EBIT foram de R$184,6 milhões e R$88,4 milhões, representando margem EBITDA e margem EBIT sobre as receitas operacionais líquidas de 29,4% e 14,1%, respectivamente, comparados com EBITDA de R$155,9 e EBIT de R$68,2 milhões, representando margem EBITDA de 33,7% e margem EBIT de 14,7% sobre as receitas operacionais líquidas do primeiro semestre de 1999. EBITDA (em R$000) 80,0 60,0 40,0 20,0 0,0 1 Q 9 8 2 Q9 8 3 Q 9 8 4 Q9 8 1 Q 9 9 2 Q 9 9 3 Q 9 9 4 Q 9 9 1 Q 0 0 2 Q 0 0 3 Q0 0 As receitas operacionais líquidas consolidadas no terceiro trimestre de 2000 atingiram R$202,1 milhões, contra R$210,8 milhões no segundo trimestre de 2000, resultando num total de R$627,3 milhões nos primeiros nove meses do ano 2000, comparado com R$171,6 milhões no terceiro trimestre de 1999 e R$462,5 milhões nos primeiros nove meses de 1999. Comparado com o segundo trimestre de 2000, as receitas operacionais líquidas diminuíram 4,3%, compreendendo uma redução de 32,8% nas vendas de aparelhos, e uma redução de 2,8% nas receitas de tráfego sainte (utilização), devido aos bloqueios parciais realizados com o intuito de combater a inadimplência. Receitas líquidas (em R$000) 250,0 200,0 150,0 100,0 50,0 0,0 1Q98 2Q98 3Q98 4Q98 1Q99 2Q99 3Q99 4Q99 1Q00 2Q00 3Q00 As despesas consolidadas com devedores duvidosos no terceiro trimestre de 2000, de R$26,2 milhões, representaram 10,2% das receitas brutas daquele trimestre e refletiram ajustes realizados após a normalização do novo sistema de faturamento; comparado com o segundo trimestre de 2000, as despesas com devedores duvidosos diminuíram 9,7% (de R$29,0 milhões para R$26,2 milhões), e devem diminuir ao longo do quarto trimestre, após a desconexão de clientes pós-pagos inadimplentes e como resultado dos procedimentos de cobrança mais efetivos, acima descritos. No acumulado do ano, as despesas com devedores duvidosos atingiram R$76,0 milhões, representando 9,5% das receitas brutas. www.timnordeste.com.br 3
  • 4. Dados Financeiros Selecionados (em milhares de Reais) 2000 1999 Acumulado do ano 3º Tri 2º Tri 3º Tri 2000 1999 Receitas Brutas - Utilização 118.475 121.879 99.897 374.504 288.204 - Assinatura mensal 39.647 38.525 36.679 130.363 104.046 - Interconexão 71.366 66.597 44.159 199.475 121.035 - Venda de aparelhos e acessórios 25.889 38.549 44.547 95.813 80.095 - Outros 641 (42) (1.659) 590 38 Subtotal 256.018 265.511 223.623 800.745 593.418 - Impostos (53.948) (54.719) (52.017) (173.405) (130.920) Receitas Operacionais Líquidas 202.070 210.792 171.606 627.340 462.498 Custos das mercadorias e dos serviços - Depreciação e amortização (27.597) (27.368) (29.493) (79.322) (86.155) - Pessoal (2.420) (1.315) (2.736) (6.479) (4.479) - Materiais (221) (92) 2.192 (425) (228) - Aluguel de circuitos (7.939) (8.631) (10.368) (24.558) (26.634) - Aluguéis e seguros (2.830) (2.246) (1.746) (7.477) (4.718) - Aparelhos e acessórios (23.304) (36.793) (45.439) (91.816) (79.792) - Fistel (234) 5.617 (5.194) (634) (14.999) - Suporte e manutenção da planta (4.748) (95) - (4.998) - - Interconexão (22.044) (24.022) (21.101) (72.196) (60.203) - Outros (2.372) (1.505) (1.704) (5.150) (2.584) Subtotal (93.709) (97.457) (115.659) (293.055) (279.792) Lucro bruto 108.361 113.300 55.947 334.285 182.706 Lucro bruto (em R$000) 120 100 80 60 40 20 0 1 Q 9 8 2 Q9 8 3 Q 9 8 4 Q 9 8 1 Q 9 9 2 Q 9 9 3 Q9 9 4 Q 9 9 1 Q0 0 2 Q 0 0 3 Q0 0 As receitas operacionais líquidas consolidadas no terceiro trimestre de 2000 foram reduzidas em 4,3% quando comparadas com o segundo trimestre de 2000. Esta redução deve-se principalmente a diminuição de 32,8% das vendas de aparelhos e a redução de 2,8% nas receitas oriundas do tráfego sainte, compensadas com um crescimento de 7,2% nas receitas oriundas do tráfego entrante (interconexão). A redução nas receitas do tráfego sainte deve-se aos bloqueios parciais realizados desde abril de 2000, estes bloqueios constituem uma das formas de combate a inadimplência. O crescimento das receitas do tráfego entrante é resultante do aumento da base de clientes pré-pagos, que normalmente recebem bem mais ligações do que efetuam chamadas. As receitas operacionais líquidas consolidadas no terceiro trimestre de 2000 cresceram 37,5% quando comparadas com o mesmo trimestre do ano anterior. Este aumento deve-se principalmente ao crescimento substancial no número de clientes durante o período. O número www.timnordeste.com.br 4
  • 5. médio de clientes no terceiro trimestre de 2000 cresceu 63,8% (de 864.602 para 1.416.165) sobre o mesmo trimestre de 1999, entretanto como este crescimento ocorreu principalmente no sistema pré-pago, que caracteristicamente apresenta um ARPU inferior ao do sistema pós- pago, o crescimento da receita não acompanhou o crescimento da base de clientes. As receitas operacionais líquidas consolidadas dos primeiros nove meses de 2000 cresceram 35,6% sobre o mesmo período de 1999. Neste mesmo período, as receitas de tráfego entrante cresceram 64,8%, devido principalmente ao substancial aumento do número de clientes pré- pagos. O lucro bruto consolidado do terceiro trimestre de 2000 diminuiu 4,4% quando comparado ao segundo trimestre do mesmo ano, esta diminuição deve-se a queda de 4,1% na receita operacional líquida neste período, e aumentou 93,7% em relação ao terceiro trimestre de 1999. Nos nove primeiros meses de 2000, o lucro bruto consolidado aumentou 83,0% em relação ao mesmo período do ano anterior. Este aumento deve-se principalmente ao aumento da receita devido a uma maior utilização da nossa rede por parte dos clientes, associada a uma política de redução dos custos. É importante ressaltar que a taxa Fistel foi reclassificada para as despesas de vendas no segundo trimestre de 2000. Dados Financeiros Selecionados (em milhares de Reais) 2000 1999 Acumulado do ano 3º Tri 2º Tri 3º Tri 2000 1999 Despesas Operacionais - Vendas 60.815 62.768 31.776 170.148 73.598 - Gerais e administrativas 20.548 24.222 16.146 63.016 47.326 - Outras despesas operacionais, líquidas 6.756 6.306 (3.628) 12.696 (6.409) Subtotal 88.119 93.296 44.294 245.860 114.515 - Despesas financeiras, líquidas 19.003 22.363 23.405 62.339 39.499 Total 107.122 115.659 67.699 308.199 154.014 As despesas operacionais líquidas consolidadas reduziram 7,4% em relação ao segundo trimestre de 2000, como resultado de uma política de controle e redução dos gastos, quando comparadas com o terceiro trimestre de 1999, apresentaram um crescimento substancial de 58,2%, este acréscimo deve-se principalmente as despesas com devedores duvidosos maiores, a intensificação das atividades de marketing e vendas, e a amortização do ágio. Nos primeiros nove meses de 2000, as despesas operacionais consolidadas cresceram 100,1% em relação ao mesmo período de 1999. Este crescimento decorreu do aumento significativo das despesas com devedores duvidosos, das maiores despesas de marketing (campanhas publicitárias promocionais) e de vendas (comissionamento), da amortização do ágio, e das maiores despesas financeiras. As despesas consolidadas com devedores duvidosos no terceiro trimestre de 2000 atingiram R$26,2 milhões, representando 10,2% das receitas brutas, e apresentando uma redução de 9,7% quando comparadas com o segundo trimestre de 2000 e um acréscimo de 114,8% quando comparadas com o terceiro trimestre de 1999. No acumulado do ano, as despesas consolidadas com devedores duvidosos atingiram R$76,0 milhões, representando 9,5% das receitas brutas. A administração acredita que com as medidas de controle da inadimplência adotadas desde o segundo trimestre deste ano, as despesas com devedores duvidosos devem continuar a reduzir, desta vez mais fortemente, no quarto trimestre do ano. Dentre as medidas adotadas, destacam-se a desconexão de clientes pós-pagos inadimplentes, a aplicação de procedimentos de cobrança mais efetivos, e a estimulação da migração para o sistema pré- pago. www.timnordeste.com.br 5
  • 6. Despesas operacionais (em R$000) 140 120 100 80 60 40 20 0 1 Q9 8 2 Q9 8 3 Q9 8 4 Q9 8 1 Q9 9 2 Q9 9 3 Q9 9 4 Q9 9 1 Q0 0 2 Q0 0 3 Q0 0 Ágio Em 30 de junho de 2000, a Tele Nordeste Celular e suas companhias operadoras completaram uma reestruturação que resultou na transferência do ágio pago na privatização, da Bitel Participações S.A., empresa controladora da Tele Nordeste Celular, para cada uma das companhias operadoras. Esta reestruturação visa o aproveitamento do benefício fiscal estimado em R$200 milhões ao longo de 8 anos, até 2008, que será capitalizado pelas companhias operadoras, com benefícios financeiros significativos. A proposta de fusão das companhias operadoras está aguardando a aprovação da Anatel. Em 30 de setembro de 2000, a amortização consolidada do ágio, líquida da reversão da provisão para integridade do patrimônio líquido, foi de R$6,8 milhões, dos quais R$6,0 milhões no terceiro trimestre, gerando um benefício fiscal da ordem de R$5,5 milhões. ARPU A receita média combinada por cliente, líquida de impostos (ARPU – average revenue per user) para o terceiro trimestre de 2000 foi R$42,46 por mês, comparada com R$45,63 por mês no segundo trimestre de 2000 e com R$52,52 por mês no terceiro trimestre de 1999. Esta redução foi causada pela adição de clientes de baixo tráfego, pré-pagos, a partir de maio de 1999. O ARPU combinado acumulado de 2000 foi de R$46,22 comparado com R$59,05 no mesmo período do ano anterior. O ARPU pós-pago em 2000 vem sendo negativamente afetado pelo crescimento de linhas bloqueadas por inadimplência, procedimento que foi retomado no início do segundo trimestre. O bloqueio é parcial, e apenas receitas de tráfego entrante são geradas por esses clientes. Concorrência A Companhia estima que seu market share no final do terceiro trimestre de 2000 era de aproximadamente 65% em termos de quantidade de acessos. A taxa de penetração na região no final de setembro de 2000 foi estimada em 8,7%, comparada com a taxa de penetração no Brasil de aproximadamente 12,1% (20,4 milhões de linhas). No terceiro trimestre de 2000 as companhias operadoras realizaram uma campanha promocional (Dia dos Pais), que incluiu comissões diferenciadas aos dealers e financiamento sem juros de aparelhos celulares, condicionados a contratos de um ano, com utilização mínima. Os subsídios generalizados na venda de aparelhos foram descontinuados desde março de 2000. www.timnordeste.com.br 6
  • 7. Perfil da Dívida A dívida consolidada em 30 de setembro de 2000, era de R$368,0 milhões, com R$294,0 milhões vencendo a curto prazo. A Tele Nordeste Celular, através de sua companhia operadora Telpe Celular, fechou um contrato de financiamento de longo prazo com o Banco Europeu de Investimentos – BEI no valor de US$50 milhões no início de outubro de 2000, esta dívida foi inteiramente convertida em reais e o custo pré-fixado, de acordo com a política adotada pelo seu acionista controlador de evitar riscos de exposição a variação cambial e a taxa de juros flutuantes. Outra medida de alongamento da sua dívida consolidada que está em processo de finalização é a emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, também através de sua companhia operadora Telpe Celular, no valor de R$200 milhões (novembro de 2000). Ainda como fonte de financiamento de longo prazo, a Tele Nordeste Celular tem carta consulta aprovada e está em fase de elaboração de projeto de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES (primeiro trimestre de 2001). Investimentos Durante o terceiro trimestre de 2000, a Tele Nordeste Celular e suas companhias operadoras investiram R$87,6 milhões, totalizando R$204,1 milhões no acumulado do ano. Os investimentos foram principalmente na digitalização e ampliação da planta. O programa de investimentos para o ano 2000 soma R$215 milhões e inclui melhorias dos sistemas de informação da Companhia, novos serviços e facilidades de acesso à Internet. Em 30 de setembro a Companhia contava com 734 estações rádio base – ERB’s, sendo 16 móveis e atendia 307 municípios, correspondendo a uma cobertura de 75% da população. A digitalização da planta era da ordem de 73%, ou seja, 73% dos canais de voz eram digitais, com 83% dos clientes utilizando aparelhos celulares digitais. Anexos: - Dados históricos selecionados - Balanço patrimonial em 30 de setembro e 30 de junho de 2000 - Demonstração do resultado para os trimestres e períodos de nove meses findos em 30 de setembro de 2000 e 1999 O presente comunicado contém previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões não constituem fatos ocorridos no passado e refletem apenas expectativas dos administradores da companhia. Os termos “antecipa”, “acredita”, “estima”, ”espera”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, ”objetiva”, bem como outros termos similares, visam identificar tais previsões as quais evidentemente envolvem riscos ou incertezas previstas ou não pela companhia. Portanto, os resultados futuros das operações da companhia podem diferir das atuais expectativas e o leitor não deve se basear exclusivamente nas posições aqui realizadas. Estas previsões emitem a opinião unicamente na data em que são feitas e a companhia não se obriga a atualizá-las à luz de novas informações ou de seus desdobramentos futuros. www.timnordeste.com.br 7
  • 8. Dados Históricos Selecionados Consolidadas 3º Tri/00 2ºTri/00 1ºTri/00 4ºTri/99 3ºTri/99 Clientes - Total 1.482.673 1.361.669 1.313.252 1.187.912 952.057 Adições líquidas 121.004 48.417 125.340 235.855 159.535 Market share (%) 65 65 69 73 76 Market share marginal (%) 65 25 40 65 N.D. Crescimento sobre o mesmo período do ano anterior (%) 55,7 71,8 90,4 93,4 86,3 População estimada da região (em milhões) 26,2 26,2 26,1 26,1 26,0 Penetração (%) - Tele Nordeste 5,6 5,4 5,0 4,6 3,7 - Total 8,7 8,2 7,3 6,6 4,8 Municípios cobertos 307 297 289 N.D. N.D. MOU total 156 151 176 195 187 Churn Total (%) 4,9 8,9 4,7 3,2 1,4 ARPU (R$) - Total 42,46 45,63 51,05 51,41 52,52 SAC - Custo de aquisição de clientes (R$) 118,85 131,78 168,63 210,80 136,28 Taxa de digitalização (%) - Planta 73 66 56 54 47 - Clientes 83 82 79 72 61 Cobertura - População 75 74 74 74 74 - Área geográfica 29 28 28 28 28 Investimentos (R$ milhões) 87,6 77,5 39,0 115,0 61,4 www.timnordeste.com.br 8
  • 9. Balanço Patrimonial Em 30 de junho e 31 de março de 2000 (Em milhares de Reais) Holding Consolidado 30.09.2000 30.06.2000 30.09.2000 30.06.2000 Ativo Circulante Equivalentes a caixa 2.379 524 10.103 10.475 Contas a Receber - - 164.049 182.022 Estoques 61 37 10.664 13.678 Empresas de Telecomunicação - - 27.947 30.671 Contas a Receber - Subsidiárias 20.271 14.453 - - Impostos e contribuições a recuperar 2.434 3.171 51.638 44.291 Imposto de rede e contribuição social diferidos - 118 - 24.756 Dividendos e juros sobre o capital próprio 80 4.078 - - Despesas antecipadas - 66 4.274 10.728 Outros direitos 1.915 1.638 13.771 16.783 27.140 24.085 282.446 333.405 Realizável a longo prazo Empréstimo a subsidiárias 228 5.293 - - Incentivos fiscais - - 1.912 1.912 Imposto de rede e contribuição social diferidos 1.080 - 22.789 - Valores em litígio - - 911 879 1.308 5.293 25.612 2.791 Permanente Investimentos 547.593 544.312 1 1 Imobilizado 5.340 5.297 714.749 704.239 Diferido 1.422 - 198.671 202.300 554.355 549.609 913.421 906.540 582.803 578.987 1.221.479 1.242.736 www.timnordeste.com.br 9
  • 10. Balanço Patrimonial Em 30 de junho e 31 de março de 2000 (Em milhares de Reais) Holding Consolidado 30.09.2000 30.06.2000 30.09.2000 30.06.2000 Passivo Circulante Fornecedores 849 926 79.767 74.753 Empréstimos e financiamentos - - 294.033 350.740 Impostos e contribuições a pagar 700 902 49.271 51.098 Salários e férias a pagar 2.042 1.573 9.032 7.322 Subsidiárias 828 100 - - Empresas de telecomunicações 2 2 14.637 14.118 Dividendos e juros sobre o capital próprio 2.359 2.400 6.120 7.586 Outras obrigações 2.697 1.459 17.130 19.979 9.477 7.362 469.990 525.596 Exigível a longo prazo Empréstimos e financiamentos - - 74.010 41.920 Outras obrigações - - 1.974 1.972 - - 75.984 43.892 Participação minoritária - - 101.179 101.623 Patrimônio Líquido Capital social 108.843 108.843 108.843 108.843 Reservas especiais 204.068 204.068 204.068 204.068 Reservas de lucros 178.922 178.922 178.922 178.922 Lucros acumulados 66.226 66.226 66.226 66.226 Lucro líquido do exercício 15.267 13.566 15.267 13.566 573.326 571.625 573.326 571.625 582.803 578.987 1.221.479 1.242.736 www.timnordeste.com.br 10
  • 11. Demonstração de Resultado Para os trimestres e semestres findos em 30 de junho de 2000 e de 1999 (Em milhares de Reais) Holding Consolidado Trimestre 09 meses Trimestre 09 meses Trimestre 09 meses Trimestre 09 meses findo em findos em findo em findos em findo em findos em findo em findos em 30.09.2000 30.09.2000 30.09.1999 30.09.1999 30.09.2000 30.09.2000 30.09.1999 30.09.1999 Receita Bruta Serviços de telecomunicações e venda de mercadorias - - - - 256.018 800.745 223.623 593.418 Deduções (Impostos e descontos) - - - - (53.948) (173.405) (52.017) (130.920) Receita Líquida - - - - 202.070 627.340 171.606 462.498 Custo dos Serviços Prestados e dos Produtos Vendidos - - - - (93.709) (293.055) (115.659) (279.792) Lucro Bruto - - - - 108.361 334.285 55.947 182.706 Receitas (despesas) Operacionais Despesas de vendas - - - - (60.815) (170.148) (31.776) (73.598) Despesas gerais e administrativas (1.454) (4.417) 7.825 (2.772) (20.547) (63.016) (16.146) (47.326) Despesas financeiras (12) (242) (163) (1.352) (20.259) (68.091) (24.594) (50.773) Receitas financeiras 369 2.512 (19) 4.100 1.256 5.752 1.189 11.274 Equivalência patrimonial 3.280 19.055 (11.624) 12.531 - - - - Outras receitas operacionais - - - - 59 3.750 1.930 7.565 Outras despesas operacionais (492) (1.651) - (7) (6.817) (16.446) 1.528 (1.655) Lucro (prejuízo) Operacional 1.691 15.257 (3.981) 12.500 1.238 26.086 (11.922) 28.193 Receita não operacional 10 10 - - 1.176 2.205 70 1.821 Despesa não operacional - - - - (950) (1.495) (1.854) (6.711) Lucro antes do Imposto de Renda e da Contribuição Social 1.701 15.267 (3.981) 12.500 1.464 26.796 (13.706) 23.303 Imposto de renda e da contribuição social - - - - 792 (9.391) 5.973 (7.382) Reversão dos juros sobre o capital próprio - - - - - 1.227 - - Lucro (prejuízo) antes das Participações Minoritárias 1.701 15.267 (3.981) 12.500 2.256 18.632 (7.733) 15.921 Participações Minoritárias - - - - (555) (4.855) 3.751 (3.421) Lucro (prejuízo) Líquido 1.701 15.267 (3.981) 12.500 1.701 13.777 (3.982) 12.500 Lucro (prejuízo) líquido por lote de 1.000 ações 0,01 0,05 (0,0119) 0,0374 Número de ações em 30 de junho de 2000 (milhares) 334.399.028 334.399.028 334.399.028 334.399.028 www.timnordeste.com.br 11

Related Documents