POLUIÇÃO DO
SOLO
A poluição do solo consiste na presença indevida, de
elementos químicos estranhos, como os resíduos sólidos ou
efluentes l...
Temos a poluição do meio urbano e do meio rural. A
poluição do meio urbano é mais prejudicial, porque
habitam mais pessoas...
Poluição de origem agrícola
A contaminação do solo, nas áreas rurais, dá-se sobretudo
pelo uso indevido de agrotóxicos, té...
Os principais agrotóxicos são os pesticidas e os
herbicidas. Cada um mata um tipo de praga. Os
principais fertilizantes sã...
Aterros sanitários
 Em geral, um aterro sanitário deve ter vida útil de, no
mínimo, 10 anos mas alguns não chegam a durar...
 Os resíduos, antes de serem depositados em aterro,
devem ser devidamente compactados a fim de
economizar espaço útil.
 ...
Incineração
 A incineração dos resíduos é feita em fornos especiais. O processo
de incineração, entretanto, envolve a uti...
 Numa primeira fase, os resíduos industriais perigosos são
enviados para uma estação de pré-tratamento.
 Os lixos com po...
 Numa segunda fase os resíduos são levados para as
cimenteiras.
 Nestas, são pulverizados para o forno tirando partido d...
Principal problema ambiental da atualidade.
Tem como consequência a liberação de gases que
promovem o efeito estufa e a po...
O lixo urbano é uma das consequências do aumento
populacional nas cidades, da intensificação do modelo
consumista, do uso ...
O lixo é também um problema socioeconômico, visto que
grandes quantias de dinheiro são destinadas à coleta e
tratamento do...
As origens do lixo urbano são as mais distintas, e ele é
classificado em:
Domiciliar: alimentos, papéis, plásticos, vidros...
Industrial: cinzas, metais, cerâmicas, madeira, borracha, resíduos
alcalinos, etc.
Hospitalar: embalagens, seringas, agulhas, curativos, gazes,
ataduras, peças atômicas.
Lixo tecnológico: computadores, pilhas e aparelhos eletrônicos em
geral.
kkkkk...
O mais importante, é a conscientização da população, e isso pode
ser promovido através da utilização da Política dos 3 R’s...
A coleta seletiva é uma das alternativas mais eficientes para reduzir o lixo,
além de ser uma forma de contribuir para os ...
 Casca de banana ou laranja = 2 a 12 meses
 Pano = 6 meses a 1 ano
 Papel = 3 a 6 meses
 Ponta de cigarro = 5 anos
 Pneu = indeterminado
 Papel plastificado = 1 a 5 anos
 Meias de lã = 10 a 20 anos
 Chiclete = 5 anos
 Madeira pintada = 13 anos
 Papelão = Cerca de 6 meses
 Fralda descartável = 600 anos
 Nylon = Mais de 3 anos
 Plástico e Metal = Mais de 100 anos
 Isopor = indeterminado
 Jornal = 2 a 6 semanas
 Couro = Até 50 anos
 Borracha = Tempo indeterminado
 Pilha = 100 a 500 anos
 Alumínio = 80 a 100 anos
 Vidro = Indefinido
 Garrafas plásticas = Indefinido
 Longa vida = 100 anos
 Palito de fósforo = 6 meses
Poluição do Solo & Lixo Urbano
Poluição do Solo & Lixo Urbano
Poluição do Solo & Lixo Urbano
of 31

Poluição do Solo & Lixo Urbano

Published on: Mar 4, 2016
Published in: Education      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Poluição do Solo & Lixo Urbano

  • 1. POLUIÇÃO DO SOLO
  • 2. A poluição do solo consiste na presença indevida, de elementos químicos estranhos, como os resíduos sólidos ou efluentes líquidos produzidos pelo homem, que prejudiquem as formas de vida e seu desenvolvimento regular.
  • 3. Temos a poluição do meio urbano e do meio rural. A poluição do meio urbano é mais prejudicial, porque habitam mais pessoas na cidade do que nos campos.
  • 4. Poluição de origem agrícola A contaminação do solo, nas áreas rurais, dá-se sobretudo pelo uso indevido de agrotóxicos, técnicas arcaicas de produção.
  • 5. Os principais agrotóxicos são os pesticidas e os herbicidas. Cada um mata um tipo de praga. Os principais fertilizantes são os fosfatos e nitratos, que vão se acumulando no solo.
  • 6. Aterros sanitários  Em geral, um aterro sanitário deve ter vida útil de, no mínimo, 10 anos mas alguns não chegam a durar esse tempo.  A área para instalação do aterro deve ser criteriosamente avaliada, levando-se em conta principalmente a condição das águas no local, deve-se evitar a possibilidade de contaminação dos lençóis freáticos, a ausência de populações próximas é muito importante, assim como a sua localização quer a nível de acessos quer a nível de arejamento (zonas altas).
  • 7.  Os resíduos, antes de serem depositados em aterro, devem ser devidamente compactados a fim de economizar espaço útil.  O fundo e os lados dos aterros são vedados com duas camadas de telas impermeáveis de forma a evitar passagem das águas dos resíduos (lixiviados) para o solo.
  • 8. Incineração  A incineração dos resíduos é feita em fornos especiais. O processo de incineração, entretanto, envolve a utilização de filtros e redutores de emissão de gases tóxicos, entre os quais monóxido de carbono, dióxido de carbono e dióxido de enxofre.
  • 9.  Numa primeira fase, os resíduos industriais perigosos são enviados para uma estação de pré-tratamento.  Os lixos com pouco poder calorífico são fluidizados (trituração, dispersão e separação dos materiais ferrosos);  os resíduos líquidos são impregnados com serradura e submetidos a uma possível centrifugação (no caso de possuírem grandes quantidades de água).
  • 10.  Numa segunda fase os resíduos são levados para as cimenteiras.  Nestas, são pulverizados para o forno tirando partido do seu poder calorífico (Ex: combustíveis) ou utilizados como matéria-prima substituta na produção de cimento.
  • 11. Principal problema ambiental da atualidade. Tem como consequência a liberação de gases que promovem o efeito estufa e a poluição das águas subterrâneas e superficiais.
  • 12. O lixo urbano é uma das consequências do aumento populacional nas cidades, da intensificação do modelo consumista, do uso de produtos descartáveis, além do modismo, pois existe uma “necessidade” de se adquirir objetos mais modernos.
  • 13. O lixo é também um problema socioeconômico, visto que grandes quantias de dinheiro são destinadas à coleta e tratamento do lixo urbano. No aspecto social, vários indivíduos são afetados pela concentração de lixo nas cidades, que causam proliferação de insetos, transmissão de doenças, poluição visual, entupimento de bueiros, entre outros.
  • 14. As origens do lixo urbano são as mais distintas, e ele é classificado em: Domiciliar: alimentos, papéis, plásticos, vidros, papelão, produtos deteriorados, etc.
  • 15. Industrial: cinzas, metais, cerâmicas, madeira, borracha, resíduos alcalinos, etc.
  • 16. Hospitalar: embalagens, seringas, agulhas, curativos, gazes, ataduras, peças atômicas.
  • 17. Lixo tecnológico: computadores, pilhas e aparelhos eletrônicos em geral. kkkkk...
  • 18. O mais importante, é a conscientização da população, e isso pode ser promovido através da utilização da Política dos 3 R’s: Reduzir, Reutilizar e Reciclar.
  • 19. A coleta seletiva é uma das alternativas mais eficientes para reduzir o lixo, além de ser uma forma de contribuir para os catadores de materiais recicláveis. Portanto, através de simples atitudes e mudanças de comportamento todos os habitantes podem colaborar para reduzir a produção de lixo.
  • 20.  Casca de banana ou laranja = 2 a 12 meses  Pano = 6 meses a 1 ano
  • 21.  Papel = 3 a 6 meses  Ponta de cigarro = 5 anos  Pneu = indeterminado
  • 22.  Papel plastificado = 1 a 5 anos  Meias de lã = 10 a 20 anos
  • 23.  Chiclete = 5 anos  Madeira pintada = 13 anos  Papelão = Cerca de 6 meses
  • 24.  Fralda descartável = 600 anos  Nylon = Mais de 3 anos
  • 25.  Plástico e Metal = Mais de 100 anos  Isopor = indeterminado  Jornal = 2 a 6 semanas
  • 26.  Couro = Até 50 anos  Borracha = Tempo indeterminado  Pilha = 100 a 500 anos
  • 27.  Alumínio = 80 a 100 anos  Vidro = Indefinido
  • 28.  Garrafas plásticas = Indefinido  Longa vida = 100 anos  Palito de fósforo = 6 meses