ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO CRUZ
Assunto: Leitura do livro “A Espiral Dourada” dos autores Carlos Pereira dos Santos, L...
1. INTRODUCÃO
Estudo feito com base na leitura do livro “A Espiral Dourada” escrito pelos autores Carlos Pereira dos
Santo...
2. Estrela de cinco pontas
2.1 O livro
O livro explica como Vênus pode desenhar no céu uma estrela de cinco pontas, e para...
2.4 Conhecendo Vênus
Vênus é o segundo planeta do Sistema Solar contando a partir do Sol. Recebeu o seu nome
em honra da d...
2.6 Como poderiam os habitantes da polar ver a estrela de cinco pontas
Vênus não é observável nas conjunções inferiores (a...
3 Considerações finais
Vênus é o planeta brilhante que roda em volta do Sol por mil anos. É o segundo planeta mais
próximo...
4 Referências
http://www.explicatorium.com/quimica/Planeta_Venus.php
http://www.oficinadeastrologia.com/texto/venus-e-a-es...
of 7

Naiara divulgacao-cientifica

Leitura do livro “A Espiral Dourada” dos autores Carlos Pereira dos Santos, Luís Tirapicos e Nuno Crato
Published on: Mar 3, 2016
Published in: Education      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Naiara divulgacao-cientifica

  • 1. ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO CRUZ Assunto: Leitura do livro “A Espiral Dourada” dos autores Carlos Pereira dos Santos, Luís Tirapicos e Nuno Crato Tema:Como Vênus pode desenhar no céu uma estrela de cinco pontas Aluna: Naiara Maria do Nascimento n° 44 Série: 3° ano B – Ensino Médio Professores: Maria Piedade Teodoro da Silva e Carlos Cardoso Ossamu Narita Disciplinas: Língua Portuguesa e Matemática Jacareí, 21 de novembro de 2015
  • 2. 1. INTRODUCÃO Estudo feito com base na leitura do livro “A Espiral Dourada” escrito pelos autores Carlos Pereira dos Santos, Luís Tirapicos e Nuno Crato. Carlos Pereira dos Santos é um xadrezista português, detendo o título de Mestre Internacional de Xadrez.É também doutorado em matemática, sendo especialista em Teoria de Jogos Combinatórios. Luis Tirapicos é jornalista e escritor científico freelancer. Nuno Crato é professor de Matemática no Instituto Superior de Economia e Gestão, em Lisboa. A par da sua atividade de investigação e docência, dedica-se à divulgação científica na imprensa e em programas televisivos e radiofônicos. “A Espiral Dourada” é uma viagem fascinante pela astronomia e pela matemática. Um livro que separa a verdade da ficção nas referências científicas d'O Código Da Vinci. A pesquisa para a produção do artigo de divulgação cientifica se baseará nas respectivas perguntas “Vênus é a “estrela da manhã” ou “estrela da tarde”? presente no 3º capítulo na página 57 e “Como poderiam os habitantes da polar ver a estrela de cinco pontas de Vênus?” presente no 3º capítulo na página 68.
  • 3. 2. Estrela de cinco pontas 2.1 O livro O livro explica como Vênus pode desenhar no céu uma estrela de cinco pontas, e para que servia a meridiana da Igreja de St. Sulpice. Fala-se da verdadeira conspiração científica de um cura e de um matemático, que aí se reuniam. Explica-se o que é a Linha da Rosa, como se mede o tempo solar e por que razão os comboios destronaram os meridianos de Paris e de Lisboa. Trata-se de códigos matemáticos, de máquinas de transmitir segredos, da cifra de César e do criptex de Leonardo. Discutem-se os gnômones dos relógios de Sol e os gnômonesgeométricos.Fala-se de Fibonacci e de Euclides. Desvenda-se o número de ouro e mostra-se como este traça uma curva tão perfeita que os matemáticos lhe chamaram a espiral dourada. 2.2 Os Planetas A fim de responder a pergunta em questão, no livro, primeiramente é falado sobre o que os babilônios e os gregos chamavam os planetas. Para os babilônios os planetas eram ovelhas perdidas e os gregos as chamavam de “vagabundos”, palavra que nos chegou pelo latim no vocábulo “planeta”. Os planetas movem-se de noite para noite contra o fundo estelar, descrevendo um movimento aparente muito complexo. 2.3 Mercúrio e Vênus Mercúrio e Vênus descrevem um movimento peculiar. Quando estes planetas aparecem pela manhã, antecipando o nascimento do Sol, são chamados de “estrela da manhã” e quando aparecem mergulhando no horizonte a seguir ao astro-rei, são chamados de “estrela da tarde”. Algumas vezes desaparecem, pois são ofuscadas pelo sol, e podem passar dias sem serem observados. Estes dois planetas são inferiores, a sua órbita é interior à da Terra, e nunca podem se afastar muito visualmente da nossa estrela.
  • 4. 2.4 Conhecendo Vênus Vênus é o segundo planeta do Sistema Solar contando a partir do Sol. Recebeu o seu nome em honra da deusa romana do amor Vênus, equivalente a Afrodite. Trata-se de um planeta do tipo terrestre ou telúrico, chamado com frequência de planeta irmão da Terra, já que ambos são similares quanto ao tamanho, massa e composição. A órbita de Vênus é uma elipse praticamente circular, com uma excentricidade menor que 1%. 2.5 “Estrela da manhã” e “Estrela da tarde” Vênus encontra-se mais próximo do Sol do que a Terra, podendo ser encontrado aproximadamente na mesma direção do Sol (a sua maior inclinação é de 47,8°). Da Terra pode ser visto somente algumas horas antes da alvorada ou depois do ocaso. Apesar disso, quando Vênus está mais brilhante pode ser visto durante o dia, sendo um dos dois únicos corpos celestes que podem ser vistos tanto de dia como de noite (sendo o outro a Lua). Vênus é normalmente conhecido como a estrela da manhã (Estrela d'Alva) ou estrela da tarde (Vésper) ou ainda “Estrela do Pastor”. Quando visível no céu noturno, é o objeto mais brilhante do firmamento, além da Lua, devido ao seu grande brilho, cuja magnitude pode chegar a -4,4 (costuma-se ser da magnitude de -3,8). 2.6 A estrela de cinco pontas Vênus, ao aparecer no céu, durante sua órbita de 224 dias e 3/4, desenha no céu ao longo de um período de nove anos uma estrela perfeita de cinco pontas. Cada ponta da estrela leva um ano e oito meses para ser tocada novamente. Segundo Pitágoras, o Pentagrama (de penta = cinco) era considerado o símbolo da perfeição. Desta forma, quando o pentagrama se fecha no momento em que Vênus se junta ao Sol na aurora, estaria se delineando no céu um momento de perfeição divina, de renascimento e de iniciação, simbolizando a perfeição da humanidade criada por Deus. Ao surgir de manhã, Vênus, que ficou invisível no céu durante nove meses, renasce e faz renascer em nós a esperança e a fé, difundindo um sentimento de amor. Os astrólogos astecas diziam que esta manifestação era o Guerreiro Espiritual Quetzalcoatl, que voltava da batalha do mundo da Xibalba, onde havia enfrentado os Senhores da Noite e da Morte.
  • 5. 2.6 Como poderiam os habitantes da polar ver a estrela de cinco pontas Vênus não é observável nas conjunções inferiores (a menos que ocorra a passagem do planeta em frente do disco solar). Uma possível explicação seria que o observador estivesse no espaço,figura que é possível se observar aqui não é perfeita, falta se fechar em um dos seus vértices, por isso quando um observador diz que Vênus traça, de oito em oito anos, um pentáculo perfeito, podemos concluir que ele está equivocado.
  • 6. 3 Considerações finais Vênus é o planeta brilhante que roda em volta do Sol por mil anos. É o segundo planeta mais próximo do Sol. Vênus é um planeta chamado de Estrela D'alva, é o astro mais brilhante depois do Sol e da Lua . Não existe oxigênio na sua atmosfera, tem fases como a Lua. Costuma aparecer ao amanhecer ou ao anoitecer e assemelha-se a uma estrela de brilho intenso. Vênus é um pouco menor do que a Terra. Executa seu movimento de rotação em 243 dias e o de translação em 225 dias. Sua atmosfera é rica em gás altamente venenoso. Vênus para nós é o astro mais brilhante do céu, depois do Sol, vulgarmente é conhecida como Vésper, a Estrela da Manhã.
  • 7. 4 Referências http://www.explicatorium.com/quimica/Planeta_Venus.php http://www.oficinadeastrologia.com/texto/venus-e-a-estrela-de-5-pontas CRATO, Nuno; SANTOS, Carlos Pereira dos; TIRAPICOS, Luís. A Espiral Dourada. Lisboa. Portugal. Gradiva, 2006O nome do livro em negrito