OBESIDADE: AUMENTO DOS NÍVEIS DE ANSIEDADE E
DEPRESSÃO EM JUVENIS, ADOLESCENTES E ADULTOS SOFREM.
Os avanços na medicina e...
Por exemplo, pesquisas recentes indicam que pessoas com depressão
maior ou transtornos de ansiedade, especialmente o trans...
Dra. Henriqueta V.Caio
Endocrinologia – Medicina Interna
CRM:28930
COMO SABER MAIS:
1. Os avanços na medicina e na saúde ...
ID:111*101625
Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj. 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: drcai...
of 4

Na obesidade aumento dos níveis de ansiedade e depressão em juvenis,adolescentes e adultos sofrem

A experiência dos juvenis e adolescentes mudou consideravelmente ao longo dos últimos 30-40 anos, incluindo um aumento significativo na taxa de ansiedade, depressão e problemas de comportamento de acordo com uma nova pesquisa da Fundação Nuffield.Na verdade o comprometimento inicia desde a fase quando criança, evolui para adolescente e adultos.É o sobrepeso, obesidade, etc.
Published on: Mar 3, 2016
Published in: Health & Medicine      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Na obesidade aumento dos níveis de ansiedade e depressão em juvenis,adolescentes e adultos sofrem

  • 1. OBESIDADE: AUMENTO DOS NÍVEIS DE ANSIEDADE E DEPRESSÃO EM JUVENIS, ADOLESCENTES E ADULTOS SOFREM. Os avanços na medicina e na saúde pública têm reduzido a morbidade e aumento da expectativa de vida nos Estados Unidos. Considerando que as doenças infecciosas eram a principal causa de mortes dos EUA na primeira metade da década de 1900, as doenças crônicas agora são responsáveis pela maioria das mortes nos Estados Unidos. Décadas de pesquisa têm demonstrado que o estilo de vida e o comportamento das pessoas são os principais determinantes do seu risco para a doença crônica. A investigação agora está começando a elucidar a associação entre doenças mentais, doenças crônicas e os indicadores de doenças crônicas. A prevalência de transtornos mentais nos Estados Unidos tem aumentado ao longo das últimas décadas. Segundo estimativas recentes, a cada ano, cerca de 6,6% da população adulta dos EUA (mais de 13 milhões adultos) têm um transtorno depressivo maior e cerca de 18% (cerca de 40 milhões de adultos) têm um transtorno de ansiedade. Depressão e ansiedade também são as principais causas de morbidade e morte nos Estados Unidos e estão associados com qualidade de vida deficiente relacionada à saúde e à vida social, bem como com um risco aumentado de deficiência. Além disso, a depressão e a ansiedade estão associadas com comportamentos insalubres para que a prevenção e estratégias de intervenção possam ser implementadas. O uso do tabaco, má alimentação, sedentarismo e consumo de álcool são as principais causas evitáveis de morte nos Estados Unidos. Notavelmente, a evidência sugere que o risco de se envolver em tais comportamentos é maior entre as pessoas com certos distúrbios psiquiátricos, particularmente depressão e ansiedade.
  • 2. Por exemplo, pesquisas recentes indicam que pessoas com depressão maior ou transtornos de ansiedade, especialmente o transtorno do pânico, têm uma prevalência maior de fumar regularmente do que aqueles sem tais condições. A obesidade tem sido associada com um aumento de risco de vida para a depressão maior e transtorno do pânico ou agorafobia, particularmente entre as mulheres; excessivo consumo de álcool tem sido associado com a depressão e transtornos de ansiedade, inatividade física e também foi associado com a depressão. Na verdade, o exercício físico pode ser um substituto eficaz ou adjunto para formas tradicionais de tratamento de leve a moderada depressão e ansiedade. No presente estudo, examinou-se o grau em que a depressão e a ansiedade foram associadas com o tabagismo, atividade física, sedentarismo, obesidade e consumo de álcool entre os americanos adultos utilizando dados do Behavioral Risk Factor 2006 Surveillance System (BRFSS), uma grande pesquisa de base populacional. Para nosso conhecimento, esta é a primeira grande pesquisa de base populacional para examinar estas associações usando o paciente. AUTORES PROSPECTIVOS Dr. João Santos Caio Jr Endocrinologia – Neuroendocrinologia CRM: 20611
  • 3. Dra. Henriqueta V.Caio Endocrinologia – Medicina Interna CRM:28930 COMO SABER MAIS: 1. Os avanços na medicina e na saúde pública têm reduzido a morbidade e aumento da expectativa de vida nos Estados Unidos... http://controladaobesidade.blogspot.com 2. Décadas de pesquisa têm demonstrado que o estilo de vida e o comportamento das pessoas são os principais determinantes do seu risco para a doença crônica... http://obesidadecontrolada3.blogspot.com 3. Examinou-se o grau em que a depressão e a ansiedade foram associadas com o tabagismo, atividade física, sedentarismo, obesidade e consumo de álcool entre os americanos adultos... http://obesidadedescontrolada1.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Dr. João Santos Caio Jr, Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Dra Henriqueta Verlangieri Caio, Endocrinologista, Medicina Interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo, Brasil; Centers for Disease Control and Prevention. Ten great public health achievements — United States, 1900-1999. MMWR Morb Mortal Wkly Rep 1999;48(12):241–3; Centers for Disease Control and Prevention. Achievements in public health, 1900–1999: changes in the public health system. Morb Mortal Wkly Rep 1999;48(50):1141–7; Mckenna MT, Taylor WR, Marks JS, Koplan JP. Current issues and challenges in chronic disease control. In: Brownson RC, editor; Chronic disease epidemiology and control.Washington, DC: American Public Health Association; 1998. p. 1–26; Kessler RC, McGonagle KA, Zhao S, et al. Lifetime and 12-month prevalence of DSM-III-R psychiatric disorders in the United States. Results from the National Comorbidity Survey. Arch Gen Psychiatry 1994;51:8–19;Twenge JM. The age of anxiety? Birth cohort change in anxiety and neuroticism, 1952-1993. J Pers Soc Psychol 2000;79:1007–21. neuroticism, 1952-1993. J Pers Soc Psychol 2000;79:1007–21. Contato: Fones: 55(11) 5087-4404 ou 96197-0305 Nextel: 55(11) 7717-1257
  • 4. ID:111*101625 Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj. 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt &sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

Related Documents