POR DENTRO DO METABOLISMO É preciso mais do que boca fechada para perder aqueles quilos extras. Esclareça, de uma vez por ...
Já se pegou tentando compreender por que você come um bolo de chocolate inteiro e não engorda, enquanto sua amiga belisca ...
O que é o metabolismo? Imagine a situação: você percebe que não pára de beber água a tarde toda e, ao procurar o motivo da...
“ Metabolismo é esse sistema de trocas químicas responsáveis pelo equilíbrio orgânico”, resume o endocrinologista Tércio R...
Por que algumas pessoas comem feito passarinho e engordam como elefante, e outras não? Quem tem o metabolismo em dia geral...
Os outros 20% dependem da composição corporal (músculos, gordura, ossos, índice de água no organismo), do sexo (o metaboli...
O que torna o metabolismo lento? O excesso de açúcar, especialmente após a refeição, deve ser evitado, como explica Tércio...
Ele revela ainda que a farinha refinada de pães, bolos e massas faz um mal danado, pois estressa o fígado e “envelhece” o ...
Como é possível acelera- lo? Reduzindo a taxa de gordura no organismo e aumentando a de massa muscular, já que quanto mais...
“ Além disso, a malhação ajuda a transformar glicose e gordura em energia sem a necessidade de produzir o hormônio insulin...
Dietas restritivas retraem o metabolismo? A privação calórica obriga o organismo a trabalhar mais devagar e a gastar menos...
“Qualquer pessoa precisa desse nutriente para realizar o processo metabólico”, alerta Marisa. Mas é preciso saber distingu...
Quem não tem tendência para engordar pode comer de tudo, sem medo? Ganhar peso não é a pior consequência dos hábitos alime...
O resultado de um metabolismo desregulado é o ganho de peso? Nem sempre, uma vez que esse desequilíbrio pode provocar o e...
Já o hipotireoidismo (que, ao contrário, inibe ou até anula a produção hormonal) torna o ritmo do organismo excessivamente...
Fique de olho <ul><li>Quando o ritmo do corpo anda alterado, o aumento ou a perda de peso aparecem rapidinho. Se você nunc...
Para maiores informações consulte a revista Corpo a Corpo de outubro de 2005.
of 17

Por dentro do metabolismo

Published on: Mar 4, 2016
Published in: Education      Technology      
Source: www.slideshare.net


Transcripts - Por dentro do metabolismo

  • 1. POR DENTRO DO METABOLISMO É preciso mais do que boca fechada para perder aqueles quilos extras. Esclareça, de uma vez por todas, suas dúvidas sobre como funciona e o que afeta o ritmo do organismo. E pare de sofrer na hora de subir na balança.
  • 2. Já se pegou tentando compreender por que você come um bolo de chocolate inteiro e não engorda, enquanto sua amiga belisca meia fatia e o ponteiro da balança vai lá longe? Sabe dizer o que é esse tal de metabolismo e se ele varia de uma pessoa para outra? Ou qual a importância da ginástica para mantê- lo em dia?
  • 3. O que é o metabolismo? Imagine a situação: você percebe que não pára de beber água a tarde toda e, ao procurar o motivo da sede, lembra que o almoço estava muito salgado. Eis uma operação metabólica. O sal da comida elevou sua pressão sanguínea e, a fim de estabiliza-la, o corpo respondeu pedindo líquido, para que você eliminasse o excesso de sal por meio da urina.
  • 4. “ Metabolismo é esse sistema de trocas químicas responsáveis pelo equilíbrio orgânico”, resume o endocrinologista Tércio Rocha, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia. “Cada órgão tem seu funcionamento específico, embora todos estejam interligados. Quando comemos, o corpo absorve os nutrientes e elimina o que é desnecessário. Nesse caso, o modo como transforma calorias em energia é o que chamamos de metabolismo.”
  • 5. Por que algumas pessoas comem feito passarinho e engordam como elefante, e outras não? Quem tem o metabolismo em dia geralmente não mostra problemas para manter o peso, desde que obedecendo à equação dieta saudável + atividade física. Por outro lado, pessoas que engordam facilmente costumam ter metabolismo lento. Porém, tudo isso é decisão da genética. “Cerca de 80% da taxa metabólica é determinada geneticamente”, diz o endocrinologista Luiz Alberto Susin, vice- presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.
  • 6. Os outros 20% dependem da composição corporal (músculos, gordura, ossos, índice de água no organismo), do sexo (o metabolismo masculino é mais acelerado do que o feminino, pois os homens apresentam proporção maior de massa muscular e menor de gordura do que as mulheres), da idade (a partir dos 30 anos começa a ficar mais lento) e da temperatura ambiente (em países frios, o corpo consome mais energia para se manter aquecido).
  • 7. O que torna o metabolismo lento? O excesso de açúcar, especialmente após a refeição, deve ser evitado, como explica Tércio. “Imagine o corpo digerindo a proteína e a gordura do almoço quando... pimbal, você manda um pedaço de torta de chocolate. Resultado: ele pára o que está fazendo para absorver o açúcar do doce, que é assimilado mais facilmente, retardando a digestão dos outros alimentos.”
  • 8. Ele revela ainda que a farinha refinada de pães, bolos e massas faz um mal danado, pois estressa o fígado e “envelhece” o metabolismo, tornando- o mais vagaroso. Por último, é a ingestão insuficiente de água. O líquido é fundamental para transportar hormônios, vitaminas e minerais, além de facilitar o trânsito intestinal e a eliminação de toxinas.
  • 9. Como é possível acelera- lo? Reduzindo a taxa de gordura no organismo e aumentando a de massa muscular, já que quanto mais músculos, maior e mais veloz é o gasto calórico. Para conseguir isso, um caminho certo é praticar atividade física, combinando exercício aeróbico e ginástica localizada ou musculação.
  • 10. “ Além disso, a malhação ajuda a transformar glicose e gordura em energia sem a necessidade de produzir o hormônio insulina, que engorda muito”, avisa Maria Helena César Coral, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. Ela ensina que o ideal é fazer do treino um hábito, para acostumar o físico e desencadear uma ação metabólica contínua. “Caso contrário, ocorre o mesmo que com os atletas que se aposentam: em pouco tempo eles acabam perdendo músculos e ganhando gordura.”
  • 11. Dietas restritivas retraem o metabolismo? A privação calórica obriga o organismo a trabalhar mais devagar e a gastar menos energia para garantir a sobrevivência. O metabolismo de quem come menos gordura do que o necessário (15g diárias) também corre o risco de se tornar mais lento, o que é negativo.
  • 12. “Qualquer pessoa precisa desse nutriente para realizar o processo metabólico”, alerta Marisa. Mas é preciso saber distinguir entre as gorduras boas, como as do azeite de oliva e a das castanhas, e as de origem animal, que são um convite ao colesterol.
  • 13. Quem não tem tendência para engordar pode comer de tudo, sem medo? Ganhar peso não é a pior consequência dos hábitos alimentares ruins. “Se você abusar do açúcar, gordura e alimentos condimentados, por exemplo, pode desenvolver o diabetes, o pior dos males relacionados ao metabolismo do açúcar”, explica Tércio. Sem falar no aumento do mau colesterol, no entupimento dos vasos sanguíneos e no risco de problemas cardíacos. Afinal, de que adianta ser magro e ter a saúde precária?
  • 14. O resultado de um metabolismo desregulado é o ganho de peso? Nem sempre, uma vez que esse desequilíbrio pode provocar o efeito oposto também. Disfunções da glândula tireóide são as causas mais frequentes do mau funcionamento do metabolismo. O hipertireoidismo, doença que ocorre quando há uma liberação exagerada de hormônios pela tireóide, provoca um emagrecimento rápido e anormal, sem que a pessoa mude qualquer atitude nos hábitos alimentares.
  • 15. Já o hipotireoidismo (que, ao contrário, inibe ou até anula a produção hormonal) torna o ritmo do organismo excessivamente vagaroso. O resultado é o ganho de peso e a sensação de que o corpo todo está funcionando mais lentamente- daí o cansaço e a falta de disposição. “Os 2 tipos são perigosos e demandam tratamento adequado, que pode ser à base de medicamentos ou pela reposição hormonal”, comenda a médica Marisa.
  • 16. Fique de olho <ul><li>Quando o ritmo do corpo anda alterado, o aumento ou a perda de peso aparecem rapidinho. Se você nunca parou para pensar se está tudo em ordem com o seu metabolismo, mas vem notando algum dos sintomas ao lado, trate de buscar ajuda. </li></ul><ul><li>Queda de cabelo </li></ul><ul><li>Suor na palma das mãos </li></ul><ul><li>Taquicardia </li></ul><ul><li>Prisão de ventre </li></ul><ul><li>Dores nas articulações </li></ul><ul><li>Fadiga </li></ul><ul><li>Cabelo e pele ressecados </li></ul><ul><li>Alteração na qualidade do sono </li></ul><ul><li>Dificuldade de concentração </li></ul><ul><li>Irregularidade no ciclo menstrual </li></ul>
  • 17. Para maiores informações consulte a revista Corpo a Corpo de outubro de 2005.